Nem sinal!

O chefe de Gabinete da Secretaria estadual de Turismo, Sandro Belo, disse ontem no programa Café com Notícia em entrevista à jornalista Ana Girlene, que a falta completa de sinalização turística em Macapá tem explicação.

A Setur, no governo de Waldez Góes, acessou 400 mil reais junto ao Ministério do Turismo para realizar a sinalização turística de Macapá.

O trabalho não foi feito e muito menos, a prestação de contas dos recursos.

  • égua, e nesses dois anos e meio de governo camilo ainda não deu tempo de fazer? pior desculpa impossível Sadro, até porque vc já foi inclusive secretário. Talvez porisso tenha sido rebaixado a chefe de gabinete!

  • Caramba! Vamos respeitar hem? Tudo bem, tudo bem…já sabemos de quase tudo de ruim que foi deixado pela gestão anterior. Mas, o que queremos mesmo saber é: QUANDO IRÃO ASSUMIR AS RESPONSABILIDADES DA GESTÃO ATUAL? Será que vai, dar 3 anos, 4 anos, 8 anos, e sempre que nada for feito é por culpa de outros? Até para colocar sinalização turística? Ah..dá um tempo ….

  • Concordo Mario Santos, é mais uma amostra da incompetência dessa equipe e vamos aguardar que providências o governador vai tomar.

  • Para quem atua na área de turismo, sabe que o sandro é quem carrega nas costas esse setor. Sabe também, que ele está presente desde o governo Capi e que ele representou contra os antigos gestores não só pelo convênio da sinalização, mas como por outros, caso contrário, o rombo deixado seria maior. Parabéns Sandro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *