Repiquetes

* Por Mariléia Maciel

Adiós Cuba, Holá Brasil!
E o ministro Alexandre Padilha assinou convênio internacional para contratação de quatro mil médicos para atendimento nas regiões Norte e Nordeste. Na próxima semana desembarcam no país 400 profissionais formados nas renomadas universidades cubanas. Eles irão suprir a carência de municípios que não foram escolhidos pelos médicos aprovados no Programa Mais Médico, do Governo Federal.
Criado para suprir a carência de áreas com necessidade de atendimento básico, o Mais Médico garantiu 3.500 (63%) municípios inscritos.  Deste total, 701 (84%), localizados aqui e no Nordeste, não foram a melhor opção para médicos brasileiros ou para os estrangeiros aprovados na primeira fase do programa. No Amapá, 14 das 16 prefeituras se inscreveram, destes, Serra do Navio e Porto Grande não foram indicados pelo Ministério da Saúde como prioritários.
Os 14 municípios indicaram ter carência de 127 médicos. Dos primeiros 400 que aportam no Brasil, dez estão garantidos para o Amapá. Estes profissionais não poderão escolher onde exercer a medicina. O segundo grupo de cubanos chega no início de outubro, e até o final de novembro, o restante dos 4 mil.
Largo dos Inocentes: a um passo de virar patrimônio
Um problema quase tão antigo quanto o local está perto de ter uma solução. A Prefeitura de Macapá caminha ao lado de moradores do Largo dos Inocentes e de pessoas preocupadas com o local, e está na fase preliminar para que o histórico espaço seja tombado como patrimônio. Localizado atrás da igreja São José, o Largo integra a parte antiga da cidade, o chamado Centro Histórico, o berço de Macapá, onde nasceu a Vila de São José.
Os moradores que ainda resistem ao perturbador progresso que atinge o centro de Macapá, reclamam diariamente das situações que têm que suportar. Um exemplo são os baderneiros que tomam conta do lugar à noite e levam insegurança e transformam o Largo em local de encontro de bêbados. Outro transtorno é causado pelo intenso movimento de veículos, muitos passam o dia estacionados no trecho. Por último um shopping, que tem a porta dos fundos exatamente no Largo e o transforma em lixeira nos finais de noite.
O primeiro passo começou a ser dado pela Fundação de Cultura  da PMM, que está dialogando com a comunidade e preparando seus técnicos para o processo. É preciso a inclusão do Largo dos Inocentes no Livro de Registros de Lugares para que possa receber recursos do Fundo de Proteção do Patrimônio.
Oportunidade de estágio no TJAp
Abertas a partir desta quinta-feira, 22, as inscrições do processo seletivo para estagiário de nível superior do TJAp, São vagas para as áreas de Direito, Administração, Arquitetura e Urbanismo, Ciência Contábeis, Ciências Sociais, Engenharia Elétrica, Jornalismo, Psicologia, Publicidade e Propaganda, Serviço Social, Sistema de Informação, Tecnologia de Redes, e Webdesigner. Os aprovados serão lotados nas comarcas de Macapá e Santana. Podem participar alunos de instituições de ensino superior conveniados com o TJAp (Fama, Ceap, Famap, Seama e Unifap). Inscrições gratuitas. Mais informações no site www.tjap.jus.br. Encerram dia 30 de agosto e as provas acontecem em 8 de setembro.
Ônibus fresquinhos já circulam na linha Macapá/Santana
Quem utiliza os ônibus da linha Macapá/Santana, das empresas Siãothur e Viação Macapá, já podem viajar com um pouco mais de conforto. Estão circulando dois ônibus executivos com ar condicionado, TV digital, DVD player, box de conveniência para vender bombons e água, elevador para cadeirantes, além de equipe uniformizada a rigor. O objetivo do Setap é atrair o usuário acostumado a fazer o trajeto em carros particulares e refrigerados, o que iria diminuir a circulação de veículos e consequentemente de congestionamentos e gases poluentes. O conforto tem preço, a tarifa deles terá um acréscimo e o pagamento pode ser feito somente em “cash”.
Museu Sacaca bombado nesta quinta-feira
E quinta é dia de Museu Vivo, da programação do mês de agosto do Museu Sacaca. Interessados podem ver e aprender o processo de produção de farinha com a comunidade de São Francisco do Matapi. Nos dois turnos, a partir das 8:00.

Ainda no Museu Sacaca tem o projeto Fim de Tarde no Museu. Esta semana a vez é da cantora Helô Melém e do grupo Poetas Azuis. Das 19h às 22h. Entrada franca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *