Mudança no IEPA

As mudanças políticas para ampliar a base partidária do governador Waldez Góes chegam ao IEPA.
O ex-deputado Jorge Souza, até pouco tempo secretário de Meio Ambiente da prefeitura de Macapá, deve assumir o Instituto de Pesquisa.
Na boa. Penso que o IEPA até pode entrar em negociação política, se assim o dono da caneta entender. Mas ali o gestor deveria ser sempre um pesquisador.

  • Concordo com você, colocar politico em Instituição de pesquisa já se sabe o porquê, também ultimamente os gestores que foram pra lá cada qual poxou a sardinha pra sua brasa, teve um que desenvolveu remédio pra lombriga, pobre de nós amapaenses e nossos filhos que estão estudando aqui . o que esperar de uma instituição de estudos e pesquisa? Cabide de emprego? Fui o idealizador do CERAMITEC para atender o setor Oleiro Cerâmico do Amapá e até hoje não vi um único trabalho desenvolvido por esse Laboratório. Amapá até quando vamos esperar para te desenvolver?

  • Trabalhei por mais de quinze anos com os ceramistas daqui, discutia diariamente com todos tivemos avanços significantes, como por exemplo a fabricação de telhas aqui no Estado, porque vários consultores vieram de outros estados e sempre diziam que a argila daqui prestava tão somente para fabricação de tijolos, hoje tem empresas até exportando telhas para diversos estados, então o problema não era a argila e sim o parque industrial com a introdução de tecnologias. Hoje o problema é a escassez de áreas de extração da matéria prima, não que não tenha, mais sim por falta de políticas publica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *