Ninguém é de Ninguém

Pessoal do blog.

Fazia muito tempo que não via no Amapá tantos movimentos e novas construções entre as forças políticas para as eleições 2010.

As alianças e coligações viraram um tabuleiro de xadrez e nesse momento ninguém é de ninguém.

E a brincadeira vai começar melhor pra quem souber mexer as pedras com mais habilidade e competência. A harmonia é defunta, e parece que um novo ciclo de reorganização  surge.

Quem for chegado a fazer pajelança política, pode operar e colocar na caixinha de comentários.

Corda

A corda está esticada entre o governador Pedro Paulo e o ex-governador Waldez Góes.

E isso pode dar mais mistureba nas sopas de letrinhas.

  • Esse é um período em que alguns presidentes de partido aproveitam para ganhar uns trocados, outros querem secretarias, uns cargos, e etc, etc e tal!!Hehehehe….Mas na verdade o Jogo tá só começando, porém, o dono da bola é o POVO.

  • Puxa! Tadinhos, eles passam por tantas atribulações nesse momento. E tudo motivado pela vontade incansável de trabalhar por nós, pelo povo. Não é fácil. Eles não querem mais nada. Vamo colaborar, mantendo todos no poder.

  • O que mais me inccomoda nesses sitemas cartorários, é que os políticos ficam decidindo a seu bel prazer quem vai ocupar os cargos públicos de alta relevância, como se estes cargos fossem deles. O povo fica apenas como mero espectador. Isso me faz lembrar o que o velho Inspetor da Polícia Federal,Dr. Renato de Mattos Goulart, de quem eu fui escrivão nos idos de 1973/74,(nesse tempo funcionava como autoridade processante, quem zempre dizia, que em Macapá, as escolhas para ocupação de cargos era feita assim: Queres ser secretário de tal secretaria …. O consultado respondia: quanto é que ganha? Quando o certo seria perguntar o que faaz essa Secretaria, para o indívíduo se medir e ver se estava capacitado para ocupá-lo. Quase 40 anos depois, isso me faez refletir, quando vejo escolha de candidatos para TCE, Quintos Constitucionais, etc. etc.

  • Alcilene, gostaria de pedir-lhe uma informaçao (sei que vc não tem nada com isso, mas…): estive no banco em que eu tenho um emprestimo consignado e fui informado que estou em débito à quatro meses, mas no meu contra-cheque é descontado religiosamente! Vc poderia me dizer o que o MPE pode fazer neste caso? Obrigado…

    • Caro cidadão a turma da HARMONIA(lembra desse movimento amapaense?) inaugurou no Amapá uma nova modalidade de 171, é o CONTRA-CHEQUE SEM FUNDO. É mole? Que MP, vai a delegacia do consumidor e registra queixa contra o Banco, pois parta para o jurídico, demora mais sai é só acreditar e agir.

      • …o MP não deslumbra improbidade relacionado a moralidade…está escrito na CF mas os promotores só entende se há enrriquecimento ilícito, ou seja, como este último é “difícil”verificar sua objetividade, seus pareceres são categóricos: “….ainda não deslumbrei improbidade tendo em vista que a jurisprudência direciona para enrriqueci….”. Fala sério né meu irmão, é brincar com a inteligencia do amapaense…

    • O MP nao faz atendimento individual. É papel da polícia. Mas vc pode ir lá e formular uma denuncia…

      • Alcilene. Somente para ajudar, o fato de descontar do salário do servidor o valor do empréstimo consignado e não pagar já configura apropriação indébita, passível de responsabilização do responsável. Por outro lado, o fato configura improbidade administrativa. O MP deve agir nesse caso, não necessariamente para regularizar a situação do servidor de forma individual como você bem colocou. Mas o fato é que a situação envolve a conduta ímproba do administrador na gestão da coisa pública.

  • sugiro a pessoa que está em débito com o banco , e teve o valor descontado a procurar o Juizado de pequenas causas.

  • Pedro Paulo e Waldez Góes é a única coligação certa,más não para o governo do Estado e sim para servirem de hóspede do IAPEN.

  • Só uma única coisa a Mãe Diná ou nosso querido Pai Salvino jamais errará: que a Família Capiberibe vai levar uma peia muito grande. Com PT ou sem PT, as lambadas serão do mesmo tamanho.

    • Cara,troca de nome pq vc continua não “percebendo nada”.AH! esqueci….HARMONIA é assim mesmo,nunca vê nada,nunca sabe de nada….he he

  • Olha só isso, gente, quando o Gilvam fala sobre alguma obra, sempre cita a parcearia com o governador Waldez. O mesmo não acontece quando é Waldez que reúne com a comunidade. Ele sequer toca no nome do Gilvam. É sempre “eu fiz”.

  • DEU 5% DE AUMENTO PRA TAPAR A BOCA DO FUNCIONALISMO E DEIXAR TODO MUNDO “FELIZ” COM ISSO… QUE COISA GENTE, ACHO QUE VOU PEDIR EXONERAÇÃO DO SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL E FICAR NO MEU EMPREGO QUE ALCANCEI DO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL E SAIR DESSA AGONIA TODA… PELO MENOS NÃO VOU FICAR A MERCÊ DE ME METEREM A MÃO NO MEU CONTRA-CHEQUE COMO TÃO FAZENDO COM OS CASOS DOS CONSIGNADOS E DOS NOSSOS DESCONTOS DE AMPREV QUE TÁ ARROMBADA EM 160 MILHÕES (SÓ NESSE GOVERNO QUE SAIU)…

  • O detalhe é que isto está acontecendo com todos os que tem emprestimos consignados…se vc é funcionario estadual procure e verá que estamos todos sendo ROUBADOS!!!!!!!!!!!

  • O quadro começa a se configurar. Aí, assistiremos a verdadeira política, que é um empurrando no outro!…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.