MP-AP participa de evento “Entre Olhares: Um experimento de conexão humana”, que acontece mundialmente neste sábado, 23

 
O Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Santana, realizará, a partir das 16h deste sábado (23), o encontro “Entre Olhares: Um Experimento de Conexão Humana”. O evento, que acontecerá na Praça Samaúma, no entorno da Procuradoria Geral de Justiça, é uma ação do Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas, coordenado pela promotora de Justiça Sílvia Canela, e objetiva reestabelecer a conexão humana através do olhar.
A iniciativa é aberta ao público e consiste na interação entre estranhos por meio do cruzamento de olhares. O encontro “Entre Olhares” irá acontecer em mais de 73 países, simultaneamente. Será um minuto de contato visual com um estranho, com o intuito de promover uma conexão global. O experimento é uma forma de reaver o modo como o mundo é visto através de uma plataforma de amor humano e conexão com o público. Segundo os organizadores do evento mundial, o encontro é um modo eficaz de comunicação global, sem a necessidade de palavras.
“É preciso aprender mais uma vez a nos relacionarmos uns com os outros. Todos nós sabemos e sentimos o quanto a correria da vida nos desconecta uns dos outros”, destaca a promotora de Justiça Sílvia Canela.
O Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas é um órgão criado com o intuito de disseminar a cultura da paz, buscando isso através da mediação, conciliação e das práticas restaurativas. Dessa maneira, o MP-AP torna-se mais próximo da comunidade, estabelecendo políticas públicas que fornecem proteção para a família, concretizando os direitos humanos e a pacificação social. Além deste encontro, o Núcleo é responsável por diversas atividades com o mesmo objetivo, como, por exemplo, a Mediação Transformativa, Círculos Restaurativos, Constelações Sistêmicas, Oficina da Parentalidade e o Projeto Escola Restaurativa.
Para mais informações sobre o evento “Entre Olhares: Um Experimento de Conexão Humana”, acesse The World’s Biggest Eye Contact Experiment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *