Marabaixo, Mazagão e artistas do Amapá em linda matéria no Estadão

Um elo perdido no Norte do Brasil

Marabaixo, o ritmo que ainda não entrou para o mapa cultural do País, segue mantendo suas tradições e influenciando grandes artistas do Amapá

Se fosse Gabriel García Marquez ou Mia Couto com uma história dessas nas mãos, as palavras estariam em festa. Pois aqui está tudo o que alimenta o sonho dos escritores. A fantasia que se mistura com a verdade acontecida e com a que se esqueceu de acontecer, a prosa infiel que bule com a poesia e a poesia que não precisa de rima. Seus personagens, mesmo sem nome, são legitimados pela história e os cenários sobrevivem mesmo quando o conto ganha a neblina das versões. Só nos cabe então escolher a mais plausível delas para trazer à tona a existência do último elo perdido do Brasil.

DSC_0937.JPG ARQUIVO  30/08/2016 CADERNO2 / CADERNO 2 / CAD2 / CAD 2 / C2 / C 2 - Personagens que se inspiram na cultura do marabaixo, rítmo tradicional do Amapá. CRÉDITO JÚLIO MARIA/ESTADÃO

Leia matéria completa aqui http://alias.estadao.com.br/noticias/geral,um-elo-perdido-no-norte-do-brasil,1895411

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *