Juiz João Matos determina prisão preventiva de motorista da BMW que causou acidente fatal

O juiz João Matos determinou a homologação da prisão preventiva de Dawson Rocha na noite deste domingo, 17. Ele poderá seguir para o Iapen ainda na noite hoje.


Relembre o caso:

Um grave acidente envolvendo dois carros matou na madrugada deste sábado, 16, Neide Aragão  de 37 anos e Mickel Pinheiro de 42 anos que morreram no local. O acidente ocorreu na Avenida Padre Júlio com a Rua Paraná no centro, em frente a Aerc.

Dawson da Rocha Ferreira, 39 anos condutor do outro veículo envolvido no acidente e o passageiro Artemio Nunes dia Santos, de 26, foram socorridos e levados ao Hospital de Emergência, onde passam bem. Foram encontradas garrafas de bebidas no carro, mas não foi possível realizar o etilômetro porque o condutor apresentava sinais de hemorragia. O Detran verificou no sistema e descobriu que Dawson não era habilitado. O veículo foi apresentado ao Ciosp do Pacoval como objeto do crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *