Nos 69 anos do Glicerão, prefeito Clécio Luís apresenta projeto do novo “Gigante da Favela”. Presentão para Macapá

 

Todo dia 15 de janeiro é marcado pelas comemorações de aniversário do Estádio Glicério de Souza Marques. Mas os 69 anos do “Gigante da Favela” teve um “gostinho” especial este ano. Durante a programação, o prefeito Clécio Luís anunciou a reforma e mostrou o projeto do que será o novo estádio.

 

Os jogadores e ex-jogadores que por muito tempo aturam naquele gramado se reuniram para comemorar os 69 anos de existência do local. Fundado em 15 de janeiro de 1950, o “Gigante da Favela”, Glicerão ou “Vovô da Favela”, como é conhecido, faz parte da vida de muitos desportistas amapaenses. E agora ganhará uma cara nova.

 

Clécio explicou que o valor total da obra será de R$ 12 milhões, sendo R$ 10 milhões de emenda parlamentar do senador Davi Alcolumbre e R$ 2 milhões de emenda do ex-deputado federal Evandro Milhomem. “Como todos os anos, eu vim aqui comemorar o aniversário do Estádio Glicério Marques. Lembro que quando assumi a primeira reforma que foi feita na minha gestão foi a do estádio, que estava interditado. Hoje, a novidade é que estamos com o projeto pronto do novo estádio”, disse.

 

“Quero agradecer ao senador Davi, que se sensibilizou com a nossa situação, pois não tínhamos dinheiro para revitalizar o Glicerão, e agora será possível. O projeto será apresentado nesta terça [15 de janeiro] à Caixa Econômica Federal, para posterior licitação. As obras estão previstas para iniciar em setembro deste ano”, completou Clécio Luís. 

 

O projeto contempla uma parede de escalada, uma pista de skate, um campo de futebol society, uma quadra de poliesportiva, piscina, sala de dança, lanchonete e academia. Todos os espaços serão adaptados para pessoas com deficiência. A programação de aniversário do Glicério continua à tarde com as classificatórias do Torneio de Aniversário e a programação encerrará as 18h com o tradicional parabéns e corte do bolo.

 

Adryany Magalhães

Assessora de comunicação/PMM

  • Sugiro ao Prefeito reunir com federações e instituições afins para evitar improvisos e adotar boas práticas de construções esportivas e de lazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *