On the roads

Ministério Público põe o pé na estrada e começa amanhã, quinta-feira, a implantação do programa MP Comunitário, com uma audiência pública para ouvir a população dos bairros Perpétuo Socorro, Cidade Nova e adjacências, que acontecerá na Escola Maria Ivone, no Perpétuo Socorro.

Esse é um programa inovador e empreendedor, que leva os serviços e missão do Ministério Público aos bairros, em dois ônibus equipados e prontos para atender a população, com soluções ágeis e modelos alternativos de solução de conflitos, como a mediação comunitária.

O Procurador-Geral de Justiça Iaci Pelaes junto com Promotor Paulo Veiga, a quem foi dada a missão de coordenar o programa, mobilizam a instituição para o sucesso no atendimento as demandas da população.

  • SERÁ QUE ISSO VAI FUNCIONAR? OU SERÁ QUE É APENAS PARA LIMPAR A IMAGEM DO MP QUE TEVE ALGUNS DE SEUS MEMBROS NOMEADOS PARA O PRIMEIRO ESCALÃO DO GOVERNO? Há tantas denúncias que aportam no MP Estadual e não são resolvidas satisfatoriamente. O Ministério Público deveria promover uma fiscalização nos serviços públicos, incluído o de Saúde; Deveria acompanhar as decisões do TCE, bem como apurar os desvios de dinheiro público; Ler o Diário Oficial do Estado e observar atentamente as licitações públicas (ex., os Estratos da Secretaria de Saúde DOE 4686 DE 24/02/2010) e as leis estaduais com vícios formais e materiais; Deveria cobrar da Corregedoria da Polícia Civil e da SEAD os relatórios de denúncias contra servidor público, inclusive aquelas que envolvem crimes de peculato; Enfim, investigar desvios praticados por gente “grande” no Estado do Amapá, pois da população ouvirá os problemas já corriqueiros: segurança, educação, saúde, lixo, urbanização, tráfico de drogas, prostituição, pedofilia, e, quem sabe, briga de vizinhos.

  • A Instituição Ministério Público do Amapá está em xeque desde o primeiro dia do governo Waldez, realmente o José Luiz tem razão, membros do MP vaziam parte do alto escalão desse desgoverno, são tantos os indícios e provas cabais envolvendo corrupção no estado que não dá nem para enumerar, e essa ligação com o executivo, torna-se uma das principais causas do engessamento dessa tão nobre Instituição, que hoje se acovarda e deixa a sociedade amapaense desprotegida.

  • Espero que o MPE investigue todos os Órgãos desse desgoverno,pois em todos tem corrupção,talvez chegue ser maior que os R$ 200 milhões da SEED.Os EUA disse Arruda e Sarney são os exemplos de corrupção no Brasil.Sabe, qual unidade da federação o Sarney representa no Senado da República ? Resp.AMAPÁ(pobre Amapá,famoso até nos EUA).

  • Olá, Alcilene. O MP Comunitário é uma iniciativa louvável para aproximar as pessoas da cidadania e da dignidade. Lembre-se que tem a participação da deputada federal Janete Capiberibe, que destinou R$ 500 mil das suas emendas individuais para a aquisição e equipamento dos ônibus. O dinheiro é OGU 2009.

    • Sizan. Já disse várias vezes aqui no blog que os ônibus foram comprados com emenda da deputada Janete. Hoje a notícia era a audiencia de amanhã e o incio do projeto. A emenda da deputada vem sendo citada todo dia nas entrevistas do MP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.