Repiquetes

* Mariléia Maciel

Cine João XXIII

Católicos da Paróquia São Benedito se unem à outras famílias religiosas e procuram esclarecimentos sobre o possível repasse do Cine João XXII para os administradores do Villa Nova Shopping. Argumentam que bens da Igreja estão hoje nas mãos de empresários. De outro estado, o Bispo Dom Pedro pede calma e diz que a parceria com os representantes do Shopping Villa Nova prevê a reforma do cinema para que volte a ser utilizado e que nada de ilegal está sendo feito. A terceira parte, da administração do Villa Nova, informa que a proposta é muito interessante, mas está sob análise dos empresários, e tudo é feito com o aval dos superiores de todas as instâncias da Igreja Católica.

Cine João XXIII - ok

 

Congresso do Povo

O II Encontro de Delegados do Congresso do Povo, que está acontecendo neste final de semana, realizado pela Prefeitura de Macapá, está lotando a sub-Prefeitura da Zona Norte. Muitas cobranças vindas da população, mas todas devidamente respondidas e explicadas pelos gestores das pastas. As maiores reclamações, óbvio, são sobre buracos, trânsito e atendimento de saúde. Eles apresentaram propostas e fazem uma análise sobre o primeiro ano da gestão PSOL.

 

Bandidagem na orla

Na orla de Macapá o problema com menores continua. Na arquibancada que fica próxima do rio, na direção da casa do governador, quem caminha de manhã cedo vê os menores que amanhecem entorpecidos. E os furtos ocorrem com frequência praticados pelos que ficam perambulando sem ninguém pra tomar providência, nem família, polícia, ou Conselho Tutelar. Os maiores de idade também circulam amedrontando os que caminham nas margens do rio Amazonas.

 

A cobra vai fumar

No Laguinho, depois do mais que festejado título de campeão deste carnaval, o comentário da vez é a matéria da revista D’Marca, que anuncia que o Teatro do Samba da Universidade Boêmios do Laguinho levará o nome de Fernando Queiroz. Assassinado em fevereiro de 2013, até agora a investigação do crime não encerrou. Boêmio da gema, Fernandinho, da LMS, era muitíssimo querido na comunidade, mas esta ainda não foi consultada sobre o assunto. A cobra vai fumar.

Boemios-Teatro do Samba

O bicho vai pegar

Por falar em cobra que fuma, segundo o Dicionário Informal, esta expressão começou a ser usada na segunda Guerra Mundial. Os brasileiros, por não acreditarem que o Brasil participaria, diziam que era mais fácil uma cobra fumar cachimbo do que os nossos pracinhas seguirem para a guerra. Os soldados foram para a Itália e o Brasil usou como símbolo na guerra uma cobra fumando. Hoje, quando dizemos que a cobra vai fumar, significa que problemas estão à vista, ou, que o bicho vai pegar.

 

Manifestação de engessados

Pacientes do setor da ortopedia do Hospital de Emergências (HE) fizeram manifestação hoje na rua Hamilton Silva, onde está localizado o hospital. Reclamam da falta de atendimento e de equipamentos, e que o mutirão prometido não estaria acontecendo. A Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde informou que desde sexta-feira, 2, os pacientes estão passando por cirurgia nos três turnos, e somente ontem, dez procedimentos foram feitos. Na segunda-feira, 5, serão realizadas as cirurgias mais complexas. Segundo a Ascom, os pacientes são escolhidos por critério médico e a Sesa tem consciência da gravidade do problema no setor ocasionado, principalmente, por acidentes de trânsito.

HE

 

Fuga frustrada    

Agentes Penitenciários impediram hoje uma provável fuga em massa no Iapen. Descobriram um túnel de cerca de 10 metros no Pavilhão-2, onde ficam os presos provisórios. Poderia ser a segunda fuga nesta semana, mais três escaparam na sexta-feira usando a famosa “teresa”. Desde janeiro foram contabilizadas cinco fugas da penitenciária.

 

Cultura em movimento

Aguardem muito em breve um movimento cultural que vai mudar o cenário da cidade com muitas cores, tambores e cantos. Inclusão social, cultural e valorização das nossas tradições estarão nas pautas principais dos veículos de comunicação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *