Jornalista que denunciou corrupção na AFAP é condenado

Está no blog Notícias Daqui

O jornalista Domiciano Gomes, que ficou conhecido por ser autor da matéria publicada no Jornal Folha do Amapá sobre um escândalo de corrupção que envolvia o diretor da Agência de Fomento do Amapá (AFAP), Edmar Lourinho, foi condenado pela justiça do Amapá a pagar R$ 120 mil ao Governador Waldez Góes. A matéria baseava-se em denúncia feita por Izane Ribeiro, amante de Lourinho. Acusado de desviar R$ 1,2 milhões, o ex-diretor da AFAP  nunca teve que devolver aos cofres públicos o dinheiro desaparecido, destinado ao fomento da economia popular. O governador entrou com uma ação contra o jornalista por supostos crimes de calunia e difamação. Domiciano está tendo seu salário arrestado para pagamento da dívida ao governador Waldez Góes.

Nota do Repiquete:  Como dizia Chico Buarque: Chame o ladrão! Chame o ladrão!

  • Esse é o nosso Governador: tão generoso com a “imprensa da harmonia” e tão carrasco com quem quer apenas fazer jornalismo.

    • A “imprensa harmonica” não pública nada que contrarie seus donos,ou seja,não pública as verdades,dai não serem processados.E VIVA A DEMOCRACIA,O PODER,A IMPRENSA LIVRE(????),A CORRUPÇÃO e …….he he,este é o nosso Brasil.

    • Parabéns ao jornalista Domiciano,cumpriu o seu papel e ponto.Nosso país tb tem heróis que foram duramente punidos,p/cumprirem seu papel na história,e são lembrados e reverenciados p/seus atos heróicos.Lamentável que “outros”,prefiram escrever suas histórias de outras formas não memoráveis.É a lei do livre árbitreo.

  • Não é perseguidor? o próprio patrão do domiciano, Carlos Lobato, vive repetindo que nosso governador é um democrata, conciliador, aguenta as pancadas calado, nunca processou ninguém.

  • e as eleições estão chegando,o pior é que o povo ainda reelege e elege os que ai estão para ser um dos representante do nosso estado no senado, e pior ainda, estamos sem políticos com credibilidade para qual quer cargo eletivo.primeiro vem os intereses pessoais depois interesses do partido, por ultimo o interesse coletivo.É incrível como pessoas que passam em concurssos públicos,acham que devem favor ao governo que o fez. Lembram do interece pessoal la em cima? então oque vocês acham dos contratos administrativos,será que não da pra perceber que o governo só faz concurssos como esses agora por interesses políticos ou não deu pra perceber que estar chegando as eleições.Lembram do concursso de 2005 da seed,estava no fim do primeiro mandato deste mesmo governo, ai veio o tal concursso, conseguiram a reeleição, e até hoje nem todos os classificados foram empossados.Que não escuta cuidado escuta coitado.

    • Tens razão, concursados são concursados e ponto.Ninguém deve favor à ninguém,pois se estuda p/passar,ser classificado e depois esperar a boa vontade p/ ser convidado à entrar,pq nem sempre são chamados de imediato,e quando são.Muitos tem até que entrar na justiça p/ter este direito respeitado,PASMEM.Os CONTRATOS ADMINISTRATIVOS (apadrinhamentos politicos),ultrapassam em muito os concursos.CONCURSOS PÚBLICOS não é “presentinho de governos”,é OBRIGAÇÃO em fazê-los.TIK!

  • E os verdadeiros “Ladrões de dinheiro público”, continuam aí esbanjando, esnobando, ostentando, etc…” Até quando? Será que ninguém escapa do circuíto da bandidagem instalado em nosso querido Amapá pela quadrilha dos Góes.

  • Como perguntar não ofende….Gostaria de saber do jornalista Domiciano, qual foi o apoio que ele recebeu da família Capiberibe para se defender no processo, já que ele escreveu para o jornal deles a denúncia.
    Gostaria de saber qual advogado foi destacado pela família Capiberibe para a defesa, se ele teve apoio moral, psicológico, político….
    Lamentar que a primeira pessoa a comemorar a condenação do jornalista tenha sido extamente a Luciana Capiberibe a pessoa que “comandava” o jornal Folha do Amápá na época em que a linha editorial era enxovalhar as famílias amapaenses. Politicamente deve ser bom para eles. Vão ter argumentos contra seus inimigos de plantão. Nada mais do que isso. O Jornalista? Ah! Já deu seu caldo. Como uma laranja que virou o bagaço seu destino é o esquecimento na lata do lixo.
    Minha solidariedade ao jornalista Domiciano. E na minha solidariedade um conselho: Não aceite os R$ 500 reais. Nem mesmo que fosse no seu leito de morte. Dignidade não se vende.

  • Inversão de valores.Corrupto absolvido e denunciante condenado.Não é a toa que o poder judiciário é o mais desacreditados dos poderes.

  • Estado falido, milhões para os apadrinhados( contrato administrativo) e fraudes e mais fraudes por parte de seus “assessores” no Desgóesverno. Voces queriam que “ELE” tirasse caixa de campanha de onde??
    A notícia é verdadeira, o jornalista cumpriu o seu papel repassou para a sociedade, mas como a justiça esta ae favorecendo os ” apadrinhados do El Bigodon”, dos 120 paus dividido 20 chega na caixa…

    Tenho fé no supremo arquiteto do mundo que isso tudo vai acabar, ah vai!!!

  • O problema no Brasil é que lei foi feita para os poderosos, os donos do poder. O crime de difamação, como definido no Código Penal Brasileiro, pune a intenção de difamar, de vilipendiar a honra alheia. Assim não importa ser o que o jornalista publicou é verdade ou não. A intenção, o dolo de difamar é que constitui o crime. Interessante… ser punido por publicar a verdade… Esse é o nosso triste pais e suas exdrúxulas leis….

  • O juiz tem a prerrogativa de condenar ou absolver.após analisar as peças do processo. Quanto o arresto de salário, é abuso de poder, que nem durante o governo militar aconteceu.

  • Não cabe recurso? Será que o advogado perdeu prazos, o que houve no decorrer do processo? Quando vai sair a nota de repúdio e de solidariedade do Sinjor? Nenhum jornalista ouviu ou pelo menos tentou ouvir o governador sobre isso, de preferência numa entrevista transmitida ao vivo? No mais, uma boa pauta para o Observatório da Imprensa e o Comunique-se.
    E agora, minha dúvida mais cruel: do que devo chamar um gestor público que rouba recurso público? agora, sim, me deu medo!

  • Aqui no Amapá é tudo contrário,temos um monte de traficantes de luxo souto e os consumidores presos.É uma pena e um alerta para os jornalistas de verdade.Quem trouxe essa moda para o Amapá,foi o maranhense ídolo do Waldez.

  • Não gostaria de emitir a minha opinião, mas ao analisar melhor, esse Domiciano não é o mesmo que faz parceria com o radialista Carlos Lobato naquele programa matinal de rádio?? O Carlos Lobato não é aquele que defende veementemente o Waldez Góes, dizendo que o cara é um estadista, é um homem probo, um homem dígno do cargo que ocupa?? Não sei a forma como o Domiciano divulgou a notícia à época do ocorrido, se direcionou a mesma para o gestor maior Waldez Góes chamando-o de alguma coisa, o fato é q o próprio Waldez demitiu o senhor Lourinho a bem do serviço público, justamente por conta dos desvios na AFAP, e que ao que consta havia gente da família do próprio governador envolvida no escândalo, portanto não seria o governador co responsável pela ação fraldulenta do seu subordinado, que diga-se de passagem foi nomeado por ele, governador. Me perdoem, mas por aqui acontecem algumas coisas absurdas que me envergonham de ser amapaense.

  • A justiça condenou o jornalista que denunciou e os criminosos que roubaram o dinheiro do povo estão aí a solta e gastando nosso dinheiro….
    É brincadeira o que acontece no Amapá.
    Aqui é a terra da IMPUNIDADE, onde o crime compensa !!

  • Gente é melhor não chamar o ladrão… Sabe como é tanta gente poderia atender que não daria em nenhuma cela( alias é por isso que tem tantos soltos , devido a super lotação do IAPEM).Ia ser um tal de chega pra lá, arreda aí. Tira a mão dai que esse é meu, enfim… Não sou crédula em muitas coisas por isso espero que o povo continue quebrando a cabeça e um dia ( se demorar muito não vai restar mais nada) acorde deste pesadelo e reaja.Quem será o redentor? Não faço idéia e confesso que ja nem empunho bandeiras( tds são comprometidos comsigo mesmo e o povo que se dane), mas continuo tentando manter a minha ética, denunciando o que vejo de errado e pedindo sempre a ajuda de todos que possam falar pelo povo mudo pela mordaça das bolsas e programas assistencialistas… Fazer o quê? Em terra de cego quem tem um olho é rei.

  • Pingback: Fique por dentro Corrupção » Blog Archive » Jornalista que denunciou corrupção na AFAP é condenado « Repiquete …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *