O Mutirão pela Banda Larga

Por Randolfe Rodrigues. * Senador da República, historiador, bacharel em Direito e Mestre em Políticas Públicas

 

Nosso querido Estado do Amapá está situado em um dos mais belos e ricos lugares do mundo: Amazônia, linha do equador e foz do grande rio. Entretanto, se esta localização nos proporcionou tanto, por outro lado ocasionou um isolamento natural do nosso Estado apartando-nos do restante do Brasil de interligação rodoviária, de energia elétrica e de telecomunicações.

Este isolamento nos impede de acompanhar e usufruir integralmente das inúmeras possibilidades que a conectividade abre em diversos setores, desde a educação básica à alta tecnologia, passando pelos negócios, entretenimento e gestão. Estamos indo literalmente “devagar” nessa grande onda contemporânea.

O acesso à informação é um Direito Humano fundamental e inalienável, incluído entre os direitos de terceira ou quarta geração, conforme a abordagem, sem o qual nenhuma sociedade prosperará, pois não poderá alcançar o desenvolvimento econômico, social e tecnológico.

Hoje posso afirmar que a solução para este entrave está bem próxima, pois há um mutirão em favor da conexão banda larga no Amapá.

Um consórcio local, composto pela BNO e NTC, concluiu, por sua conta e risco, a interligação via rádio de última geração e já começa a disponibilizar aos seus assinantes conexão de alta qualidade. O feito merece destaque por ser a primeira vez que o Amapá se conecta ao Brasil sem ser via satélite.

O Governo do Estado tem conferido prioridade neste sentido e está atuando em várias frentes, com o Ministério das Comunicações, com nossos vizinhos franceses e com a iniciativa privada para garantir a conexão via cabo ótico.

Nosso mandato, além de apoiar com vigor todas estas iniciativas, articulou a participação da Telebras, que vem se somar a este grande mutirão, em especial com a integração ao Plano Nacional de Banda Larga, barateando a conexão para os amapaenses.

Por tudo isso, temos motivos para estarmos otimistas, pois todos estamos remando na mesma direção. Como dizia Raul Seixas: “Sonho que se sonha junto é realidade!”

  • Estimado Senador..

    Parabenizo a inciativa da BNO-NTC, mas não podemos tirar o crédito das empresas que realmente foram pioneiras nos enlaces para trazer link, o Amapá já está interligado com o Pará fora do satelite, pelos Links da TV-SOM, Prontonet e da Telecom/Jarinet (Laranjal do Jari) portando a BNO-NTC é quarta empresa a chegar com link do Pará, não estou desemerecendo a empresa, mas dando o crédito correto pelas iniciativas, não menosprezo nenhuma e nem outra só porque usam equipamentos diferentes (como tem feito a BNO-NTC) portanto desejo sucesso e melhoria sempre as empresas, pois o trabalho tem sido de grande valia para a implantação da Banda Larga no Amapá. no mais a cada dia tenho mais certeza de que meu voto valeu.

    Grato

    Barros

  • É importante o apoio que o Governo recebe de todos na Implantação de BL no AP.

    Senador Randolfe e João Capiberibe, também a bancada Federal e Estadual serão de grande importancia para a concretização deste Projeto.

    Gostaria de comentar sobre a informação repassada pelo Senador sobre o Consórcio ser o primeiro a trazer conexão fora do satélite a Macapá.

    Essa informação não procede. As empresas TVSOM e PRONTONET já estão em operação há pelo menos 6 meses, sendo o Consórcio BNO/NTC a terceira a chegar com conexão via rádio a Macapá.

    No mais, toda união em torno deste processo é válida.

    • Prezado Everton
      a BNO-NTC é a quarta empresa levando se em consideração que a Telecom/Jarinet chegou no Jari em Dezembro com link via radio conectado a Fibra da ELN em Altamira-PA. e claro estamos falando do Amapá e não Macapá.

  • Realmente Senador, parabenizo a outra empresa, mas a TVSOM já esta operando no mercado amapaense ha mais de 02 anos sem que o escoamento de sua Internet seja por satélite.

  • Senado Randolfe,
    Mesmo longe de meu estado e origem, acompanho os acontecimentos via blogs.Com grata satisfação tenho observado sua atuação parlamentar em prol do desenvolvimeno de de benefícios à população do Amapá. Até então, S.EXCIA tem sido um parlamentar propositivo, atuando de acordo com a democracia e longe de sectarismo. Parabéns senador, que Deus ilumine seu caminho.
    att JOSENILDO MENDES DE SOUSA

  • Caro Randolfe. Conheço vc há tempo suficiente pra saber que tens boa intenção. Tenho certeza que vc fará a diferença. Parabéns pela iniciativa. Nos enche de satisfação ver tua labuta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *