Operação “Mãos Limpas”: Justiça Federal compartilha provas com o Ministério Público do Amapá

OperacaoMaosLimpas_AndreDusekAE10092010_288x212

O juiz federal substituto, Togo Paulo Ricci, da 4ª Vara Federal,  decidiu por compartilhar provas da Operação “Mãos Limpas”, realizada pela Polícia Federal, em setembro de 2010, que investigou suposto esquema de corrupção no Estado e resultou na prisão de várias pessoas, dentre elas o governador e ex-governador do Estado. Na decisão, ficou definido que o MP-AP, por meio da Promotoria de Defesa do Patrimônio Cultural e Público de Macapá (PRODEMAP), compartilhará documentos apreendidos nos mandados de busca, divididos em 69 itens, distribuídos em 23 caixas. Todo o material está de posse da 4ª Vara Federal.

“É inerente à própria função constitucional do Ministério Público a apuração, em nome da sociedade, de possíveis ilícitos cíveis e criminais, bem como a sua persecução judicial. Encontram-se nos autos indícios contundentes da prática de infrações ao ordenamento jurídico, os quais, se existentes, lesam gravemente a sociedade e o Estado do Amapá. Assim, é natural que essa instituição (MP-AP) tenha acesso irrestrito às provas deste processo”, ressaltou em sua decisão o juiz federal substituto Togo Ricci.

Em abril deste ano, O MP-AP já havia recebido do Ministério Público Federal no Amapá (MPF/AP), parte do material da Operação “Mãos Limpas” que investigou suposto esquema de corrupção no Estado. Foram entregues documentos e mídias eletrônicas apreendidas pela Polícia Federal, mas apenas com a decisão de compartilhamento será possível análise plena no material apreendido pelos Promotores Estaduais, permitindo o ingresso das primeiras ações judiciais.

A Procuradora Geral do MP-AP, Ivana Cei, nomeou uma comissão composta por doze promotores de Justiça para realizarem a análise do material. “Foi necessária a criação de uma comissão com objetivo de apurar o grande volume de provas para que o Ministério Público possa  instaurar os procedimentos adequados”, declarou a PGJ.

 

Operação “Mãos Limpas”

A operação ‘Mãos Limpas’, segundo a Polícia Federal, mobilizou 600 agentes federais que cumpriram 18 mandados de prisão temporária, 87 mandados de condução coercitiva e 94 mandados de busca e apreensão. Todos expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

  • CARA BLOGUEIRA,
    O QUE PRECISA SER DITO É QUE EEFETIVAMENTE PODERIA TER MAIS DINHEIRO EM CIRCULAÇÃO NO ESTADO, COMO SE SEGUE :
    1. O DINHEIRO DOS CONSIGNADOS, NO VALOR De 75 MILHÕES, QUE FOI PAGO PELO ATUAL GOVERNO FOI EVIDENTEMENTE PARA OS BANCOS EM SÃO PAULO. CULPA DE QUEM?
    2. O DINHEIRO NÃO RECOLHIDO PARA A AMPREV, EM VALORES DE MAIS DE 500.000 MILHÕES E HONRADO PELO ATUAL GOVERNO TAMBÉM SAIU DO CONSUMO. CULPA DE QUEM?
    3. O DINHERIO NÃO ARRECADADO PELA HARMONIA DO IMPOSTO DE RENDA E INSS, EM VALORES QUE NÃO SE SABE BEM QUANTO, FOI PARA A UNIÃO E DEIXOU O AMAPÁ. CULPA DE QUEM?
    4. O DINHERIO NÃO PAGO PELA HAMONIA À ELETRONORTE, NO VALOR DE MAIS DE 1,5 BILHÃO, QUE FAZIA FESTA DA RAPAZIADA, TAMBÉM DEIXOU DE FINANCIAR A VIDA NABABESCA DA TURMA. TAMBÉM SAIU DO CONSUMO FOI PARA BRASÍLIA, PARA O SISTEMA ELETROBRÁS. CULPA DE QUEM?
    5. E CLARO O DINHEIRO DA CORRUPÇÃO, QUE ANTES FAZIA A FESTANÇA NO ESTADO, FOI MANDADO PARA OUTRAS PLAGAS. OS CORRUPTOS E SEUS ASSECLAS TAMBÉM TIVERAM QUE RECUAR, OU POR NÃO TER MAIS AS TETAS DO GEA PRA MAMAR E OUTROS PARA TENTAR CRIAR UMA IMAGEM DE POBRE COITADO. TE PERGUNTO, DE QUEM É CULPA?
    MULEKE, QUE NÃO É ECONOMISTA, MAS TAMBÉM NÃO É BURRO,

  • Não ficaria admirada que os amapaenses reelejam corruptos novamente. Absurdo total. Todas as provas deviam ter sido abertas a sociedade, afinal, o dinheiro é público. Desviado ou não o assunto me interessa.

  • DÓ ACHO ESTRANHO QUE TUDO ACONTEÇA EM PERÍODO ELEITORAL, DEIXANDO A SOCIEDADE COM A PULGA ATRÁS DA ORELHA, AFINAL QUAL SERIA O OBJETIVO DAS COISAS ACONTECEREM SOMENTE EM ÉPOCA DE CAMPANHA?

  • O negócio tá pegando! Até o MPE tá na campanha! Pra endoidar assim é que o negócio saiu do controle. Mas é o que se percebe nas ruas. Vade retrum!

  • ESSA TAL DE HARMONIA QUE VOLTAR AO PODER JUNTOS COM VÁRIOS EMPRESÁRIOS QUE ESTÃO FINANCIANDO A CAMPANHA DE WALDEZ SABE PORQUE ELES NÃO QUEREM PAGAR IMPOSTO AO GOVERNO, MAS A JUSTIÇA SERÁ FEITA ESSA PATOTA VAI TUDO PRA PRISÃO

Deixe uma resposta para Rick B. Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *