Randolfe vai ao TCU defender 1050 ameaçados de sair da folha de pagamento da União

Senador Randolfe Rodrigues será recebido em audiência,  na próxima terça feira (01), pelo Ministro do Tribunal de Contas da União, Vital do Rego, e por autoridades do Governo Federal, para tratar da situação dos 1050 Servidores  do ex-Território do Amapá ameaçados de serem retirados da folha de pagamento da União, por ato do Ministério do Planejamento.

Em sua justificativa o Senador Randolfe foi enfático em defender os direitos dos servidores. “Estamos tratando de mais de mil servidores que estão trabalhando, quase 30 anos ininterruptos, atendendo a população do nosso estado, em hospitais, escolas, e secretarias de governo, e que hoje, diante do grave quadro político, econômico e social se veem diante de uma ameaça monstruosa de perderem os seus cargos e o  sustento dos familiares, por uma decisão, arbitrária e injusta. Se gestores públicos, da Administração do Território Federal, cometeram erros quanto às formalidades que a administração deveria adotar na admissão, não será hoje, passados quase 30 anos, que os servidores, que são a parte mais fraca da relação de trabalho, que vão pagar por isso”, ressaltou o senador.

  • Boa noite
    Gostaria de parabenizar o nobre Senador pela articulação que está fazendo com relação a situação dos 1050, analisando o caso, ele é parecido com o caso dos servidores da Assembléia Legislativa da PB, onde em 2007, foram reintegrados ao serviço público por determinação de decisão do STJ, além de termos caso parecido aqui mesmo em Macapá, onde meu tio é servidor do Legislativo Municipal de Macapá, e depois de anos trabalhando foi demitido sem direito a nada em 2007, sendo reintegrado em 2012, por força de determinação judicial emanada do douto STJ, onde hoje vem correndo processo na 1ª Vara Civel, onde o ainda tentam demitir meu tio e os 20 colegas de trabalho dele.

  • Também quero externar aqui meus sinceros elogios ao eminente Senador da República e agradecer seu empenho como vem tratando o caso desses servidores que não podem só eles serem os responsáveis pelas mazelas que acontecem no nosso país.

  • Estou muito triste por esta nesta situação hoje tirei meu contra cheque e só tinha 7 dias trabalhado estou sem emprego com 49 anos perdendo 27 anos de trabalho e documentado a Dona SEAD me reintegrou e agora me exonera e meus compromissos, tenho família pra sustentar. Lute por nos precisamos de alguém justo estamos do seu lado socorro obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *