O Caô

O governo do estado, na gestão de Waldez Góes, deixou de pagar quase 70 milhões das consignações que descontava dos servidores e deveria repassar aos credores. Ou seja, se apropriou de recursos que não eram do estado.

Ainda não se sabe onde foi usado todo esse recurso. Sabe-se que parte dele foi usada para ampliar os programas Renda pra Viver Melhor e Amapá Jovem, fáceis de serem usados politicamente, é claro.

Reza a boa gestão, que a administração não deve aumentar seus custos sem a receita equivalente.

O prejuízo aos cofres públicos pela má gestão veio em forma de juros, quando o estado voltou a honrar as obrigaçoes com os credores.

Aproximadamente 6 milhões de reais, somente em juros.

Esse caô está sendo pago por todos nós, contribuintes.

 

    • Sorte a sua de não chorar pela grana que foi tirada dos contribuintes p/bancar os “bacanas”,pq eu tb não choraria se o meu din din não tivesse nessa.Lamento que nossos governantes só olhem p/o própio umbigo,deixando o estado e seu povo na saudade,sem ter à quem recorrer, pq a corrupção fala mais alto neste Brasil.

    • Isso aí meu Amigo, o lema do atual Governo é “Se é pra chorar, agente chora” ou vai dizer que o Waldez não herdou dívidas? Ah, fala sério, esse post parece o programa local do PSB que não tem trabalho p mostrar e ficou mostrado a Operação Mãos Limpas. Sinceramente, tem coisas mais importantes acontecendo, como os 3 meses de salários atrasados dos Professores do Contrato que a Sra. Alcilene não publica uma linha aqui.

    • Ah, e, com certeza, tudo já gestão waldez, né? 8 anos de retrocesso e dilapidação do erário público e tem um monte de caudatário que defende tão obstinadamente, assina embaixo e não admite crítica. E acusa o governo atual que herdou e está pagando essas dívidas.

  • O Rafael Bastos (Rafinha ex-“CQC”) disse em um show humoristico em São Paulo, que foi descoberto o caso de um menino que fuma 25 cigarros no AMAPÁ. ” Eu entendo esse menino, se eu tivesse nascido na Porra do AMAPÁ eu faria o que pudesse para morrer o mais rapido possivel.

    • Pois é amigo, dar crédito a que o Rafinha fala
      é como diz o dito popular, é fazer do ouvido penico. A última merda que o inditoso falou lhe custou a perda do emprego num programa fraco, um processo por ofensas morais e possivelmente uma indenização de R$- 100.000,00.

      • Ótima resposta Ruy.Quem perde tempo assistindo um programinha como o CQC, é tão sem credito quanto o programa,uma m….

  • Minha cara Alcilene, o Camilo tem se apropiado indevidamente do ISS que deveria ser repassado à Prefeitura de Macapá. É tão indebita a apropriação quanto a que ocorreu na gestão do Waldez. Por favor, pare de achar que Camilo é santo, que Claudinha é santa maria e q esse governo é um imaculado copo de leite. Tenho me decepcionado muito com vc. Principalmente por ser servidora do MP.

    • Manda as informações para o blog com os valores que eu publico. Essa informação que publiquei é quente e verdadeira

    • vc deve ser uns desses sanguesugas do governo passado;pessoas como vc q defende politicos corruptos deve fazer parte dessa quadrilha ou simplesmente um bobo da corte q se satifaz por qualquer 20 reais para sacudir bandeira nas eskinas da ruas de macapa.vá estudar para vc crescer mentalmente moralmente

  • Tinha empréstimo consignado e o GEA descontou do meu salario e não repassou para o banco!!!!!
    isso é roubo mesmo
    isso ocorreu em julho de 2010 e entrei com ação contra o banco e contra o estado.

  • CARLA,Eduardo Dantase Alisson e por pessoas como vc que o rafinha fez o devido comentario, acordem foi roubado quase 1 bi do estado e vcs acham que isso é mentira…,

    • IIHH! pirou mano? Me tira dessa,creio que vou ter que desenhar p/vc entender meu comentário.Onde foi que eu disse não acreditar na matéria aqui postada? Procure um oftalmo ou um professor de interpretações de textos.Quanto ao tal Rafinha,pode não ter nascido na porra do Amapá,mas nasceu de “porra rala”,aposto.Não é àtoa que ele fazia parte do elenco do CQC,programinha xinfrim.

  • Outra coisa alisson, vc sabe quanto o estado já repassou de iss para a pmm ? vá no portal, nos 6 primeiros meses ele já repassou o triplo a mais q o priminho dele em 2 anos

  • A verdade é que o Waldez herdou divida sim, mas não pagou nenhuma é só olhar as contas do estado. AMPREV é um exemplo. Agora alguém tem que pagar, se o Gov. Camilo está fazendo isso parabéns pra ele. Mostra responsabilidade, pois alguem tem que pagar essas dividas.

    • Vc entende de informática, mas desconhece economia. Por falta de planejamento e desconhecimento das prioridades o Camilo paga dívidas como a da Amprev (que poderia ser paga em 15 anos) e afunda o estado na maior crise da sua história (dados do IBGE). Enquanto a cidade do Samba ta quase pronta e a AMPREV (que vai ser usada daqui a no mínimo 15 anos) está sendo paga, tem gente morrendo hoje por não ter médicos e medicamentos. Pra se ter um futuro é necessário se garantir o presente. O Camilo tá perdido e deveria pedir pra sair, afinal hoje não se tem dinheiro e muito menos gestão.

      • Quer dizer que é o Camilo que afunda o Estado na sua maior crise de sua história??? kkkkkkkkkkkk…Vcs são muito engraçados!!!Fingem que desconhecem os fatos.Não lembra??? Pergunta pra Policia Federal!!!

      • Meu caro Alencar, você esta certo em seu discurso, claro que o governo erra em muitos pontos, acerta em tantos outros. Mas estou dizendo que dividas precisam ser pagas sim. Ou você nao quer ter segurança da sua aposaentadoria, ou mesmo voce que pagar duas vezes emprestimos consignados. Claro que precisa melhorar muita coisa.

  • Muita falta de compromisso da gestão passada, mas o Judiciário é lerdo demais e sempre chega depois do leite derramado.

    Nada justifica a falta de governabilidade atual, se temos de viver pagando impostos para pagar por atos do passado que independem da nossa “autorização direta” que venha a intervenção Federal e devaste o Amapá.
    O governador Camilo não promove a governabilidade do Estado, porque fazer uma Expofeira, isso é um exemplo de ingestão. A realidade é contraditória nos cofres quando é pra dar governabilidade aos setores básicos da sociedade amapaense?! Eu acho estranho o corte de serviços ao invés de economia de recursos em coisas menos proveitosas para o quadro economico atual do estado.

    Enfim, não olho pro retrovisor, acho que o judiciário deve ser cobrado por ter permitido o erro, assim como o legislativo pela falta de fiscalização.

    Mas o executivo atual é do Camilo, e a governabilidade não deve parar e ficar lamentando, isso é falta de técnica administrativa, é nitido aos olhos de qualquer pessoa. O gerenciamento de crise com elemento técnico-político deve sabe que corte é aceitável sem que obstrua a prioridade de serviços básicos da existência humana. Uma regra adotada desde a segunda Guerra Mundial, a gestão pública do Amapá é uma das mais tacanhas do Brasil. Continuaremos sendo EX-TERRITÓRIO.

    • Caramba! queria falar bonito assim que nem vc e ter esse olho clinico,da situação vexatória do Amapá.É isto Zanjo,o retrovisor é só p/corrigir erros,não para mantê-los ou errar mais,um basta.

      • Amizade?! Não misturo as coisas. Condeno com base técnica, não choro pelo passado quero ver políticas de efeito reparatório. Entendo qualquer explicação vinda da atual gestão desde que venha acompanhada de medidas reparatórias. Saber que houve desvio não é política, isso é informação complementar. A informação de políticas públicas não pode ser condicionada ao ato de condenar publicamente a ingestão do passado. Merecemos saber quais políticas adotadas como reparo e as justificativas. Canso de ler notas vagas que saem das comunicações institucionais e servidores (puxa-sacos) sem a menor coerência, são vagos e a informação vira “fofoquinha”. Ridicularizo.

        • Colega Zanzo, compartilho com suas ideias. Só gostaria de saber até quando vão viver do “saudosismo” de ficar culpando o governo passado, que me parece uma forma de desviar o caos administrativo a qual nos encontramos. Se a denúncia foi feita sobre o governo passado, que a justiça agora busque apurar e sentenciar os culpados. O que precisamos agora é viver um novo contexto e PARA MELHOR… e me parece que ainda estamos bem longe disso..Só com discurso sem fundamento e sem prática consistente

          • Mas nós como cidadãos podemos cada vez mais levantar as questões e multiplicar o raciocínio político da sociedade.
            Um povo só muda pelas próprias posturas, o resto é conformismo e silêncio da ignorância, postura se muda com informação de qualidade. Obrigado por compartilhar da ideia de uma sociedade melhor.
            Os políticos são o reflexo da sociedade, enquanto o povo achar bacana receber o troco a mais na taberna da esquina e se achar esperto, não vamos ter coisa melhor… Tem tanta coisa pequena que pode mudar com políticas públicas educativas, um exemplo é lembrar que conservação de patrimônio público, o pobre coitado que acredita; o sistema que deu, “é do governo mesmo!”.

            Custa explicar pro cara lá da ponte que ele paga por uma lixeira?! Vandalismo é a prova mais visualizada da educação social. Informação Institucional de qualquer Poder é um serviço público devemos cobrar qualidade, eu pago, você paga e todos pagam. Falar que fulano roubou é fácil, não vejo cobrarem do Poder legislativo e Judiciário a ineficiente fiscalização do Executivo. E agora o lema de campanha afunda?! Temos de cobrar uma boa governabilidade, pagamos por ela. Comunicação Institucional faz parte do pacote de serviços! EXISTEM BLOGS, TWITTER, FACEBOOK, VÁRIOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO GRATUITA E IMPRENSA DO SETOR PRIVADO. Compete a esses seguimentos gerar opinião mídiática. Aquí as notas oficiais parecem fofoca, é feio, mostra um cenário ridicularizado. Teatro Mambembe. Respeito todos os servidores e jornalistas, julgo o que leio, o produto final. Eu pago por ele! Alcilene publica no Blog e expressa sua linha do entendimento, isso é Blog, é espaço da expressão do proprietário. Sempre respeito bons profissionais, sempre respeitei as opiniões dela, mesmo discordando muitas vezes. Agora, Comunicação Institucional eu cobro, mesmo. Alcilene, se eu não quiser posso deixar de ler! Institucional é meu dever ler, sou cidadão, quero acompanhar meu dinheiro. Simples.

            Que fique claro, vou continuar lendo Alcilene Tb! Gosto.

            • Gosto de ler seus comentários,vc tem uma visão bem centrada das politicas públicas e sabe se fazer entender de forma bem simplificada.Bom seria se todos os cidadãos e cidadãs do Amapá buscassem este mesmo entendimento de seus direitos enquanto contribuintes,pois pagamos impostos com a finalidade de vê-los retornar em melhorias p/o estado e seus cidadãos.Seria sensato se o povo busca-se junto aos poderes contituidos,saber de que forma o seu dinheiro esta sendo gastado,mas infelismente isto não acontece e pior,depois saem falando abobrinhas por desconhecerem seus direitos e não cobrá-los como devem.A cultura do não saber(ignorar)fazem deste povo(maioria),um amontoado de párias em uma sociedade deficiente,refém dos maus politicos e de um estado que ainda não consegue caminhar com suas própias pernas.As escolhas em eleições, em sua maioria,visam só o própio umbigo,esquecem que são parte de uma nação,estado e municipio, dai a busca errônea por empreguinhos e cargos, que não lhes garante nem a dignidade,se acomodam no simples e vergonhoso “pires na mão”.É triste uma sociedade conformista.

      • Só me cabe um questionamento, estamos cobrando de quem?! Eu cobro do Judiciário e Legislativo, as referidas esferas são as responsáveis. O Executivo é fiscalizado por quem?! Não sejamos tolos, é incompetência, complacência ou morosidade exclusivamente deles.
        O Executivo é outro poder. Ficam com raiva por eu cobrar e defender algumas vezes o Roberto Góes, defendo as políticas e cobro ação, ele é o prefeito em exercício pagamos pelo salário dele e pelos serviços da prefeitura, assim como os do Estado cobro do Camilo. Sei o dever e obrigação de cada esfera, e respeito os limites de cada um deles. Não me permito cair no mar de fofoquinhas e deixar o executivo parado. Roberto trabalhando é o certo, ele está ocupando o cargo, é o prefeito. Camilo não é exemplo e será cobrado da mesma forma.
        Não vivo de politicagem, vivo das políticas públicas.
        Reafirmo, sentimento de EX-TERRITÓRIO é um peso cultural na política local, o desenvolvimento só pode acontecer quando existir cultura independente. O Amapá é uma UF, não pode achar que tudo tem de ser diferente do resto do Brasil. Políticos bons são raridades no Brasil, no Amapá o quadro é feito de muitos pensantes “ex-territorialistas” com ideologia tacanha, barata e sem racionalidade técnica. Político de qualidade sabe obter votos e vantagens pessoais gerando frutos de forma equilibrada pra sociedade. Não sou leviano, política sem conchavos não existe. 100% de verdade é MENTIRA pra qualquer seguimento social. O ser humano mente e sempre mentirá, o problema é falta de coerência e técnica para fazer o balanceamento de atos e objetivos sem ridicularizar a opinião pública. Sempre digo, politiquinho comigo não tem vez!

  • alguem que entra no blog e diz que ainda n apareceu a gestao do camilo, simplesmente so pode viver numa clausura. os 100 milhoes de recursos perdidos que a CAESA já investiu e recuperou que o diga.

  • A defesa apaixonada de algumas pessoas, mesmo diante de tantas evidências, só corrobora o ditado de que o “pior cego é o que não quer ver”.
    Se as evidências não fossem suficientes, os problemas que os Estado vive refletem os desmandos e desvios ocorridos nos últimos anos.
    ACORDA GENTE!!!!

    • Eh amiga. E é esse tipo de gente que, num regime totalitário é capaz de entregar os próprios pais ao carrasco. Parece que, para eles, tudo não passou de um filme. As consequências estão aqui sob o nosso nariz. Bj.

  • WG , o WG, grande pessoa. Nossa que saudade do grande filho que você é! Queria tanto olhar na cara dessa figura!!!!! O que mais falta descobrir desse digno homem?

  • Esse “cidadão” já entrou p/ a história do Amapá como o pior governador que tivemos desde a criação do território. Espero que o povo amapaense e os que moram aqui tenham o minimo de bom senso e nunca mais permitam que este grupo volte ao poder, para o bem das futuras gerações do Amapá.

  • O post é para falar dos consignados que foram desviados para outros lugares, o que é errado, é crime, fere a LRF etc etc etc.
    Podem criticar o Gov. Camilo por outras coisas, mas o post tem um tema e o povo tenta distorcer criticando o governo…
    Cadê o dinheiro????

    • É isso Janaína. Fora que o post foi escrito por mim, não é release nem foi feito em cima de release, mas de informações de fontes do blog, e o alguns tratam como se fosse matéria do GEA. Aff

      • Generalizei o tipo de releases que circulam, sempre conotação política acentuada e grosseira, é uma realidade. Não respeitam a racionalização, impõe lógica. Entendi que o post é de sua propriedade intelectual. Só fiz uma ratificação ideológica do que acredito modelo de comunicação. Exercício de compromisso social, ampliar horizontes. Gente é o reflexo de Gente. “Redundância Social.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *