Prefeitura de Macapá autoriza retorno das aulas presenciais na rede privada e na municipal de ensino

 

O município de Macapá autorizou, através do decreto Municipal nº 2.992/2021-PMM a retomada gradativa das aulas presenciais na modalidade híbrida nas redes particular e pública de ensino do da capital. O documento passa a vigorar a partir desta terça-feira, 27.

 

O que recomenda o MP

A autorização foi deliberada pela gestão, mesmo após a recomendação de nº 001- 2021 do Ministério Público do Amapá (MP-AP), que frisou sobre o retorno das aulas presenciais só fossem autorizados após as devidas adequações na estrutura física e no momento em que houver quadro epidemiológico favorável.

O que diz o Sinsepeap

O Sindicato dos Servidores Públicos da Educação no Amapá Executiva Municipal (Sinsepeap), anunciou a greve que iniciou nesta terça-feira e segue até o dia 30 de abril, por conta das aulas presenciais na rede pública de Macapá e também pela categoria não estar contemplada no Plano de Imunização.

Decreto do governo do estado mantém aulas presenciais suspensas

No decreto do Governo do Amapá, ficam suspensas aulas presenciais, em todos os níveis de ensino na rede pública e privada de educação, a contar da data de 27 de abril de 2021, exceto: atividades presenciais para produção de conteúdo e ministração de aulas on line e de planejamento das atividades para retomada das atividades escolares, que deverão ser executadas por número reduzido de profissionais, seguindo os protocolos sanitários e de distanciamento social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *