Sancionada Lei de Dudu Tavares que institui Semana de Conscientização do Autismo em Macapá

 

A semana deverá ser celebrada a partir do dia dois de abril, com a promoção de eventos nas escolas públicas e particulares da capital para conscientizar sobre o tema.

Já está em vigor a Lei 2.455/2021-PMM, de autoria do vereador Dudu Tavares (PDT), que institui a Semana Municipal de Conscientização do Autismo, no calendário oficial do município de Macapá. A semana deverá ser celebrada a partir do dia dois de abril, com a promoção de eventos nas escolas públicas e particulares da capital, para conscientizar, e com isso, proteger as crianças com Transtornos do Espectro Autista (TEA).

A Lei busca combater a falta de informação e o preconceito em relação ao espectro. Diante disso, a Prefeitura de Macapá deverá promover campanhas publicitárias, institucionais, seminários e palestras sobre o assunto. O dispositivo ainda prevê que para o desenvolvimento da semana, o município poderá promover cursos e treinamentos para os profissionais da área.

“Fico muito feliz e grato por minha primeira lei sancionada tratar dessa temática tão importante. É nosso papel como parlamentares viabilizarmos políticas públicas que tornem a nossa sociedade mais consciente, mais justa e mais tolerante com as diferenças. Afinal, são nossas diferenças que nos tornam únicos. Levanto essa bandeira, me ombreio as centenas de pessoas e famílias que vivenciam o autismo todos os dias. Essa luta é de todos nós e as conquistas estão apenas começando”, declarou Dudu Tavares.

O TEA é uma desordem do desenvolvimento neurológico que afeta um a cada 160 nascido no mundo, segundo dados da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Pessoas com autismo podem apresentar déficit na comunicação social ou interação social. Todos os autistas dividem estas dificuldades, mas cada um deles será afetado de forma e intensidade diferentes, o que caracteriza situações únicas a cada um.

Ascom-Dudu Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *