Macapá 258 anos: Praça da Bandeira passa por obras de revitalização

Pracadabandeira

Como parte das atividades de comemoração dos 258 anos de Macapá, que acontecerá no dia 4 de fevereiro, a prefeitura trabalha na revitalização de um importante logradouro público da cidade, a Praça da Bandeira, que foi inaugurada em 31 de março de 1977, data que celebrava o Golpe Militar no Brasil.

 

Há anos a praça não passava por reforma. Com a estrutura já desgastada, devido à ação do tempo e de vândalos, o espaço passa hoje por diversos reparos, com obras de recuperação de sua estrutura e ambientação artística, grafias regionais e a produção de esculturas feitas por artistas locais (criadas a partir dos troncos de árvores, retiradas do local devido à infestação por pragas).

 

A Praça da Bandeira recebe serviços de pintura, recuperação dos coretos e o recapeamento dos bancos em madeira de lei para aliviar a sensação térmica. O gramado está sendo totalmente recomposto e a arborização do espaço ganha novas mudas de plantas. Também está sendo revitalizada a parada de ônibus e feita a construção de três novas rampas de acesso para facilitar a locomoção das pessoas com deficiência.

 

O palanque principal passa por reparos e ganha uma nova pintura com as cores da bandeira do município e algumas intervenções artísticas com grafias Maracá e Cunani, além da recolocação dos mastros, que receberão de volta as bandeiras do Brasil, do Amapá, de Macapá, dos demais municípios do estado e a Olímpica, em alusão aos Jogos Olímpicos de 2016.

 

De acordo com o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Jansen Rafael da Silva, a proposta dessa revitalização é recuperar este importante logradouro público, além de proporcionar a beleza estética da praça. “Tenho certeza que, a partir desse trabalho que está sendo feito, a população amapaense voltará a frequentar essa praça belíssima, no centro da cidade, que até pouco tempo tinha um diagnóstico seríssimo da presença de vândalos, problema que também está sendo resolvido com a intensificação do trabalho da Guarda Municipal. Essa é a nossa proposta, recuperar e revitalizar o espaço para resgatar o civismo e deixar a praça ainda mais bonita”.

 

 

Asscom PMM

  • Essa revitalização era necessária e chega em boa hora, vez que a praça estava se transformando num antro de venda e consumo de droga

  • agora vai fazer jus ao nome, tomara que tenha vigilância para que esse povo que não ama este rincão, não possa destruir esse trabalho tão bonito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *