• Mas essa família Gurgel são a baixaria em pessoa pelo poder são capazes de tudo. Não vê que eles querem implantar na marra uma forma de “gestão hereditária” hehehe, afinal se perderem a presidência da federação as próximas eleições começam a ficar comprometidas né não??? Quando tiver um tempinho aborde sim o assunto.

  • O Amapá está cheio de disputas, nem sempre sadias. Vejamos os rolos:bronca no futebol: quem é campeão?;e o carnaval como é que está? qual é a liga que serve?já largaram do pé do piratão?;e a bronca do tribunal de contas, com conselheiros afastados.A eleição valeu? E no TJAP, como fica?A Assembleia Legislativa com seus dputados afastados?Vai começar tambem bronca na Câmara de Vereadores?A FIAP vai fiar?

  • Alcilene, a FIAP está em disputa por dois grupos que não tem compromisso algum com o desenvolvimento do nosso estado. As gestões não primam pela melhoria de uma instituição de amparo ao desenvolvimento que se localiza ao lado da sede: O SENAI. Estão perdendo todos os profissionais que foram qualificados durantes os anos anteriores a gestão dessa Telma Gurgel. Tem alguns profissionais qualificados no Japão que ela deixou de lado para colocar parentes sem conhecimento algum sobre o ensino técnico. Por isso, a escola SENAI está credibilidade. abraços.

    • Agora a FIAP é formada por que merda de indústrias? Onde ficam essas “indústrias”? Cadê sua produção?
      É formada por apenas um bando de sidicatos patronais sem expressão nenhuma. Constituidos apenas para ganhar o dinheiro que o resto do país manda para cá.
      Assim, até eu sou industrial. Só no Amapá.

  • Lamentável foi o que aconteceu com as crianças do fundamental do SESI. Logo após as eleições, os professores que não vestiram a camisa da nora Aline foram todos demitidos, isso comprometeu seriamente o aprendizado das crianças que foram dispensadas das aulas ainda em novembro com os livros pouco mais da metade EM BRANCO, gravíssimo isso. A Escola Moderno,receberá grande parte dessas crianças no ano de 2013. E o SESI que já foi uma das melhores escolas, e continua sendo pelo país afora.

    • Concordo com você. Meu filho é (era?) aluno do SESI… batalhei tanto pra ele entrar, era meu orgulho, mas a escola mudou muito nos 2 últimos anos e no período eleitoral então, nem se fala. Não estudará mais lá também em 2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *