O que geladeira e perfume tem a ver com a prisão de servidores da CTMac?

Quebra de sigilo telefônico contra presos na operação Guincho revelam que além de dinheiro, servidores da CTMAC recebiam outras trocas para fraudar multas de motoristas.

Em uma das ligações, um servidor pediu uma geladeira recém comprada pelo condutor. Sobre o dinheiro, o termo usado para se referir a ele era a palavra “perfume”.

perfume

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *