Nota da OAB

A ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, SECCIONAL DO ESTADO DO AMAPÁ, vem, por meio deste, comunicar aos advogados (as) e a sociedade amapaense, que tanto o seu auditório, como o seu clube, estão disponíveis para locação, mediante o pagamento do aluguel no valor de R$ 1.000,00 (um mil reais), podendo ser locado por qualquer pessoa jurídica ou física, conforme deliberado pelo Conselho Seccional.

Ressalta-se que a OAB-AP não está vinculada a nenhum partido político e a nenhum candidato, mantendo seu dever institucional de apenas defender e representar as prerrogativas da classe dos advogados e da sociedade em geral, bem como mantendo sua posição de independência e atuação na fiscalização do processo eleitoral, para que este transcorra de acordo com o nosso ordenamento jurídico.

Finalmente, salienta-se que a eventual utilização de imagens da sede da OAB, em virtude da locação do seu auditório, em nenhum momento reflete o seu posicionamento institucional e para evitar utilização dos bens móveis e imóveis da OAB/AP fora dos objetivos institucionais, o conselho deliberou que a partir de hoje (22/10/2010), fica proibida a realização de eventos políticos partidários em qualquer das dependências desta Seccional.

ULISSES TRÄSEL

Presidente

  • Muito tarde essa decisão Dr. Ulisses, a OAB serviu de palco para a campanha do Camilo e só agora no final percebeu a cagada. Menos doutor, menos.
    Enquanto a mulher do Camilo mandar lá, a OAB fica com a imagem arranhada.
    Quem viu a OAB outrora.

  • Confesso que fiquei muito decepcionada com a sua atitude de deixar uma reuniao politica acontecer no auditorio da OAB. Votei em voce pq acreditei no discurso de independencia da instituicao. Me arrependo muito do meu voto. Doravante nao me deixarei mais enganar.

  • É de se lamentar que a presidência da OAB tenha permitido a utilização da sede da insitituição para promover evento político, independente da forma como isso tenha ocorrido (aluguel). Eu que já não acreditava que essa diretoria poderia ter sucesso,agora tenho certeza. Ainda que não se admita isso, houve comprometimento politico da instituição.

  • Igualzinho ao Presidente anterior? Festa de advogados onde o ex-governador e etc, estavam em todas? Decepcao, doutor!

  • Independente de quem usou ou usa o espaço(pago ou não),acredito não ser este o papel da instituição.Cadê as mudanças que a nova gestão prometeu cumprir? O posicinamento de agora já veio com atraso,lamentável.

  • Vou te falar, a Ordem até ontem era como um órgão de controle (fiscalização) dos “trabalhos” de Adévogados, hoje não sei se é um Clube ou uma Associação!
    Peralá né!

  • Esse predio tem de voltar para o POVO, a OAB como qualquer entidade que construa sua sede. Naquele prédio bem poderia ser instalado algo cultural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *