Praça Raimundo Adamor Picanço

Moradores do bairro Beirol receberam do governo do Estado a praça Raimundo Adamor Picanço. O espaço foi inaugurado na tarde desta sexta-feira, 21, com o nome de um de seus mais ilustres moradores também conhecido como Wanderley. Ele nomeia a praça que passa a ser o principal ponto de entretenimento da comunidade. A Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf) foi a responsável pela retomada e finalização da obra.

Para que os serviços da praça fossem finalizados, o GEA investiu R$ 3.152.687,78. Com este recurso foi possível construir um espaço com arena esportiva de areia, arquibancadas, quadra poliesportiva coberta, cabine de locução, duas quadras de voleibol de areia, playground, centro comunitário, banheiros e lanchonete. Tem ainda espaço gramado e pavimentação em bloquete. “Agora, teremos uma praça para brincarmos com nossas crianças, éramos carentes de áreas de lazer e para esportes”, disse o morador João Picanço, pai de três crianças.

A praça Wanderley Picanço faz parte de um pacote de obras abandonadas pela gestão anterior e que foram retomadas desde 2011. A partir de uma decisão política do governador Camilo Capiberibe os serviço voltaram a ser feitos gerando centenas de emprego que contribuíram para que o Amapá fosse bem avaliado pelo Ministério do Trabalho. Somente na área de educação, 50 escolas tiveram os serviços reiniciados. Além da praça do Beirol, mais três serão entregues ainda neste mês de setembro: a dos bairros Muca, Marabaixo e Lago da Vaca. Todas estavam com as obras paralisadas.

“Independente de quem iniciou e deixou inconclusa, é nosso compromisso prestar contas dos recursos públicos. Não podemos tratar com descaso as obras somente porque não foram iniciadas nesta gestão. Temos responsabilidade com o dinheiro do contribuinte”, disse o secretário de Infraestrutura, Joel Banha.

O senador João Capiberibe reforçou o compromisso do GEA e afirmou que o governador está devolvendo para a população os benefícios que a ela pertence. A obra da praça do Beirol foi iniciada em outubro 2009, paralisada em 2010 por falta de dotação orçamentária e em 2011 seus serviços foram reiniciados.

“Espaços como praças cumprem um importante papel na vida social e esportiva de uma comunidade. Em bairros como esse, carente de opções de lazer, ela se faz necessária. Fazemos investimentos altos em serviços que têm um impacto marcante na vida da população, como incentivar práticas positivas, caso das praças que estamos entregando. O governo está honrando os compromissos, pagando pendências deixadas de herança, mas não deixamos de priorizar investimentos como estes”, disse o governador Camilo.

Raimundo Adamor Picanço, o Wanderley, fez história no bairro Beirol. Foi um homem do carnaval e do futebol e faleceu em 2011. Foi goleiro de vários times amapaenses e, aos 16 anos, se destacou como o melhor da época. No carnaval teve uma importante participação na construção da identidade da festa no Amapá. Foi um dos fundadores do bloco “A Banda”, e criador do boneco Anhanguera, que acompanha o maior bloco de sujos do Norte do Brasil.

Mariléia Maciel/Secom

  • Parabéns pela conclusão da obra,a comunidade do Beirol merece!muita justa a homenagem ao Prof.Wandeley.

  • O nosso saudoso e querido amigo, Raimundo Adamor Picanço, mais conhecido como VANDERLEY, foi importante não só para o Bairro do Trem, mas para o Amapá como um todo. Além do futebol, do carnaval, foi professor de educação física e natação, policial, escoteiro, pioneiro, bem como colaborava nas ações da Igreja Católica de São José. Foi o primeiro jockey que conheci na vida, disputando corrida de cavalos no Estádio Glicério Marques, nas festividades de 13 de setembro. Como policial, no regime fechado, era um dos que mais sabia lidar com a juventude porque sempre usava a arma mais forte que Deus deu ao homem: a palvra.
    A homenagem é merecidíssima afinal os logradouros públicos devem homenagear sempre quem deixou algum exemplo positivo nesta rápida passagem pela terra. Valeu Vanderley!!!!!!!!!!!!

    • Adelmo. Tenho ótimas lembranças do professor Vanderley. Foi meu professor de natação na piscina do Barão e era sábio nas palavras. Tinha sempre um conselho ou um toque bacana na ponta da língua. Merecida homenagem ao grande homem que foi o professor Vanderley.

  • Obrigado meus queridos pelos comentários, sua filha do homenageado e fico muito feliz por meu Pai ter deixado lembranças maravilhosas ainda em vida: aos que aprenderam com ele a nadar, jogar futebol, basquete e aos amigos o companheirismo, respeito, brabeza e o coração mole!!!! A Família Picanço agradece.

  • Obrigado meus queridos pelos comentários, sua filha do homenageado e fico muito feliz por meu Pai ter deixado lembranças maravilhosas ainda em vida: aos que aprenderam com ele a nadar, jogar futebol, basquete e aos amigos o companheirismo, respeito, brabeza e o coração mole!!!! A Família Picanço agradece

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *