Mais uma da série Vergonha Alheia

Caladinhos, caladinhos, em uma chuvosa manhã de sábado e longe dos olhos do povo, os deputados estaduais reempossaram Moisés Souza e Edinho Duarte nos cargos de presidente e secretário da Assembleia Legislativa do Amapá.

Os dois estavam afastados pela justiça e respondem a várias denúncias de corrupção feitas pelo Ministério Público.

AL-1-DSC_3749

A Procuradora Ivana Cei disse que o papel do MP-AP foi e está sendo feito, mas não pode interferir na decisão dos deputados. A instituição já recorreu ao pleno do TJAP contra a decisão do desembargador Constantino Brahuna, que julgou pela volta de Edinho e Moisés. E o procurador – Geral da República, Rodrigo Janot, também recorreu da decisão do ministro Lewandowisk, que permitia que os dois voltassem “ se assim os deputados estaduais do Amapá quisessem”.

Foram esses aí da foto que quiseram.

AL-2-DSC_3825

  • Nós merecemos esses “nobres” personagens como nossos representantes. Afinal, eles ocupam essas funções porque nós os elegemos Deputados Estaduais. Alguém tem alguma dúvida de que quase todos eles se reelegerão nas próximas eleições? Portanto, bem feito para nós!

  • Impunidades Públicas geradas por Vossas Excelências descompromissadas pelo desenvolvimento político-social do Estado do Amapá. Lamentável esta situação, sobretudo às pessoas do bem, que buscam sempre incentivar, participar de ações em prol de uma sociedade menos desigual, com acesso à educação, à saúde, ao saneamento básico decente. O que mais me espanta é falta de puder, de decência humana e; a conivência de poderes públicos que são essências ao Estado do Amapá.
    Deve-se respeitar a CF/1988 e a Lei de Improbidade Administrativa, qualquer servidor público (agente político ou agente público). Se cometeu algum ato que caracterize improbidade administrativa, punição obrigatória:
    Perda da Função Púbica;
    Indisponibilidade de bens;
    Ressarcimento ao erário;
    Multa.

  • Que beleza! A fina flor da rapinagem. Agora só acho que está faltando alguém aí nessa galeria. Pensem comigo e ajudem a Alcilene a fazer uma fotomontagem.

  • Pobre Amapá, com essa classe política que só pensa em chegar no poder e se locupletar com os recursos públicos. Tomará que os protestos de junho de 2013, tenham conscientizado o povo amapaense em não votar nesses senhores(as) e deixar longe essas aves de rapina do erário.

  • Quando começam os protestos pra tirar esses gatunos da nossa ALAP, vamos fazer o maior protesto que este estado ja viu, aguardem Excelentissimos a revolução vem aí!!!!!!

  • As fotos me dão nojo, pelo tamanho do cinismo.
    Ainda tenho fé e esperança que estas aves de rapina serão alcançadas pelo Homem da Capa Preta.
    Ademais, poderemos derruba-las em outubro, usando nosso voto como arma letal.

  • Isto é uma vergonha……. Lamentável, como diz o velho ditado “Me diz com quem andas que direi quem tú és”.

  • É como disse o título da matéria ‘mais uma da série vergonha alheia’ acho que não precisa dizer mais nada

  • Essa foto e esse fato retratam bem o momento político do nosso estado, incompetência em todos os setores, em todas as esferas, poderes e representações públicas, corrupção, entre outras coisas. Mas outubro vem aí.

  • Convoco a todos que externaram suas indignações a agirem e evitar que ao menos um quarto desdes “nobres” não se reelejam!!!

  • Dito por um dos que estão nessa “maravilhosa” foto. Não adianta. Se o candidato chegar numa comunidade carente conduzindo um carro popular velho. Esse candidato com certeza não será eleito. Dito isto, esperar o que do nosso povão?

  • Alcilene o bom é que seu site tem esse registro, pq depois vai ter deputado e deputada dizendo que não sabia de nada, ou que era contra a volta deles.
    Uma pensa o povo ainda não ter consciência política.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *