Mutirão de vacina, toque de recolher e restrição de horários. Veja o que foi pactuado entre governador e os prefeitos no Amapá

 

Na segunda-feira, 16, o governador do Amapá, Waldez Góes, reuniu prefeitos e o Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (Coesp) para avaliar as medidas de proteção à vida e planejar a estratégia de vacinação em massa nos municípios.

No encontro, também foi reforçada a necessidades de organizar mutirões de vacinação no interior.

De acordo com o Coesp, o ritmo de transmissão no Amapá caiu de 0.95 para 0.90 – o menor desde o início da pandemia. Além disso, o estado se mantém com a 2º menor taxa de letalidade do país.
Para o governador Waldez, o momento é de estabilização.

Reunião ocorreu no Palácio do Setentrião, em Macapá.

“Estamos em um estágio de estabilidade. Por isso, vamos focar na vacinação e na estratégia pactuada com os municípios, pois o que temos de resultado hoje é fruto do engajamento de todos”, disse.

Definições

Na reunião, foi definido manter a restrição do horário de funcionamento de empreendimentos até às 23h e do toque de recolher iniciando às 0h, ainda sem liberar o funcionamento livre de bares e boates.

Mais vacinação

Governador, prefeitos e Coesp reforçaram a necessidade de mais mutirões de vacinação em todos os municípios. No último sábado, 14, mais de 10,7 mil pessoas foram imunizadas contra a doença em 12 horas.

Além disso, com o avanço da vacinação no Amapá – que já alcançou mais de 600 mil doses em todos os municípios – a Comissão Intergestores Bipartite (CIB) do Amapá também autorizou a vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos.

O presidente da Associação dos Municípios do Estado do Amapá (Ameap), Carlos Sampaio, prefeito do Amapá, falou sobre a importância do engajamento de todos para manter o controle da pandemia.

“Sabemos das necessidades e dos anseios da população com eventos e atividades esportivas, porém é necessário manter o controle para evitar que a doença avance”, ressaltou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.