Repiquete é Memória

Do blog Porta-Retrato, de João Lázaro

 

Pioneiros da Educação do Amapá: Mário Quirino e Barroso Tostes

 

(Esta foto faz parte do projeto da família Façanha da Silva, de lançar um livro de memórias e um DVD, com documentos e fotos inéditas, onde será contada a história intelectual e pública  de importantes fases da vida do pioneiro Mário Quirino da Silva, como filho, pai, educador e trabalhador público.)

Foto de um domingo de novembro de 1950, registra o encontro entre os pioneiros da Educação do Amapá, professores Mário Quirino da Silva e José Barroso Tostes na antiga Passagem do Espirito Santo(depois transformada na Rua Mendonça Furtado), que situava-se ao lado direito da velha Igreja Matriz de São José(que teve vedada a passagem de veículos), entre o velho templo e a Biblioteca Elcy Lacerda.

Do lado esquerdo da Catedral, existia a Passagem de Santo Antônio, (que foi vedada à circulação de pedestres).

Ao fundo das imagens o antigo bairro do formigueiro, onde morou Mãe Luzia.

 

  • a postura como os dois educadores se apresentam na foto é uma postura de respeito pela categoria, respeito esse diminuído hoje pela forma como os professores se apresentam em sala de alua.

  • O saudoiso prof. Mário Quirino, ainda bem jovem e magrinho. quando faleceu estava bem gordo. Nesse tempo, a roupa branca e a camisa de mangas compridas predominavam, especialmente aos domingos na missa e ao que parece ambos sairam da missa da Igreja de S. José. Nossos antepassados eram pessoas dignas, que vale a pena relembrar. Parabens à família Façanha pela foto. O guarda sol também era um acessório obrigatório. Macapá sempre foi ensolarada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *