Macapá 254 anos

Prefeitura de Macapá lança CD em homenagem a cidade

A Prefeitura de Macapá lança no dia 4 de fevereiro, durante show no Mercado Central, com início às 19h, o CD “Macapá, Feliz Cidade – 254 anos”. São doze músicas de amor a cidade de Macapá, compostas e interpretadas pelos maiores nomes da música popular amapaense.

Dentre os artistas convidados estão Patrícia Bastos, Ana Martel, Juliele, Cleverson Baia, Bebeto Nandes, Manoel Cordeiro, Osmar Junior, Miquéias Reis, Nivito Guedes, dentre outros.

Todos os artistas que participaram do CD estarão no show de aniversário da cidade, que ocorre no Mercado Central, mas que terá prévias em pelo menos cinco pontos da cidade: Praia da Fazendinha, Rua Claudomiro de Moraes próximo a Feira Maluca, Marabaixo I e Entrada da Rodovia do Curiaú.

A Prefeitura mandou prensar dez mil cópias, que serão distribuídas ao longo de fevereiro. (PMM-Comunicação)

GEA e Confraria Tucuju promoverão um grande show para os 254 anos de Macapá
A vasta programação cultural preparada pela Confraria Tucuju para encerrar as comemorações do aniversário de Macapá iniciará às 14h deste sábado, 4. Vários artistas foram convidados. A declaração de amor a Macapá será manifestada por meio de música, poesia e dança.
Abrirão o show musical no palco que será armado no Largo dos Inocentes grandes nomes da música regional como Sabatião, Ana Martel, Finéias Nellutyn e a revelação da música amapaense, a cantora Brenda Melo.
Representando nossa história e folclore chega o momento da apresentação do Grupo Pilão, Grupo Raimundo Ladislau e, na sequência, a Banda Afro-Brasil/AP e a Cia de Dança Afro Baraká.
A programação da festa de 254 anos de Macapá será encerrada às 20h, com a apresentação do Grupo Sambarte, que na ocasião acompanhará todos os intérpretes dos Sambas de Enredo do Carnaval Amapaense de 2012.
Acontecerá também o lançamento do 3º volume da Coletânea de Crônicas do “Projeto Sumaúma, Poetas, Contistas e Cronistas do Meio do Mundo”.
Simultaneamente às apresentações dos artistas, a Confraria, com a cooperação dos funcionários da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, fará a distribuição de mil mudas de plantas ornamentais, uma iniciativa para despertar a consciência ambiental.
Ascom Confraria Tucuju

  • Homenagem a as origens da Macapá cidade Joia da Amazônia.
    Numa manhã de segunda feira de 25 de setembro de 1995, passava pela Beira-Rio que estava sendo construída com seus quiosques e observei que esses mesmos quiosques eram construídos sem nenhum respeito a cultura amazônica. Aquilo me incomodou. Naquele mesmo dia em uma da salas de aula da UNIFAP comecei a escrever uma singela poesia protesto que não nominei , que relatou meu sentimento.
    Macapá, não te vejo como antes
    Tuas ruas não são largas como dantes
    Tuas praças tão bonitas não são as mesmas de outrora
    Se tivesse te zelado, teus postais iam pra fora
    Mas, fostes abandona por esses incompetentes
    Que em época de eleições pintam teus escombros pra alegrar a gente
    Fostes tanto abandonada não por culpa do teu povo
    Morando aqui e sofrendo não faria de ti um estorvo.
    Embora em terra de índio não respeito as tuas malocas,
    Mesmo sabendo Shikarito as ignora
    Mas, as caixas que aqui fizeram
    Nunca vão substituir: o cipó, a juçara e a folha do açaí.
    Mesmo desprezada ainda não penso em sair
    Na esperança de um dia ser governada pelo povo daqui.
    Feliz Aniversário Macapaba, Macapá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *