No próximo time

Colaborador de alta linhagem no governo anterior de Waldez Góes, Alberto Góes não deve ocupar espaços locais, pelo menos no primeiro ano de governo.

Compromissos de trabalho já contratados em outro estado, o impedem nesse momento de presença full time no Amapá.

Mas continua bem influente, sim.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *