Partido Pátria Livre – PPL realizou convenção no sábado

O economista Charles Chelala, que trouxe o PPL para o Amapá, foi reeleito presidente regional do partido.

O PPL foi fundado em 21 de abril de 2009 – dia de Tiradentes, mártir da Nação brasileira, mas sua trajetória começa há mais de 40 anos, quando um grupo de jovens levantou-se contra o regime militar e fundou o Movimento Revolucionário 8 de Outubro, organização que que cumpriu importante papel na redemocratização do país.

Com relação à atual crise econômica, política e ética instalada no Brasil, o PPL avalia que foi fruto da incapacidade do governo Dilma em defender os interesses nacionais. Por isso defende a convocação de novas eleições para Presidente da República, restaurando a credibilidade e legitimidade para avançar na superação da crise.

No Amapá, desde setembro de 2015, o Partido Pátria Livre vem se propondo a uma nova construção que permita ampliar sua base de militantes e dirigentes, fortemente enraizados nos princípios do PPL para lutar pelo desenvolvimento socioeconômico do nosso Estado.

Partido está em boas, além de sua reconhecida capacidade técnica, Chelala é um grande militante político, que sempre defendeu bandeiras democráticas e de conquistas sociais.

Conheço-o desde o movimento estudantil em Belém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *