Randolfe vai ao MPF contra a Infraero por causa de pista do aeroporto de Belém

O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) vai denunciar a Infraero esta semana ao MPF, por causa da pista do aeroporto de Belém.

Aeronautas confirmaram a Randolfe que as obras feitas na pista daquele aeroporto,  deixaram-na sem segurança para pouso na chuva, com a pista molhada.

A Tam não está pousando em Belém quando está chovendo, causando muitos transtornos aos passageiros de Belém, Macapá e outras cidades cujos vôos fazem escala em Val-de-Cans.

Ontem mesmo, o vôo que saiu a tarde de Macapá para Belém, não pousou e voltou para Macapá.

  • Isto não é competência do Randolfe , isto é para os políticos do Para, por isso que o Senador esta ficando desgastado na mídia, fica se preocupando com problemas de outra estados, ele não foi eleito pelo povo paraense..por isso que o Jornal Liberal chamou ele de inxirido e pra ele meter o bedelho nos assuntos do Amapá, bem feito.

    • O senador é da república e tem por obrigação defender os direitos de todos os brasileiros. Além do mais, os problemas na pista em Belém atinge o transporte aéreo do Amapá. Ou vc conhece algum voo direto que chegue ou saia de Macapá sem parar em Belém?

  • Reconheço isto prezada Jornalista que mto respeito, mais você não acha que esta demais? o Senador Randolfe ficar se metendo em assuntos do Maranhão, São Paulo, Rio de Janeiro??? você por acaso vê algum senador de outro estado vindo se meter em assuntos do Amapá´? Reputo o Senador como um político inteligente mais ele tem que se preocupar em exclusivo o seu mandato ao povo do Amapá que o elegeu..lá em Belém tem o Mario Couto, Senador Flexa e a bancada do para que é mil vezes mais forte do que a do Amapá, a senhora não tem que ficar com raiva de mim, tem que ligar pro Sistema Romulo Maiorana e esculhambar com o Rominho Maiorana, Presidente majoritário do poderoso grupo Liberal que chamou o Randolfe de inxirido pra ele cuidar dos assuntos do Amapá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *