O resultado oficial da eleição

TRE-AP finaliza apuração: Waldez e Camilo estão no segundo turno para o Governo do Estado
O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) finalizou a apuração das Eleições 2014. O resultado das urnas confirmou o segundo turno no estado. Os números para Governo são os seguintes: Waldez Góes (PDT) obteve 161. 550 votos (42,18%). Em segundo lugar,  Camilo Capiberibe (PSB), 105.447 votos (27,53%).  Os dois seguem na disputa. A Eleição será dia 26 de outubro. Em terceiro lugar, ficou o candidato Lucas Barreto (PSD) 53.079 votos; Bruno Mineiro (PT do B) 30.135 votos; Jorge Amanajás (PPS) 27.045 votos; Genival Cruz (PSTU) 5.306 e Décio Gomes (PSTU) 455 votos.
Davi Alcolumbre (DEM) foi eleito para o Senado Federal, com 131.695 votos. Cerca de 36,25% do eleitorado amapaense. Em segundo ficou candidato Gilvam Borges (PMDB), com 124.438 votos. Seguidos por Promotor Moisés (PEN) 48.136 votos; Dora Nascimento (PT) 38.919 votos; Pastor Jorvan (PRP) 7.443 votos; Coronel Palmira (PTC) 5.016 votos; Raquel Capiberibe (PMN) 3.545 votos; Professor Paulo Ricardo (PSTU) 2.558 votos e Marquinho Abreu (PRTB),com 1.486 votos
Os eleitos para a Câmara Federal foram: Roberto Góes (PDT) 22. 134 votos, Janete Capiberibe (PSB) 21.108 votos; Cabuçu (PMDB) 18.709 votos, Vinícius Gurgel (PR) 18.661;  Marcivânia (PT) 16.162 votos; André Abdon (PRB) 13.798 votos; Marcos Reátegui (PSC) 12.485 votos e Josi Rocha (PTB) 10.007.
Legislativo Estadual
Os eleitos para deputado estadual: Marília Góes (PDT) 11.747 votos; Dr. Furlan (PTB) 8.947 votos; Michel JK (PSDB) 8.678 votos; Júnior Favacho (PMDB) 7.187 votos; Dr. Jaci Amanajás (Pros) 6.965 votos; Max da AABB (PSB) 6.667; Pastor Oliveira (PRB) 6.486 votos; Cristina Almeida (PSB) 5.883 votos; Augusto Aguiar (PMDB) 5.803 votos; Jory Oeiras (PRB) 5.721 votos; Charles Marques (PSDC) 5.704 votos; Mira Rocha (PPB) 5.654 votos; Ericláudio (PRB) 5.616; Rosely (DEM) 5.480; Jaime Perez (PRB) 5.360 votos; Luciana (PHS) 5.146 votos; Moisés Souza (PSC) 5.111 votos; Edna Auzier (PROS) 5.058 votos; Maria Góes (PDT) 5.028 votos; Raimunda Beirão (PSDB) 4.874 votos; Kaká (PTdoB) 4.843 votos; Fabrício Furlan (Psol) 4.294 votos; Pedro da Lua (PSC) 4.168 votos; Professor Lemos (Psol) 4.105 votos. .
Foram 100% dos votos apuradas em 1.461 sessões eleitorais no Amapá Urnas 1.444 Eleitores que compareceram 407.846 (89,56%); Abstenção: 47.522;  Brancos: 6861. Nulos:7.704.
Serviço:
Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing
Elton Tavares
  • Muito triste e envergonhada de ser Amapaense com o resultado desta eleição. Eu não consigo acreditar que o Waldez teve 161.550 votos, que Roberto Góes (Federal) e Marília Góes (estadual) foram eleitos em primeiro lugar, o Moisés sendo reeleito, gente isso é um pesadelo eu que acordar socorroooooo. Essas pessoas fizeram o que fizeram no nosso Estado vão p televisão nos chamam de burros e ainda são eleitos é inacreditável. Amapaenses pelo AMOR DE DEUS VAMOS ACORDAR. A única alegria que tive nesta eleição foi do Gilvan ter perdido ALELUIA.

  • É Maristela! Esse nosso Estado está perdido mesmo. Não tem jeito mesmo. No nosso “estado”, o crime compensa.

  • Vejam só: O candidato ao governo do Estado do Amapá mais votado já foi preso por corrupção; O candidato mais votado a deputado estadual do Estado do Amapá foi presa por corrupção; O candidato mais votado no Amapá para Deputado Federal, foi preso por corrupção. VAMOS DEIXAR DE SER BURRO!

  • É, realmente o povo tem o governo que merece. Essa laia novamente no poder e sugando o cofre público. Tenho vergonha em dizer que nasci neste estado, não é atoa que lá fora somos chamados de ignorantes, indios, e outras chacotas que prefiro não mencionar. Mas sinceramente?! Novo povo é um bando de burro msm, sem noção. Como poder reeleger essa corja após levarem praticamente o estado a falencia? Fomos, somos e seremos novamente chacota nacional…E o nosso estado continuará sendo o pior estado da federação. Só lamento!!

Deixe um comentário para Elder Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *