Obras do PAC Congós iniciam nesta quinta-feira

Acontece nesta quinta-feira, 8, a assinatura da ordem de serviço que marca o início das obras de urbanização e construção de 397 unidades habitacionais no bairro Congós. Será a primeira obra de habitação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Amapá executada pelo governo do Estado.

O projeto PAC Congós prevê a construção de 397 unidades habitacionais: 320 apartamentos e 77 casas térreas, estas últimas destinadas a Portadores de Necessidades Especiais (PNE). Incluem-se nesse critério idade, invalidez ou com dificuldade de locomoção.

O valor total do investimento é de R$ 19.493.837,48, recursos do Ministério das Cidades, com a contrapartida do governo do Estado, no valor de R$ 5.094.453,87.( José Menezes/Seinf)

  • Ler matéria do tipom dá uma satisfação. A “cadeia produtiva” da construção civil é uma das mais “ramificadas” proporcionando trabalho e renda, justamente aqueles profisionais que situam-se em sua grande maioria, nas classes menos favorecidas, abre oportunidades para: o pedreiro; o marceneiro; o ferreiro; o encanador; o eletrecista; o carregador de entulho; o carroceiro; o cara que fornece material bruto: areia; barro; seixo;pequenas movelarias: móveis; janelas; vidro. Além de setores da indústria, sobretudo linha branca: fogão; geladeira; frezeer (ou já viram casa nova, com coisa velha?). Dinamiza a economia local gerando empresa e renda e beneficia todo mundo.
    Parabéns ao Governador CAMILO e equipe.
    Os parlamentares devem ajudar mais e carrear mais recursos para minimizar o déficit habitacional do Amapá, expandindo essas ações para outros Municípios.
    Atenciosamente,
    Josenildo Mendes de Sousa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *