Manifesto à Nação: O povo decide

*João Capiberibe – Senador da República

A decisão do Supremo Tribunal Federal de suspender o mandato do deputado federal Eduardo Cunha e afasta-lo da presidência da Câmara, nesta quinta-feira (05),  reafirma a correção da proposta feita em 06 de abril, que só com eleições antecipadas para presidente e vice-presidente seria capaz de permitir ao Brasil retomar com credibilidade política o caminho de uma sociedade tolerante e progressista, econômica e socialmente.

 

Todas as demais alternativas, mesmo dentro do marco constitucional, não serão capazes de reunificar o país, pois qualquer decisão interna colocará no comando os mesmos governantes, e o colegiado que tomará essa decisão, o Congresso Nacional, é o mesmo que escolheu seus dirigentes internos. A necessária legitimidade só será alcançada entregando ao povo o direito de escolher seus dirigentes. Assim construiremos todas as alternativas necessárias para reverter a vulnerabilidade que se encontra o País.

Só as eleições para presidente e vice-presidente poderão barrar a divisão estabelecida na sociedade a partir das posições adotadas pelo governo e pelo Congresso. O caminho é a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição – PEC 20/2016, que defende a antecipação das eleições.

 

Convidamos todas as lideranças nacionais no Congresso para priorizar a pauta da eleição antecipada. E convidamos a sociedade brasileira para mobilizar-se no sentido de levar o povo a decidir o rumo que o Brasil precisa.

 

  • Caso fosse possível, gostaria que o ilustre Senador pudesse fazer uma emenda nessa “PEC”, eleição geral unificada (de vereador a presidente da república inclusive pra senador), assim o gasto com eleição seria apenas um e sem direito a reeleição mandato de cinco anos, sem aposentadoria especial, terminou o mandato volta a trabalhar no serviço público caso seja funcionário, sem a participação das “capitania hereditárias” estes em que os mandatos passando de pai para filho mulher irmão e etc…as famílias não trabalham mais em outro lugar a não ser com mandato, ……. enfim talvez teríamos um país mais produtivo.
    A diminuir de 3 Senadores por estado para 1.
    Enfim o atual Congresso e Senado mais corrupto da história do Brasil.

  • A ideia da eleição geral é perfeita. Para todos os níveis. Seria uma diminuição de custo muito grande para o TSE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *