Promotor e Delegados que trabalham no caso Caroline Camargo reúnem imprensa e criticam declarações da diretora da Politec.

Coletiva-CIMG0501

O promotor de Justiça, Flávio Cavalcante, juntamente com os delegados de Polícia, Celso Pacheco e Roberto Prata, que atuam nas investigações do assassinato de Caroline Camargo Rocha Passos e seus filhos, Marcelo e Vitória Konishi, falaram com a imprensa no começo da tarde de hoje, em entrevista coletiva na Promotoria de Macapá, e criticaram duramente a diretora da Polícia Técnica, Eliete Borges, por suas ultimas declarações.
Eliete teria afirmado a alguns veículos de comunicação, que foi constatado haver mais impressões digitais na cena do crime, apesar de não poder dizer se as tais impressões eram do dia do crime, de antes, ou depois. Entederam? Não, Né?
O Promotor Flávio Cavalcante elogiou o trabalho dos peritos da Polícia Técnica, empenhados no trabalho das provas científicas e na dinâmica de como o crime aconteceu, mas classificou de levianas e irresponsáveis as declarações de Eliete Borges.
Flávio, que também já foi delegado de polícia, disse que os peritos da Politec, que reúnem diariamente com os promotores e delgados que cuidam do caso, não afirmaram essa declaração da Diretora. Disse ainda que as informações que não foram passadas a imprensa, são aquelas que podem prejudicar as investigações.
O delegado Celso Pacheco disse que a indignação do Dr Flávio Cavalcante era a mesma dele. E também elogiou o trabalho dos peritos.
O delegado Prata, que comanda as investigações, disse que essa outra pessoa(impreesão digital), não é confirmada pelos peritos e que a diretora da Politec, tentou colocar em xeque o trabalho deles.
Além de ter provocado nova onda de especulações na cidade.
Sobre o acusado, Wellington Raad, o promotor Flávio disse que ele é muito inteligente. Que o mesmo, no sábado, tentou envolver mais uma pessoa, mas numa versão sem consistência. E que ontem, na frente de seu advogado, disse que era mentira, pra ver se eles abriam outra linha de investigação, e reafirmou que foi ele e que estava só.
Welligton continua dizendo que não lembra de tudo. Mas os investigadores já tem outras provas e os passos dele no fatídico dia. Estão em fase de conclusão da investigação, enquanto os peritos trabalham na dinâmica de como o crime aconteceu, através das provas cientificas.
Dr Flávio disse que no momento o mais difícil está sendo saber o motivo do crime, já que Wellington não conta. “ Há crimes que de tão horríveis, são inconfessáveis”.

  • Verdade, tia. Inclusive ontem eu estava ouvindo uma entrevista dela no rádio e fiquei impressionada como ela não responde nada com consistência. Ficou bem claro para mim, como ouvinte, que ela estava sendo leviana, ou pelo menos que ela estava visivelmente desinformada sobre o caso. (minha opinião, né!)

  • kkkkkkkkkkkk a diretora da politec tem bagunçado na classe eles tentan tirar ela da presidencia mais não consegue e igual bambu inverga mais não quebra e so faz merda politec mais bagunçado kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk vcs da politec tem que aturar.kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Boa. Tinham que fazer isso mesmo. Qualquer leigo que viu o que a Eliete falou, percebeu que era uma declaraçao que ela nao deveria ter dado.

  • “O IMPORTANTE É A SOLUÇÃO DO CASO”!
    A sociedade do Amapá, ficou assustada,revoltada e perplexa com o crime do jardim equatorial.As autoridades competentes envolvidas para apuração do caso, dentro de suas competências e limitações técnicas e não pessoais, conseguiram tomar todas as providências cabíveis para que, de imediato, chegassem no culpado ou talvez, nos culpados, se estirem mais pessoas envolvidas.
    A partir de então , não se pode de maneira nenhuma, transformar o fechamento do procedimento em uma disputa de EGOS e VONTADES PESSOAIS, pois, com a verdadeira interação das forças de segurança públicas, caminham para o objetivo final, que é a elucidação do fato.
    Não estou aqui falando em EGOS apontado para nehuma autoridade responsável envolvida na apuração e sim no EGO da vontade de acertar e ajudar a esclarecer este bárbaro crime.
    Como crítica construtiva, gostaria de registrar a necessidade do Estado de Direito possuir um COMITÊ DE GERENCIAMENTO DE CRISE PERMANENTE, onde este segmento deve através da SECRETARIA DE DEFESA SOCIAL ser mantido ativado 24 hs ATIVADO, para que, em situações desta monta, possa ser acionado de imediato para combater estes tipos de sinistro e crimes.
    A outra sugestão é que,no ESTADO DO AMAPÁ, planeje-se e seja desenvolvida uma política específica de INTELIGÊNCIA POLICIAL, afim, de que através destas produções de conhecimentos(INFORMAÇÕES), sejam tomadas as providências de caráter PREVENTIVO contra a criminalidade.
    Tenho certeza , que com a capacidade profissional das autoridades envolvidas, as mesmas consigam nortear suas ações para o fechamento deste crime bárbaro.
    ASS: ARGÚS: O OBSERVADOR DE CONDUTA!!!!

    • Concordo plenamente com vc!! o olho de argus….vc deve conhecer de inteligência, parabéns….vc está certo, o Amapá precisa imediatamente de um setor de inteliência que
      produza relatórios e estudos, mapeando a violência que está a solta no Estado…

      • Muito bom a sua manifestação no assunto Sra. ODA BIONDI!Os vários OLHOS DE ARGUS, com certeza estão ativados e monitorando a situação, a fim de colaborar com o fechamento deste fato lamentável.A produção do MAPA DO CRIME, não deve servir apenas para ser usado como estatística e sim fazer parte(ANALISADO)para servir de subsídio real na formulação e tabulação do Planejamento Estratégico, para ações diárias na SEGURANÇA PÚBLICA. Será que esta FERRAMENTA EXISTE ATUALMENTE?EM CASO DE NEGATIVA, QUE OS RESPONSÁVEIS TENHAM A HUMILDADE DE AGREGAR PESSOAS E MEIOS PARA SOLUCIONAR O ASSUNTO E PRINCIPALMENTE DEMONSTRAR O COMPROMISSO ÉTICO COM O SETOR DE SEGURANÇA PÚBLICA!
        ” VIOLÊNCIA CONTROLADA COM AÇÕES PREVENTIVAS E CORRETIVAS, COM CERTEZA É CRIANÇA E JOVENS NA ESCOLA(EDUCAÇÃO) E HOSPITAIS , A PRINCÍPIO, SOMENTE COM EMERGÊNCIAS E URGÊNCIAS NÃO PREVISTAS( SAÚDE)E UMA SOCIEDADE MELHOR DE SE VIVER PARA TODOS!
        ASS:ARGUS: O OBSERVADOR DE CONDUTA.

  • Alcilene, é triste perceber q algumas pessoas q nem estão diretamente na apuração dos fatos tentam aparecer em cima de uma história tão triste.É até falta de caridade. Deveria preocupar-se em orar para q descansem em paz aquela mãe, e os dois filhos q eram pessoas de bem.

  • A verdade é o seguinte:
    A diretora Eliete sempre agiu dessa maneira, se forem conferir tudo o que ela declara na imprensa, vão detectar que 80% do que ela fala é mentira.
    Ela foi contra a aprovação do PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS DA POLITEC ( mesmo sendo do quadro)e com a cara mais lavada deu entrevista no J.Ney se dizendo uma ferrenha batalhadora (muito cara de pau)

    Ela vai ficar na presidência sim, até o final do governo. O que a segura são justamente as irregularidades que são inúmeras e uma folha de plantão de agregados e cabos eleitorais, que se o governador for mexer agora será mais uma bomba para o governo e para o Ex-W12 que por sinal sabe de tudo e deve ter aconselhado o PP a não abrir essa caixa preta agora.

    Então caros servidores da Politec, pelo menos até a eleição: PACIÊNCIA que ela ñ vai sair dessa presidência.
    Só mudo de opinião quando for aberta ao público as contas e a folha de pagamento da nossa instituição.

  • As pessoas que estão a frente das Instituições desse Estado, precisam rever seus conceitos o mais breve possivel. Não sei como o PP (governador só por oito meses), vai conseguir controlar as vaidades e imbecilidades dos seus comandados. Já não bastou os sete anos de desmandos e descontroles promovidos pelo WG 12, será o benedito?

  • No final de semana, quando li as declarações que a Eliete Borges prestou, previ logo que ‘tava fazendo merda. Mas, como diria o filósofo Elixir Peregórico: “vanita vanitas, et ominia vanitatun”. “Traduzindo”: Passarinho que come pedra sabe o cós que tem…

  • Se esse bastardo fosse inteligente não teria cometido esse crime horrendo. Vinte anos atrás ele já teria se lembrado de tudo.

  • A sra. Eliete, com o devido respeito, deveria se preocupar em informar o péssimo trabalho da Politec na coleta de provas do caso “Ana Fabíola”. Pois o sangue coletado no carro do acusado foi considerado impróprio para exame. Erro da Politec na coleta, que até hoje deixou impune o criminoso. A polícia chegou no suspeito, porém o material foi muito mal coletado.

  • Eu só vejo homens nessa mesa. Vejo homens desqualificando o trabalho de uma mulher, será que fariam o mesmo se o cargo fosse ocupado por um homem?

  • Me entristece ver um caso tão sério sendo tratado em meio a tantas picuinhas. Algumas pessoas gastam seus espaços para comentar para transformar tudo em ofensas pessoais aos desafetos políticos. Acho que a polícia, com todas as suas limitações, fez o que pode para resolver o caso. claro que ainda falta conclui-lo. Vocês não acham estranho que o suposto assassino diz que teve um surto e que não se lembra de nada, porém ele teve frieza suficiente para, depois de cometer o crime, tentar simular um latrocínio? Será que ele estava tão “avoado” assim mesmo?

  • pra mim… esse caso tem muita coisa escondida e muita coisa mal esclarecida… como o rads iria fazer tudo isso.. ainda mais sozinho.. e a pergunta que não quer calar.. pq o rads faria isso? o que ele iria ganhar?? na minha opinião tem alguém GRANDE envolvido por traz disso, e tenho embasamento para falar isso, .. a impressa ta falando o que pensa, ta tentando adivinhar as coisas e com isso ta acusando quem da na telha, e não buscando a verdade… eu acredito na inocência do rads.. quem o conhecia sabe que ele seria incapaz de fazer uma barbaridade dessas… e impressa procurem saber o que a promotora iria fazer no dia seguinte.. vcs axaram uma coisa bem interessante e tiraram os olhos do bolinha e vcs iram ver outros ângulos das coisas …..

    • ja que vc tem certeza q seu “amigo” nao cometeu os 3 assassinatos pq vc não vai até a delegacia e conta o q sabe? ou prefere ver um “inocente” atras das grades?

  • e jeremias ele é adotado sim… mas é como se fosse um filho gerado.. não fale merda.. se vc o conhecesse veria a verdadeira face dele e não essa que estão mostrando, de uma pessoa fria e psicopata… quando a verdade vir a tona quero ver as pessoas que tiveram coragem de difama-lo pedir desculpas a ele diante a sociedade… ACREDITO NA TUA INOCÊNCIA RADS

    • Poucas vezes na vida vi pessoa tao pequena e burra como vc CLARINHA!!!!Vamos lá,o PSICOPATA chamado por vc de RADS,é reu confesso(quer dizer que ele confessou o crime)entende???…a policia provou que ele estava no local do crime,pois deixou suas impressoes digitais(sao marcas que existem nas pontas dos dedos,que sao individuais,exclusivas de cada pessoa)também deixou impressoes digitais no carro,depois de ter feito a chacina,ele teve discernimento suficiente para forjar pistas afim de que se pensassem em latrocínio,depois foi para casa e… CONSEGUIU DORMIR!!!!!!!!!…e no outro dia se comportar como se nada tivesse acontecido, mais,…ele nao teve um surto e cometeu o crime,ele levou uma faca para a casa das vítimas,logo,premeditou o crime.Leia sobre psicopatia,e talvez vc consiga entender(se nao conseguir tenta um dicionário),e reze por nao ter acontecido com seu familiares e tambem para que ele só saia da cadeia esticado, pois só assim livrará-se a sociedade de tais aberraçoes.

      • Faço minhas as suas palavras… Que as clarinhas da vida possam aprender mais com a vida e não apenas viver com o coração!!! A mentira é que nem fumaça, sempre aparece!! A esse dissimulado, monstro, mentiroso, frio, maquiavélico, psicopata fica a minha clemência: JUSTIÇA!!!

    • Huummm… E aí? Continua com essa tua mesma opinião??? Garota, ninguém conhece ninguém!! Coloca a tua mão no fogo por ele? Então leva ele pra casa e torce pra ele não ter um surto, senão vai sobrar pra ti e pra tua família!!! Tô com medo até de mim!!! Mais que provado que ele é um monstro frio, nojento, com uma enorme pedra no coração dele!! Se é pra viver num mundo cheio de pessoas assim, que matam e outras que defendem esta matança, então prefiro morrer!!!

  • Tenhamos calma! O crime causou comoção a todos. Imputar a esse ou aquele coadjuvante dos trabalhos de elucidação críticas do nível que vêm sendo lançadas aqui nos comentários, não ajuda em nada! Pior, o calor dos debates serve àqueles que, no auge da discussão, aproveitam o ensejo para fazer politicagem (disputa por plantões, PP, WG e outras insinuações). O certo é que a POLITEC exerce, nesse cenário, importante papel no levantamento pericial, sem que isso signifique que sirva apenas aos interesses persecutórios da Polícia Judiciária e do Ministério Público, ou seja, a POLITEC não só produz prova em benefício da tese acusatória. Não podemos esquecer que a prova pericial pode, sim, ser favorável ou desfavorável aos interesses daqueles que trabalham na persecução criminal. Por isso, não vejo nenhuma leviandade declarar que na cena do crime havia digitais de outras pessoas, se isso verdadeiramente foi constatado, até porque não tenho conhecimento de que o inquérito corre em segredo de justiça. Tenho pra mim – opinião pessoal minha que nada a ver com a minha função institucional – que a divulgação de dados periciais, ainda que em caráter informal, que levam à possível comprovação de que outras pessoas estiveram na cena do crime, seja antes ou depois, deve ser levada em consideração pelas autoridades investigatórias, e não servir apenas de palco para que, num contexto midiático, exponham eventuais rusgas entre aqueles que, por dever, tenham que trabalhar conjuntamente para a elucidação do crime. É isso que a sociedade quer, sem piroctenia midiática. É o mínimo.

    • Foi o comentário mais coerente que percebi até agora. De fato, quando surge um episódio desse, todo mundo aproveita pra aloprar em cima da Eliete Borges. Pô, gente, bater em morto não vale!

  • Foi irresponsável a atitude tomada pela Diretora da Politec. Ou não tem conhecimento de causa, não está sintonizada com equipe de peritos responsáveis ou, quer se promover a todo custo nesse caso. Pois até eu que não sou perito sei que em caso ainda em investigação, o sigilo e cautela são primordiais para que a verdade prevaleça e os verdadeiros culpados sejam criminalizados. Parece que a Diretora Eliete tem que voltar pra academia (ou calçar a sandália da humildade)!!!

  • Nossa! A maioria dos comentários trata de brigas internas na POLITEC… Parece que o caso horrendo do assassinato está servindo de oportunidade para reinvidicações fora de hora, brigas políticas, críticas pessoais… Nós, como sociedade, devemos esperar das autoridades união em prol do bem comum, no caso, que desvendem o crime em conjunto, cada qual fazendo a sua parte no árduo trabalho policial. O que não dá é para aturar essa “guerra” fora de hora, o crime é o que realmente importa e tem, para a nossa tarnquilidade, que ser elucidado.

      • Indignatus? Bom, é o pseudônimo que usas… Estranho a gente não poder expressar opinião. Só escrevi que acho que o que é importante, no momento, é cuidar da elucidação do caso. Não de brigas. Não acho que pensar assim quer dizer que estou “por fora”. Mas, respeito sua opinião anônima.

  • MAS QUEM É ESSA RETARDADA CHAMADA CLARINHA QUE ACREDITA NA INOCÊNCIA DESSE DE CUJUS EM POTENCIAL, SE ELE PRÓPRIO DISSE TER MATADO??NEM ELE ALEGA INOCÊNCIA CRIATURA, PQ TU O FAZES??

  • Pelo que foi dito até agora, podemos concluir que este mosntro com nome de wellington é um psicopata! Digamos que ele pegue 30 anos de cadeia, dpois sairá e é bem provável que mate outras pessoas, pois, sabemos que a psicopatia nao tem cura…..entao, a solucao para este enorme problema que a sociedade possa ter, talvez seria AMPUTAR OS BRACOS do infeliz??? seria uma otima solucao já que nao temos pena de morte e que as leis do nosso país sao tao precárias….

  • Prezados colegas, eu não vejo esta guerra política e nem esta fogueira de vaidades que alguns declaram, o que existe é a POLÍCIA CIVIL, O MINISTÉRIO PÚBLICO e a POLITEC através de seus competentes Peritos Criminais, Médicos Legistas e Papiloscopistas empenhados no resolução de um crime bárbaro. Após pouco mais de uma semana o culpado foi identiificado por provas incontestáveis e pela própria confição. Ai entra em cena a Dra Eliete, falando em entrevista oficial que haviam outras digitais no local do crime, eu pergundo, algum Perito, Papiloscopista ou Médico Legista se manifestou a favor desta tese. A resposta é não, porque a Eliete querendo se promover e ganhar pontos político utilizou deste crime terrível para aparecer na mídia. Sendo assim, estão todos (polícia civil, peritos, médico-legistas, papiloscopistas, ministério público trabalhando harmonicamente para resolver o crime e a Eliete trabalhando para se promover e manter o plantão remunerado que fornece o seu caixa dois e mantém os seus cabos eleitorais na politec. Se vcs não acreditam no que estou falando em relação à competência desta diretora acesse o site:http://www.politec.ap.gov.br/ e vejam as asneiras escritas sobre a perícia. Eu trabalho na POLITEC e conheço muito bem a ignorância, incopetência e total falta de preparo da atual diretora desta instituição, só não entendo porque o ministério público do estado não tomou providências contra esta diretora em função das irregularidades em escalas de plantão fantasmas, recebimento irregular de diárias e passagens para participação de eventos promovidos pela senasp, além de atuar de forma tirânica contra os funcionários da POLITEC, excluindo ou incluindo de acordo com a sua vontade funcionários nas escalas de plantão e utilizando a exclusão das escalas, que correspondem a 70% do salário, como forma de punição contra opiniões contrárias às desta diretora. O nível de tirania chegou ao cúmulo desta senhora ordenar a retirada de dois funcionários concursados da folha de pagamento da SEAD, mesmo informado de que este pedido era irregular a SEAD retirou os referidos funcionários da folha de pagamento. Agora que finalmente a assembléia legislativa e o governador Pedro Paulo finalmente deram a carta de alforia dos funcionários da politec através da aprovação do plano de cargos carreiras e salários e no momento que, finalmente, está chegando ao fim o caixa dois desta diretora que eram as escalas de plantão fantasmas, ela tenta aparecer na imprenssa de qualquer forma, mesmo que seja falando asneiras sem nenhum suporte técnico e prejudicando seriamente as investigações de um trágico caso criminal que abalou a cidade de Macapá.
    Neste caso, o ministério público só se manifestou quando foi prejudicado diretamente mas não tomou providências quando foi informado através de documento com mais de cem assinaturas doas irregularidades na POLITEC, muito pelo contrário, forneceu à eliete os nomes de todos as pessoas que assinaram a lista e alguns deste foram sumariamente transferidos para o interior do estado.

  • fika quieta clarinha se o kra de pau ja confessou, porque defende-lo tanto sera que vc achou bonito o que esse piscopata fez…… é o que esta parencendo perante seus comentarios..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *