Mais greves

Trabalhadores da Saúde aprovaram em Assembléia Geral indicativo de greve a partir da quinta-feira, respeitando a legislação e garantindo os serviços essenciais.

Dizem que servidores do Iapen, também se organizam para entrar em greve.

Na Educação, governo decide cortar ponto dos grevistas, mas categoria continua parada, com professores de algumas escolas voltando ao trabalho.

Professores da PMM também continuam em greve.

Greve do Sinsepeap: governo divulga nota de esclarecimento

Na negociação do aumento do funcionalismo público, o governo estadual chegou a seguinte proposta: Deu um aumento de 3% para todo o funcionalismo retroativo a data base de abril de 2011. Cortou vários investimentos para propor o pagamento referente à atualização dos valores de progressão e promoções, com um impacto mensal na folha de mais de um milhão duzentos e cinquenta mil reais. E mais, se comprometeu com o pagamento do retroativo dessas vantagens, que somam mais de quinze milhões e seiscentos mil reais e que não vinham sendo pagas pelo governo passado.

Propôs medidas para atualizar e dar agilidade aos processos de vantagens salariais.

Mesmo com livre acesso as informações do Estado, o Sindicato dos Servidores Públicos em Educação no Amapá (Sinsepeap) rejeitou todas as propostas do governo.

Diante do impasse, o governo está sendo obrigado a tomar as seguintes providências:
– Suspender o processo de negociação e retirar a sua proposta;
– Só voltar à negociação com o retorno dos professores às salas de aula;
– O professor que voltar à sala de aula até quarta-feira, 8 de junho, receberá integralmente os dias parados. Quem não voltar terá o ponto cortado desde o início das faltas.
– O governo aguardará a eleição da próxima diretoria do Sinsepeap para retornar as negociações.

Neste cenário de extrema dificuldade financeira, o governo não pode colocar em risco o equilíbrio das contas públicas, nem o pagamento regular de todos os servidores.

Núcleo de Jornalismo Institucional
Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

  • Está certissimo o Governador Camilo Capiberibe.

    Professor no Amapá ganha um dos melhores salários do Brasil e ainda fica fazendo greve.

    Não quer trabalhar então acerta na Mega Sena e aí pode passar a vida toda coçando.

    PARABÉNS Governador, CORTA o ponto mesmo!

    • Comungo da mesma opinião Rodrigo.A greve é um direito de todos,mas a educação tb é.O governo tem que ter pulso firme e tomar decisões acertadas p/o bem de todos.

    • Caro rodrigo não é o professor do Amapá que “ganha um dos melhores salarios…”, sao os professores do Brasil que percebem baíxissimos salários. Nao sei qual sua profissao, mas posso lhe garantir que você só é o que é graças ao trabalho arduo de um professor, que agora, talvez por esquecimento, vc como tantos outros optam por esquecer e em nao apoiar um movimento grevista legitimo, justo e legal. Enquanto existirem pessoas como você, carregando esse pensamento conservador e atrasado sobre a educação esse país nao avança. A melhoria da educação passa necessariamente pela valorizacao do professor; Experimente ministrar um aula de qualidade em uma sala com 50 alunos, sob um calor insuportável, sem material didático adequado e, muitas vezes sem papel sequer para aplicar um prova. É fácil falar e criticar aquilo que nao conhecemos: procure se informar

      • Se depender da maioria dos professores do Amapá nossas crianças não terão um bom futuro pela frente, pois eles colocam seus interesses acima de tudo. Dizem que são péssimas as condições de trabalho, mas não fazem greve pedindo melhoria destas condições, aposto que se fizessem o povo aprovaria, voces entendem que melhorar a educação é so rechear suas contas bancárias.`
        É só passar na frente de uma escola do Estado, cada professor é um carrão.
        Que tal ouvir o povo e saber o que ele pensa sobre essa greve?

        • Caro Sr. Rodrigo Pontes; não me queira mal! Mas me parece desconhecer a realidade que enfrentamos e o quanto lutamos para garantir os direitos que o PSB nos tira covardemente quando fez(por pura maldade)publicar a Lei 1540/13/05/2011. Sempre fui funcionário público concursado. Primeiro como Carteiro(1986-1994) e depois Professor(1995-2011). Sou Professor por opição. Não tenho outro vínculo. Sou fruto da Escola Pública, porém, o que se observa é o fato dessa instituição, especialmente nos níveis fundamental e médio não mais atenderem as espectativas de seus discentes. Sabes por que? A Educação Pública vem há décadas sendo sucateada, até chegarmos a triste realidade presente: Os aguinhoados financeiramente matriculam seus filhos na rede particular(como os filhos do atual governador do Amapá que estudam na Escola Bartolomeia), onde existem regras claras fundamentais para o que se propõe o fazer pedagógico. Por seu turno na Escola Pública qualquer um pode ser diretor(a), não existe apoio aos trabalhos dos agentes(Auxiliares educacionais, Técnicos, Professores) encarregados do processo ensino-aprendizagem. Resultado é o caos que se encontram nossas Escolas. Ocorrem cenários escolares públicos em que o trabalho de um(a) Professor(a) é mais insalubre do que o de um Agente Penitenciário. De cada cem alunos que se matriculam na quinta série, apenas dois terminam a Graduação em tempo ábil. No passado estudávamos na Escala; passávamos a lição em casa; fazíamos conjugações verbais; estudávamos a Tabuada; atuávamos no grupo de escoteiros; Igrejas; Teatro e Poesia; Tinhámos que lê: Jorge Amado; Graciliano Ramos; Monteiro Lobato etc… Naquela época de fato atuávamos como estudantes, hoje meu preclaro Sr. temos um mar de alunos sem milites nem regras, que nos fazem refém: De suas famílias; do MP; dos Conselheiros Tutelares; das Resoluções e Portarias que fazem a cada ano centenas de milhares de analfabetos funcionais no Amapá/Brasil. Para encerrar um detalhe: Quando Carteiro nunca respondi qualquer infração, pois sabia de minhas tarefas diárias e às executava. Como Professor me assusta ter que aprovar um aluno(porque é assim que funciona a mando do sistema) na oitava série que não tem mensurações cognitivas(aqui me refiro ao domínio de habilidades e competências do trato educacional)para tanto. Por fim só pediria respeito e deixar claro “só sabe a dor e a delícia de ser o que é” quem vivi, opera, respira a realidade em questão, qualquer opinhião exógena…..

          • Gente, esse problema está no País inteiro.Sou de BH e aqui passamos por tudo isso, inclusive dizem que faltam professores, pq será heim? Sou formado em FÍSICA e este ano quase fiquei desempregado, os engenheiros atuam em nossa área como bico e a educação vira essa barbaridade. Se souberem de uma vaguinha ai na minha área estou disposto, aqui tem mto ENGENHEIRO pagando de professor. O salário não é mto bom mas acredito que a previdencia e “pouco” que eles recebem na nossaaaaaaa área completa a renda deles. Mas se tentarmos exercer a profissão deles seremos barrados, e ai?

        • É no mínimo curioso essa opinião. Você acha que o professor por ser um profissional graduado, licenciado legalmente como qualquer classe deve se sujeitar a aceitar as imposições caladinho e sorrir para as dificuldades do dia-a-dia da sala de aula, achar ridiculamente que somos responsáveis pela péssima qualidade da educação, enquanto deputados, governadores aumentam seus salários abusivamente; o corte de verbas destinadas à educação feita pelos governos ao longo do tempo; escolas depreciadas, turma lotadas; e vem você dizer que nós não temos compromissos. Você é a Alice no país da maravilha. Acorda!

        • E isso mesmo Rodrigo, existe uma diferenca muito grande entre professor e educador, e no caso desta greve tem caráter político por traz, haja vista que vários “professores” tiveram que voltar para sala de aula.

        • Rodrigo acredito que pior que morar num país de 3º mundo, e ter a mente de 3ºde mundo. Sinceramente vc só pode ter um cérebro de ervilha. Gente quer dizer que na tua concepção pra se valorizar o professor ele precisa ter um salário de miséria, precisa tá passando fome? Hei acorda!!!Qual o problema do professor ter um carrão???Não se estuda pra isso? É a primeira vez que encontro uma pessoa que estuda pra andar pra traz. Ou é puro preconceito? Professores continuem na luta não deixem o governador mandar pelo ralo seus direitos conquistado, e parabéns pela forma ordeira de manifestação e pela firmeza tbém, enquanto de uma maneira suja(como lhe é peculiar) o governo tenta desqualificar a classe.

        • Acho que esse Rodrigo Pontes não tem nem emprego, pois chego a desconfiar que ele nem estudou. Será que não vive em Marte???

          • Quanta raiva vejo quando um professor responde a um comentário, chamam as pessoas de analfabeto, não estudou, cerebro de ervilha, desempregado, de ridiculo. Acredito que os professores devem ter uma remuneração melhor, só não concordo que para chegar a tal objetivo, sacrifiquem o direito dos outros.

            • CONCORDO PLENAMENTE COM VC , SO QUE FOI O CAMILINHO QUE ACABOU TIRANDO OS NOSSOS DIREITOS . COMO FAZ ENTÃO?
              ACABOU COM A LEI QUE A ASS. LEGISLATIVA APROVOU A NOSDSA DATA BASE SERÁ QUE NÃO É ELE QUE ESTA SACRIFICANDO OS NOSSOS DIREITOS DE FUNCIONARIOS PUBLICOS , POIS A LEI ERA DOS FUNCIONARIOS E NÃO DA CLASSE DE PROFESSOR.

    • Quem aceita ser nivelado por baixo, será nivelado por baixo. E você Rodrigo que talvez esteja acostumado a receber migalhas, acham que nós professores recebemos bem. Se você fizer um esforço verá que a sua condição de vida pode ser mudada pra melhor quando descobrir que seu conformismo não valeu pra nada. Se liga.

  • Governar não é brincadeira Camilo! ta vendo como bater era mais fácil? Agora segura o rojão, vc mesmo não cansava de dizer que “dinheiro tem, falta gestão”. Ou agora falta também gestão ou vc não sabia o que falava!!!

  • Conformismo. Algumas pessoas se conformam com a política neoliberal implantada em todo governo nacional. Amapá é um estado pequeno e proviciano, há pessoas que simplesmente ignoram a inflação galopante que corroe o salário de todos, e tão pouco vejo pessoas reclamarem do aumento abusivo dos combustiveis, dos produtos do supermercado, aumento dos salários dos deputados etc. O custo de vida no Amapá é extremamente elevado, essa história de dizer que somos o estado que paga melhor seus servidores é pura idiotice de gente que está acostumada a ficar pelos corredores reclamando sem fazer nada. A greve de professores é justa porque exije o reajuste considerando o indice da inflação. Aqueles que escrevem sobre o ponto a ser cortado, não tem visão de sociedade e muito menos de democracia. Estão acostumados a viverem de migalhas achando que os outros é que ganham bem, ainda mais quando se referem a professores. Tratam professores como se fossem irresponsáveis. E falam asneiras do tipo “por que vocês não fizeram greve quando houve o rombo de 200 mi?”. Ora, o problema da corrupção é um problema de todos, e é preciso ser combatido com rigor. Vir dizer que esta greve é ilegitima e porque somos o “mais bem pago do país”, é está acostumado a ser nivelado por baixo. Acordem!

  • Valei-nos meu São José!
    O Amapá está dentro de uma roubada, saem os leões e assumem os tigres. O que fazer?
    Nossa meus amigos, será que a história das estórias estão por se repetir. Confusão, atrás de confusão. O Governador Camilo, precisa entender que nosso povo está cansado de sofrer. Não dá mais, para perdermos o que com bastante sacrifício demoramos para conquistar. Será que o fato do Governador ter ido estudar fora do do País, tem feito ele perder o juízo. E a Secretaria de Educação, que mundo ela vive? quem ela pensa que é? Pois se esquece que estava a disposição da Conselheira Raquel Capiberibe do TCE. `Pergunta-se, quando ela (a secretária) estava a disposição do TCE, ela recebia salário pago pela SEED (GEA)? Caso afirmativo, que tal ela devolver o dinheiro recebido de forma injusta, pois não estava no exercício da função, para os Cofres Públicos.
    E a humilhação vividas pelos Contratos Administrativos, pessoas que buscam ter uma oportunidade para se sustentarem, foram obrigadas a ficarem até 01 hora da manha, e muitos tendo a noticia de que não poderiam assinar seu respectivo contrato.
    Na saúde, a história é a mesma, pessoas experientes sendo dispensadas, para que os Cabos eleitorais passem a terem oportunidades. E o MP, onde está? Por que o fiscal da lei não atua?
    Nossa cultura esta UTI, na SECULT o que se percebe é a falta de respeito para com as coisas de nossa terra.
    Ah! Meu São José, Minha Santíssima Trindade,São Joaquim do Criaú, São Benedito, Nossa Senhora do Rosário, Nossa Senhora de Aparecida, Divino Espírito Santo intercedam por nós junto ao altíssimo, para que o AMAPÁ possa ser mais justo com seus filhos.

  • O governo está correto em cortar os pontos desses grevistas. Essas pessoas só pensam em aumento salárial. Na verdade não se importam com população mais carente, que sofre as consequências da paralização.

  • Aonde teve negociação?, vcs acham se tivesse tido negociação eu não já estaria em minha sala de aula?. O que houve foi imposição, eles são tão cara de pau (oh gente sem a menor habilidade pra negociar) que eles decidem tudo e saem correndo para os meios de comunicação dizendo que esta tudo certo mais uma forma de pressionar.
    Esse governo truculento pode mandar cortar ponto, devolver professores,implantar o terror através de diretores, humilhar os mais de 9 mil servidores na mesa de negociação, jogar a população contra a classe, passar abiu em muitos comunicadores, desqualificar o movimento enfim que não vamos nos acovardar.
    Sabe quantas vezes o próprio governador já sentou com a categoria pra conversar???Nenhuma,só manda os seus incompetentes secretários que só faz atrapalhada atrás de atrapalhada.
    Gente eu fico olhando pra traz e relembro a campanha do 40, como uma pessoa conseguiu mentir tão bem? , fez tudo ao contrário do que prometeu,como pode sua máscara cair em 6 meses de governo?
    Parabéns aos educadores que não se prostram diante das represálias do governo. Vamos continuar Firmes!!!

    • Não vi td essa revolta quando o secretario de educação do governo passado estava saqueando os cofres publicos, desviando verba federal das escolas, prejudicando principalmente nossas crianças que estudavam em condições sub humanas. Onde tava o sindicato?????????? Pq os professores não foram pra rua exigir a exoneração do então secretario?? Tds merecem aumento sim, mas sejamos coerentes, mts professores só pensam no dinheiro e nem ligam pra qualidade na educação, q diga-se é pessima.

      • Você nos desqualifica com seu discusso como se nós fóssemos os responsáveis pela roubalheira do dinheiro público. Sua visão é mais de patrulhamento. A corrupção é um problema de todos e deve ser combatida. E você? O que fez? Nada. simplesmente nada. O pior das pobrezas é a pobreza intelectual. Alem de não fazer nada para mudar as coisas, como conservador e bom serviçal você procura menosprezar aquilo que pode ser bom para todos. Como não aceito as imposições, eu luto. Quanto a você, continue com sua vidinha de sempre. bye, bye.

  • Por que tem gente que acredita que ser professor é uma opção vocacional? É um profissional. Ser Padre é uma opção vocacional, mas tem toda uma estrutura que gera qualidade de vida. E O PROFESSOR NÃO PODE? Estudamos, nos qualificamos e não há reconhecimento. Um exemplo é a proposta indecente do governo em pagar as promoções dos profissonais da educação (que é um direito) em 30 MESES.

  • Vocês que fazem parte dessa massa,
    Que passa nos projetos, do futuro
    É duro tanto ter que caminhar
    E dar muito mais, do que receber.
    E ter que demonstrar sua coragem
    A margem do que possa aparecer.
    E ver que toda essa engrenagem
    Já sente a ferrugem, lhe comer.
    Lá fora faz um tempo confortável
    A vigilância cuida do normal
    Os automóveis ouvem a notícia
    Os homens a publicam no jornal
    E correm através da madrugada
    A única velhice que chegou
    Demoram-se na beira da estrada
    E passam a contar o que sobrou.
    O povo, foge da ignorância
    Apesar de viver tão perto dela
    E sonham com melhores, tempos idos
    Contemplam essa vida, numa cela
    Esperam nova possibilidade
    De verem esse mundo, se acabar
    A arca de Noé, o dirigível
    Não voam, nem se pode flutuar,
    Não voam nem se pode flutuar,
    Não voam nem se pode flutuar.
    Eh, ôô, vida de gado
    Povo marcado e,
    Povo infeliz
    Eh, ôô, vida de gado
    Povo marcado e,
    Povo infeliz

  • O direito à greve, é inquestionável, o aumento infímo, lamentável, mas usar o movimento paredista como plataforma eleitoral em uma eleição de um sindicato, que foi atrelado ao DESGOÉSVERNO, não é boa prática. Se nãioo chegarem a um acordo, cabe a Justiça do Trabalho, decidir. Os alunos é que não podem pagar o pato…

  • Este Estado, assim como o Brasil, só irá mudar quando houver valorização da educação. Não se curvem aos desmandos de um governo desgovernado. O professor é o profissional mais importante de um país decente. Parabéns professores.

  • na minha opinião, os professores primeiramente deveriam arrumar a própria casa(realizar sua eleição e escolher um representante para a classe) e depois partir para as negociações com o governo. Do jeito que está não demonstram unidade.

  • Só o salário da base tá achatado, o problema mesmo é da famigerada divisão social do trabalho, porque um magistrado, membro do MP ou secretário de estado ganha mais de 10mil e um professor, um policial ou um técnico de laboratório não chega a um terço disso? Beleza, há a questão do mérito, compensação por tempo de estudo e outras lorotas, como se só algumas categorias trabalhassem e assumissem outros encargos sociais? Tai o tipo de privilégio com que os governantes deveriam atentar.

  • Esse é o governo da mudança! Vai entrar pra história desse infeliz Estado como o primeiro a desconsiderar um ato legítimo – que é a greve – segundo a justiça do trabalho e cortar o ponto dos servidores. Parabéns Camilo assim vc supera até seu pai, que governou o estado por dois mandatos e nunca fez essa barbaridade. bom começo! PS. Aos desavisados de plantão fiquem sabendo que a maior luta do SINSEPEAP hj diz respeito a revogação da lei que acaba com nossa database, ou seja, um direito que foi rasgado pelo governo do Estado.

  • Eu tenho 36 anos de vida funcional na educação…e é inacreditável ler de um cidadão (Rodrigo Ponte) palavras q talvez nem ele saiba o q significa p um profissional q trabalha c/diversas cabecinhas…:umas bem educadas de berço…outras educadas por imposição…e umas q foram p/esquentar a cadeira da carteira da escola. Qd um profissional da educação se dispõe a grevar é pq ele está buscando direitos JÁ ADQUIRIDOS POR LEI…e q esta LEI os gestores ñ querem cumprir…e qualidades na educação ,Sr.Rodrigo …tem verbas específicas…O sr.ñ sabe ?…O sr.tem q ser mais politizado…mais antenado…mais social…me entendeu ,ou quer q eu desenhe ?…Inclusive os pais eram…falei… ERAM p/estarem apoiando os professores . Os q criticam devem então pagar o q o governo,tanto estadual qt municipal devem aos q labutam diariamente c/os filhos deles…e muitos desses pais na maioria ñ aparecem nem na escola p/saber do comportamento dos filhos…Os professores q voltaram p/sala de aula,eram aqls q ganhavam regencia de classe sem trabalhar c/alunos…vc acha justo ? Ñ sei a idade desse Sr.Rodrigo…mas ele TEM q VOLTAR A ESCOLA…pq até os nossos pais q aprenderam qt era 2 + 2…ñ sabiam ler mas ninguem os enganavam…ñ são tão “cerebro de ervilha ” como escreveu a Andrea. Será q vc Rodrigo é um ASSESSOR puxa saco q ñ quer perder o cargo…vc estudou p/ser isso a vd td ? Eu votei no Camilo…acompanho a trajetória dos Capiberibes…mas nem por isso tiro o direitos já adquiridos dos professores…lei é lei…sou do municipio…sabe pq ainda ñ me aposentei ? …pq o prefeito me deve …e MUITO :progressão e promoção funcional…lei de quintos…nível superior…e outros…Vc acha q DEVO FICAR QUIETA ?…VC TRABALHA ,Rodrigo ?..Se trabalha…me diga : se mecherem no TEU dinheiro…tu VAI FICAR QUIETO ?…CORTAR ponto é BURRICE ou FALTA de conhecimento dos direitos numa luta sindical…se descontar o professor ñ paga as horas…e a carga horária…hem ?…A secretária de educação acha q todo mundo é BURRO !…e ela era militante…agora tem CARGO…! Tem q obedecer o patrão se ñ perde o dinheirão…! Dizer q a greve é Ilegitima…ha,ha.ha…parece piada. O Sinsepeap tem estrutura e base p direcionar qq luta trabalhista…e dizewr q SÓ VAI NEGOCIAR DEPOIS DA ELEIÇÃO…isso é outra BURRICE…isso é MANOBRA p desmobilizar o movimento …SÓ q estamos vacinados contra essas BABOSEIRAS…Ñ COLA mais…eles tem q mudar a PRÁTICA…!..O professor hoje é muito mais consciente do q anos atrás…Tu ñ percebestes ainda sr Rodrigo ? Se vc ñ trabalha deve ter um BOM NEGOCIO, ñ é ? Pq eu trabalho e ñ tenho UMA CONTA BANCÁRIA POLPUDA …viu seu FUNCIONÁRIO ESTADUAL…o sr deveria se identificar…seria mais HONESTO da sua parte…O sr. ñ pensa em SALÁRIO ? PQ ? O q o sr. FAZ ? NADA ? Q pena…Vc deve ser casado e vive as custas da mulher…ou deve ainda viver as custas da mamãe…ou ainda ,as custas de alguem q vc AMA ? Pra terminar eu aconselho…sem cobrar…os senhores Rodrigo e o Funcionário público a ESTUDAREM bastante a TABUADA…assistirem a TV SENADO…TV CÂMARA…escutar a VOZ DO BRASIL…e a TV CULTURA…assim eles terão mais CONTEÚDOS POLITIZADOS, CONSCIENTES e INTELIGENTES.

  • O problema do brasileiro e muito comum no Amapá é infelizmente a falta de pessoas com capacidade de pensar, pois quando não pensa não entende e como agir se não sabe que ação tomar. Ao longo dos tempos a classe dominante tem planejado e aos poucos vem executando um plano que pretende não acabar com a educação, mas deixá-la sem função, vai existir porém os alunos passarão pelas escolas mas não aprenderão; nessa época não existirá vestibular e as faculdades terão acesso livre e muitas serão construídas, mas não servirá, pois o diferencial entre o homem e a besta é a capacidade de pensar. Tire essa capacidade de alguém e este se torna um zumbi, mas na estratégia da elite se construirá uma bela geração zumbiana no entanto, bem trabalhada que o senso comum não perceberá que humanos deixaram de existir pois parecerão tão perfeitos. E infelizmente uma parte dessa ideologia já está acontecendo, quando os professores tem que aprovar alunos que não deveriam, e assim vão passando pelas escolas… Entre outros pontos que já foram implantados. Mas a grande jogada ainda está para acontecer e aos poucos vai ser efetivada o que está atrapalhando são infelizmente os PROFESSORES, eles bons ou ruins são quem convida as pessoas a pensarem e ensinam o caminho do raciocínio, isso incomoda os governos representantes diretos da elite dominante e uma parte do povo que também não gosta do ato de pensar, devido a fadiga que justamente o sistema os impõe. Lembrem-se quanto menos pessoas pensando melhor para os governos. Pois é bem melhor enganar um cego do que alguém que acha que enxerga. É bem melhor para uns não saí da caverna e contemplar o mundo real pelas sombras e sobras que a elite nos mostra. Pobres professores reconheço as suas lutas e também sei das mais profundezas diabruras que os senhores prefeito e governador procurarão fazer para atender e ressarcir os altos investimentos que os grandes burgueses despejaram em suas campanhas para enganar os poucos que ainda pensam. Porém, não desistam tudo que o proletariado conseguiu foi com lutas, lembrem-se do iluminismo, das revoluções, a inglesa e a mais charmosa a meu ver a revolução francesa (LIBERTE, EGALITE, FRATERNITE OU LA MORT) Avante guardiões do conhecimento ou o inimigo vai tirá o que conseguiram por lei e será dado para os amigos e financiadores de campanhas. Lutem!

  • O governador Camilo está correto em cortar o ponto desses grevistas. Quem trabalha tem direito a receber, mas quem não cumpre o seu dever não possui esse direito.

    • OS PROFESSORES ESTÃO CORRETOS EM GREVAR. SOU PAI DE DOIS FILHOS QUE ESTUDAM EM ESCOLA PÚBLICA E SEI QUE ELES ESTÃO LUTANDO POR UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE. FORÇA PROFESSORES!!!! O BRASIL PRECISA DE HERÓIS COMO ELES. SÃO 8 ESTADOS QUE SE ENCONTRAM EM GREVE NA EDUCAÇÃO!!

    • Caro servidor o nosso governador tá com “uma faca de dois legumes” se ele corta o ponto, assim os professores não são obrigados a cumprir os 200 dias letivos e o calendário escolar de 2011 fica inválido. No final quem vai ministrar essas aulas? Detalhe, até hoje a greve não foi declarada ilegal. Aliás, gostaria de saber se o governador é irresponsável para desobedecer a justiça!

  • EU CONCORDO COM JOÃO ALMEIDA OS PROFESSORES ESTÃO LUTANDO PARA MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO. SOU PAI E TENHO ORGULHO DOS MEUS PROFESSORES DE ANTIGAMENTE. É ISSO AÍ PROFESSOR!!!!

  • Os Professores estão ganhando muito bem para a qualidade das aulas que eles proporcionam aos alunos. Muitos fazem o serviço público um bico e a escola particular emprego.

    • ESSE AMAPAENSE É SEMPRE A MESMA PESSOA QUE ESCREVE PARA DESQUALIFICAR OS PROFESSORES. CURIOSAMENTE ESSAS MENSAGENS CURTAS E MALDOSAS ESTÃO SEMPRE NO TOPO DESTE BLOG. OLHA LÁ, HEM?

    • Você só deve conhecer péssimos professores, pois ofendo-me com suas palavras. Passe um dia em uma escola, tentando dá o melhor de si para que os alunos aprendam, sem material adequado para fazer um trabalho criativo, o que preciso tirar do meu bolso. Convido você a passar um período de aula em uma escola pública e verás as dificuldades de ser professror e verás que o que ganhamos é pouco, por isso precisamos ter mais de um emprego. Se não conhece a realidade de um professor é melhor ficar calado e não falar asneiras.

  • ALCILENE, EU NÃO ESCREVI COMO RESPOSTA A ESTE “AMAPAENSE”. TENHO NOTADO QUE VOCÊ TEM COLOCADO SEMPRE AS MESMAS RESPOSTAS OFENSIVAS CONTRA PROFESSORES NO TOPO. FRASES CURTAS E OFENSIVAS. OU EU ESTOU ENGANADO? TODA VEZ QUANDO EU ABRO SEMPRE TEM UMA MENSAGEM COMO ESSA, OU ESTOU ENGANADO?

    • Meu amigo..O sistema coloca os comentários na ordem que chegam..mesmo sendo dona do blog, o sistema manda mais do que eu…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *