O Amapá tem um representante na semifinal da copa GUGA de Tênis.

O amapaense Othon Lima está na semifinal da Copa Guga de Tênis que está acontecendo em Floripa.

Para chegar a semifinal, ele já venceu três jogos.

Em julho Othon foi campeão de Dupla no Torneio de Tênis Brasileiro em Brasília e agora faz bonito em Florianópolis.

O garoto, que é filho de Othoni e Vilmar, empresário e ortodentista de Macapá, estuda em uma escola de Tênis no interior de São Paulo.

Vamos torcer!!!!

Othon

  • Importante, exemplar, ver um atleta do Amapá se destacar em nível nacional.
    A propósito, ainda não vi, nem ouvi, nenhum candidato a Governador tratar do tema – políticas públicas para o esporte olímpico e não profissional.
    É comum e vergonhoso assistir e ouvir atletas do Amapá pedindo apoio, na verdade “esmolas”, para representar o Estado em competições nacionais e internacionais. Muitas vezes, o esporte profissional, principalmente, o combalido futebol amapaense, recebe recursos públicos, não para representar o Amapá, mas os próprios clubes e, por tabela, seus patronos, geralmente políticos com representação e influência junto ao Legislativo e ao Executivo.
    Ademais, não vi, nem ouvi, nenhum candidato falar em combater a corrupção, que corrói as relações entre público e privado em nosso Estado.
    Vamos cobrar dos atuais candidatos.
    Eleições 2010, limpas!

  • Parabéns ao jovem amapaense e aos seus pais, que estão investido no filhote.Tenho a certeza de que são os pais que estão patrocinando o jovem.Infelismente a maioria dos jovens atletas amapaenses não tem esta benção(pais que bancam seus filhos),dai o Estado que deveria cuidar da ascenção de seus atletas,simplesmente não o fazem.São estes jovens que podem(ou poderiam)dar um upgrad aos esportes amapaense e ao Estado, tão mal visto lá fora, neste e em outros sentidos

  • Que sirva de exemplos para pais abençoados financeiramente , que ao invés de “investir” nos filhos com farturas de dinheiros e carros para os mesmos curtirem em baladas e drogas, deveriam investir nos filhos nos esportes, principalmente aqueles em que a classe humilde (é onde os pais investem mais nos esportes) nao tem condiçoes de manter.

  • É maravilhoso ver jovens amapaense se destacando no cenário nacional. O tenis é sem dúvida um esporte muito caro. Quem estar bancando este atleta? Posso afirmar sem medo de errar: SÃO SEUS PAIS!!!
    Poderia ser: SEU PAÍS (quanta diferença faz um acento!)…ou talvez, SEU ESTADO!!! mas se depender desta estrutura atual, NUNCA seremos visto como um estado que se preocupa com seus jovens. Vamos mudar! As eleições estão aí. Enquanto isso vamos nos alegrar com este belo exemplo.
    Mas que nada….

  • Eu tenho muito orgulho desse garoto. Não só por ser tio, mas por ter acompanhado desde o primeiro dia em que ele pegou em uma raquete, até o dia em que, com 13 anos e por vontade própria, saiu do conforto de seu lar, da companhia de seus familiares e amigos, pra correr atrás de seu sonho, que, por graça de Deus, está podendo ser bancado pelos seus pais, já que, infelizmente, não temos uma política de incentivo aos jovens talentos aqui do Estado, fazendo com que os mesmos dependam do próprio esforço para alcançar algum resultado, tornando muito dificil o aparecimento destes talentos que venham colocar o nome do nosso Estado no cenário esportivo nacional, como bem ja foi comentado acima. No mais, PARABÉNS OTHON, continue com essa força que vc vai alcançar seus objetivos!!!!!!!!!

  • Adorei ver um amapaense em foco para uma coisa boa, como essa. Pena ele não conseguir alcançar todos seus esforços com recursos de sua própria cidade, tendo que se afastar dos pais. O Amapá têm grandes campeões que precisam ser incentivados aqui mesmo. Ele está de parabéns!

  • É muito legal ter um atleta do nosso estado em destaque nacional, e é ainda melhor quando representa o esporte nós praticamos. Esse garoto pode ter certeza que estamos orgulhosos e reconhecemos os seus esforços para ir além das fronteiras regionais e nacionais para tentar chegar em lugar de evidência no tênis internacional.
    Parabéns aos seus pais Othoni e Vilmar, por acreditar em seu filho e incentivá-lo a correr atrás do seu sonho. Parabéns também ao Alexandre que ensinou as primeiras raquetadas a esse garoto e o incentivou a acreditar no seu jogo.
    Parabéns Othinho, você ainda ocupará um lugar no topo do tênis mundial. A turma do KITESURF está torcendo por ti.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *