Recado da deputada Fátima Pelaes, deixado no blog, pra mim e para os leitores.

Comentário:
Minha cara Alcilene,

Acompanho o seu trabalho, sei do profissionalismo apaixonado que a move, e seria uma pena – ou uma omissão-não tornar publico o meu sincero agradecimento pelo espaço dado (e o respeito humano que você demonstrou) ao apresentar a matéria da revista Claudia, quando conto (depois de tantos anos de silêncio) o inicio  de minha vida
Mas queria, por intermédio desse blog, agradecer a todos os seus leitores que comentaram a matéria. Quero que eles saibam que a solidariedade espontânea e o carinho sincero que demonstraram foram, para mim, bálsamo, unguento e energético. Bálsamo o consolo que alivia. Unguento  a essência que perfuma, energético porque me dá força para continuar. Eles me fazem sentir que vale a pena resistir e superar. Obrigada!

Nota do Blog:  Sempre muito simpática e carinhosa a deputada Fátima.

Sua história vencedora é linda, deputada. E seus mandatos e projetos refletem isso,   sem se vitimizar.

fatimaP

  • Querida deputada Fátima. Parabens pela trajetória e pelo trabalho como parlamentar.Mesmo estando muitas vezes em campos opostos na politica, isto nunca enfraqueceu a nossa amizade, admiração e respeito.Espero que o seu trabalho continue sendo retribuido com muitos votos pelo povo do Amapá.

  • Fomos colegas de colégio ( no 2o. grau), e não a conheço como parlamentar mas como pessoa.Ser humano de personalidade e caráter forte é total do bem.Portanto pessoas com esse perfil, dificilmente se deixam levar pelo estrelismo e falta de compromisso com seus objetivos.Não perdem o foco dq querem p/si e seus comprometimentos.Acredito nela e sei que nem todos os objetivos pretendidos estão ao nosso alcance.Não moro em Macapá,mas tô antenada com oque rola p/ai, e sempre quero que seja feito o melhor p/minha cidade natal.Bjs no coração Fátima e sucesso em sua trajetória como parlamentar.

  • As pararelas dos pneus são suas, são tuas…

    Acho que a música que a Vanusa cantava era mais ou menos assim…

    Por que essa leseira? Tô lembrando da campanha da Fafa quando ela pintou a FAB com aquela faixa amarela…. O que era aquilo afinal? Que político minimanente sério “pintaria” as ruas daquele jeito? E as propostas da figura? Que coisa mais rídícula!! E o figura que assumiu no lugar dela? Em que condições isso aconteceu? Meu manow, sucesso político, pricipalmente neste pais, neste Estado, não é atestado de nada…? Deixa eu parar por aqui…

    By the way… já fez as pazes com a única dama???? (descupas, não resisti…)

    Até que ela prove em contrário não confio nessa figurinha manjada da nossa política.

  • Pois eu já acredito, e voto na Fátima, em todas as eleições que ela já concorreu, eu tenho o privilegio de acompanhar a sua trajetória de vida, desde a sua infância humilde.
    Na adolescência mostrou-me que atrás daquela menina tímida existia uma mulher aguerrida capaz de ir para Belém estudar.
    Mesmo sabendo que não seria fácil, pois víamos a luta da dona Branca, sua mãe que na época era faxineira.
    Depois me assustei, já reencontrei a Fátima como superintendente LBA. Ela jovem cheia de ideais com brilho no olhar alegrava-se em ajudar as famílias, mas carentes, a menina de corpo franzino revolucionou aquela instituição, ao implementar políticas sociais como jamais foram vista nesse estado.
    Eu pensei comigo essa menina vai longe! Na primeira vez que votei nela foi por falta de opção, Eu não me envolvo muito com política, mas a acompanho de longe, sei do seu desempenho no parlamento pela imprensa.
    Hoje eu tenho a clareza, que o retorno substancial em recurso e leis que ela trouxe para o estado já valeu os meus votos! E aqui vou confessar que muita das vezes não concordei com os partidos em que ela se filiou…
    Entretanto como nunca me filiei a partido, isto também não foi impedimento, para eu continuar votando nela e acreditando na sua missão…
    Fátima minha eterna vizinha. Para finalizar quero te parabenizar pela coragem e atitude em revelar essa tua bela história de vida que eu já sabia, mas que os que não te conhecem, não têm a idéia de que você foi escolhida por DEUS para fazer a diferença na política desse estado! E não precisa, mas provar nada!

  • Fátima, vc é uma pessoa determinada que tem copromisso com o Estado e seus eleitores, isso vc já provou com seu trabalho e pról do povo, não só amapaense mais brasileiro,aprovando várias leis a nível nacional,buscam a justiça social para os menos favorecidos.
    Infelizmente e natural que vc ñ agrade a todos, pois a maioria das pessoas buscam interesses pessois na politica e ñ o bem comum. Dai parte essas calunias e difamações infundadas a seu respeito, não esquenta, vc e gente boa, honesta e trabalhadora, digo mais você é um exemplo como Dp. Federal ( eu ñ sou do teu grupo politico, mas não gosto de injustiças, por isso falo a verdade, coisa que é muito dificil aqui nesse Estado). Um abraço fraterno a vc e sua Familia. Humildade, fraternidade e amor passe adiante, somos todos iguais perante a Deus.

  • Fátima Pelaes, Não liga para teus opositores, pois eles reconhecem que vc é imbatível para Dp. federal, apenas continue seu trabalho.

    • Coloca Fátima para disputar um cargo majoritário. Tenho certeza absoluta que ela não se elege. Ela vai ter muita dificuldade de se eleger deputada na eleição de 2010. Anota o que eu estou dizendo.

  • Deixa de ser puxa-saco.A Deputada Fátima Pelaes foi eleita várias vezes a Marília Góes, nunca foi eleita a nada.

    • Puxa saco de quem? Da Única Dama? Acho que você deve ler novamente o meu comentário, e ver que o final foi feito em tom de ironia. Mas pode continuar votando na FAFA… tem problema não,

      (Quando a ignorância é felicidade é perigoso falar a verdade…).

  • Seus trabalhos como representate do povo são reconhecidos, entre as pessoas da sociedade, que não usam a política com forma de ganhar vantegens pessoais, a final a política é feita para beneficiar à todos. Siga em frente vc merece disputar uma cadeira novamente p/ camara federal, de cabeça erguida, se vai ganhar não sei depende de sua articulação política e de seus comandados: (grupo político, espero que ainda tenha, pois sem ele vc ñ chega a lugar nenhum). Sucesso na disputa eleitoral de 2010!

  • Siga em frente, o povo do Amapá sempre reconheceu o seu trabalho na câmara eu tenho a certeza que numa eleição para dep.federal vc é simplesmente imbatível… tua cadeira já tá garantida!!!

  • Siga em frente, o povo do Amapá sempre reconheceu o seu trabalho na câmara eu tenho a certeza que numa eleição para dep.federal vc é simplesmente imbatível… tua cadeira já tá garantida!!!

  • Sou amapaense,não moro mais em Macapá, mas sempre acompanho o que por aí se passa. Dep. Fátima faz e faz muito não só por esse Estado como pelo Brasil. Que orgulho deputada, continue assim

  • ARtigo:

    VIDA AMOR E SUCESSO

    Por: Ruy Guarany Neves

    Continua repercutindo nos meios de comunicação e no seio da sociedade, o bombástico depoimento prestado à revista Cláudia, pela deputada Fátima Pelaes, que abriu o seu coração e contou toda a sua história. Exemplo de vida, iniciada num presídio, onde nascera, cresceu sob o signo da esperança , do amor , da confiança e crença inabalável no futuro. Os obstáculos enfrentados a partir da infância, quando tudo se apresentava de forma sombria e inexorável, não lhes causaram esmorecimento, ao contrário, reforçaram o seu estímulo , crente de que . o importante , era viver a vida, com amor, dignidade, respeitando, para poder ser respeitada, amando, para ser amada, se preparando , para servir com sabedoria e pleno conhecimento de causa, dando estímulo à quem já perdera a esperança, esbanjando sempre um sorriso aconchegante e fraterno. Ao trilhar o caminho do saber, passou pelas letras primárias, cursou o segundo grau e, finalmente , atingiu o degrau superior. Formou-se em sociologia, na Universidade Federal do Pará, pos graduou-se, no Ceará e retornou a sua terra natal-Macapá. Ainda jovem, viu se abrirem as “portas da esperança”, ao ser nomeada para o importante cargo de presidente da LBA -Amapá. A sua gestão à frente do órgão, foi marcada por mudanças , que passaram a atender,tanto a assistência maternal, quanto outras ações , visando o benefício social,contribuindo,de forma positiva , para a abertura de novas perspectivas que oferecessem melhores condições de vida e sustentabilidade de emprego à muitas famílias, que passaram a se organizar e produzir. No primeiro cargo público ocupado, deixou o registro inequívoco de uma qualidade que caracteriza o bom administrador, que é a coragem de decidir.

    Nas Eleições Gerais de 1990, candidatou-se à Câmara Federal pela legenda do PFL e foi eleita por expressiva maioria de votos. Iniciava-se uma nova fase da vida de uma mulher perseverante,que sempre acreditou em dias melhores, para que pudesse melhor servir o seu Estado, a sua gente. Reeleita em 1994 e 1998, suas conquistas como deputada federal, foram coroadas durante mo terceiro mandato, com a aprovação de uma lei de sua autoria, que concedeu às mães adotantes, benefícios até então facultados às mães biológicas. Aquela altura, os anais da Câmara dos Deputados, já registravam um trabalho parlamentar de alta e significativa relevância,destacando-se, a relatoria da Lei Orgânica dos Assistentes Sociais, membro da CPI que investigou o extermínio de crianças, missões no exterior, à interesse do governo brasileiro,reivindicações diversas a favor do Amapá, inclusive, exigindo compensações pelas terras ocupadas com a criação da reserva Montanhas do Tumucumaque. Ao retornar a Camara Federal, em 2006, colocou em jogo, todo o seu passado de criança que viveu os primeiros dias de nascimento, tendo com o berço, apenas o colo da sua mãe. A lei de sua autoria, que obriga a instalação de creches e assistência maternal, nas penitenciárias femininas, vem dar as crianças nascidas nos cárceres, um tratamento condigno que lhe foi negado, quando veio ao mundo.

    A matéria publicada na revista Cláudia, em que a deputada Fátima Pelaes conta toda a sua história, vem alcançando grande repercussão, não somente pela forma como aconteceu, mas, sobretudo, pela coragem de levar à público, uma trajetória de vida, onde o alcance do sucesso, está ligado ao amor, à Deus, a sua família, aos amigos , aos vitimados pelo destino inexorável, ao Amapá e ao Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *