Pelo Amapá. A lagoa azul de Serra do Navio

Após anos de exploração de minérios, o município de Serra do Navio tenta se reerguer usando novamente a natureza, mas de maneira diferente.

O lugar que foi palco de um dos maiores projetos estrativistas da amazônia, o projeto ICOMI, sofreu com o abandono e impactos ambientais, um desses impactos gerou a maior atração turística da região, a Lagoa Azul.

A Lagoa Azul vista do mirante da mina f12 – Foto: Wirley Almeida

A Lagoa Azul é uma das atrações mais visitadas na Serra do Navio, e embora algumas pessoas desconfiem da água por o lugar ser uma mina abandonada, é própria para banho. A cor azul anil é dada por conta dos minérios da região, especialmente o carbonato de manganês. A Lagoa Azul surgiu no fundo de uma montanha, cortada devido ao processo de exploração mineral, esse processo transformou a montanha em uma depressão, que com o acúmulo de água formou um tipo de lagoa.

Hoje há quem faça trilhas até ao local, mas também se chega de carro, região de serra, cercada por uma floresta tropical, e que embora faça muito sol e calor durante o dia, a noite proporciona um clima mais frio.

A região também possui raras espécies de animais, alguns que só podem ser encontrados no município de Serra do Navio, sendo o mais famoso o brilho-de-fogo( Topaza Pella), uma das espécies mais raras e belas de beija-flor.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *