PROCON – Pra cima da Unimed

PROCON fiscalizou o Hospital da Unimed, em Macapá.  A operação foi motivada após várias denúncias feitas por usuários.

Os fiscais apuraram problemas como demora no atendimento médico, falta de higienização dentro da unidade hospitalar, dificuldade na marcação de consultas e falha na entrega do boleto de pagamento dos planos médicos oferecidos.

A chefe de fiscalização do Procon, Lana Silva, disse que o instituto recebeu mais de trinta denúncias de pacientes nos últimos dias. “Viemos aqui para apurar as condições e se realmente os clientes têm razão ao denunciar. A intenção é garantir o direito do consumidor”, argumentou.

Os fiscais aplicaram 18 autos de infração na unidade hospitalar. Um relatório com as deficiências e problemas encontrados será encaminhado ao Ministério Público Estadual para providências. “Agora, os responsáveis pela administração do hospital têm o prazo de 15 dias para apresentar defesa junto ao Procon, e, caso não sejam solucionados os problemas, o hospital poderá ser multado”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *