PF prende mais três envolvidos no assalto aos Correios de Pedra Branca do Amapari/AP

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira, 31, a segunda fase da Operação Samaracá, para desarticular associação criminosa suspeita de assalto à agência dos Correios de Pedra Branca do Amapari/AP em fevereiro do ano passado. Cerca de 20 policiais federais cumprem dois mandados de prisãotemporária e três mandados de busca e apreensão, nos bairros do Congós
e Buritizal em Macapá/AP.


A ação, em conjunto com o Ministério Público Federal, é um
desdobramento da Operação Samaracá, desencadeada em junho de 2018,
que prendeu quatro indivíduos pelo assalto a agência dos Correios de Pedra
Branca do Amapari/AP, dentre eles um funcionário dos Correios que
prestou informações privilegiadas ao grupo criminoso.
Com o avanço das investigações, mais outros três suspeitos foram
identificados de terem participado do assalto, sendo que um deles já se
encontra recluso no Instituto de administração Penitenciária do Amapá
(IAPEN) por outro crime. Agora, no total, sobem para sete pessoas
envolvidas no assalto.
Os investigados irão responder, na medida de suas responsabilidades,
pelos crimes de roubo qualificado e associação criminosa armada. Se
condenados, poderão cumprir pena de até 21 anos de reclusão.
Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá
[email protected] | www.pf.gov.br
(96) 3213-7500

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *