Projeto do MP-AP para redução da violência doméstica contra a mulher é indicado pela 3ª vez ao Prêmio Innovare

 

O projeto do Ministério Público do Amapá (MP-AP) para redução da violência doméstica contra a mulher é indicado ao Prêmio Innovare de 2020. O “Sicavid da Prevenção ao Combate” foi desenvolvido pela promotora de justiça Alessandra Moro, titular da Promotoria de Justiça de Defesa da Mulher de Macapá, e concorre na 17ª edição da premiação.

 

A iniciativa, que já foi premiada pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), contribui para diminuição da violência doméstica e familiar contra a mulher em Macapá, através da execução de ações preventivas e educativas realizadas nas áreas de maior concentração dessa violência, identificadas, por meio do sistema de cadastro do MP-AP, denominado de Sicavid, e apresenta resultados positivos para a sociedade. O projeto faz parte do banco de boas práticas da associação sem fins lucrativos.

 

“Essa terceira indicação ao Prêmio Innovare nos motiva a aperfeiçoar cada vez mais nosso trabalho de enfrentamento a violência contra a mulher no município de Macapá. Estamos felizes em compor a lista dos projetos mais bem-sucedidos do Ministério Público brasileiro”, destacou a promotora.

Alessandra Moro

 

A premiação nacional é uma das mais prestigiadas e tem como objetivo identificar atividades inovadoras e com resultados comprovados, que contribuem para o aprimoramento da justiça no país.

 

A comissão julgadora do Innovare é composta por ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Superior Tribunal de Justiça (STJ), desembargadores, juízes, promotores, defensores, advogados e outros profissionais que tem interesse na rapidez e eficiência dos serviços entregues aos cidadãos. Os premiados da edição de 2020 devem ser conhecidos em dezembro.

 

Serviço:

 

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *