Rachadinha. Apenas o deputado Paulo Lemos decidiu pelo afastamento de deputado investigado

A Assembleia Legislativa do Amapá, realizou sessão extraordinária na manhã de hoje, 21.05, para “deliberar” sobre a decisão judicial que afastou o médico e deputado Alberto Negrão.

22 deputados participaram da sessão.  Apenas o deputado Paulo Lemos (PSOL) votou pela manutenção da decisão judicial que afastou Alberto Negrão. Os demais, votaram pela suspensão da decisão judicial.

Corram para as montanhas.

      • Minha querida Alcilene. Não é tão raro,não. Há uma leva de novos deputados que odeiam essa prática. Saudades de macapá, do camarão no bafo da orla e da PF chegando em 10/09/2010. Pelo jeito esse estado que aprendi á amar continua na mesma. Triste isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *