• ISSO É VERDADE, EU SOU FUNCIONÁRIO EFETIVO DO ESTADO E ME CHAMARAM PRA IR NO PV DIZENDO QUE ME DARIAM CARGO SÓ SE EU PAGA-SE 5% DE CONTRIBUIÇÃO PARTIDÁRIA(CLARO QUE EU ACEITEI) E TODO MÊS TEM GENTE DO PV AQUI NOS COBRANDO, TODO MÊS NÃO, TRABALHA GENTE DO PV NA SEMA PRA FICAR NOS VIGIANDO,MULHER DO DEPUTADO ZEZÉ QUE TRABALHA NA SEMA, SOBRINHA DO ZEZÉ FILHA DO GRILO, PRIMOS, SOBRINHOS, AFILHADOS, CUNHADOS, É O QUE MAIS TEM DENTRO DA SEMA, NEPOTISMO GERAL, ALÔ GOVERNADOR VAMOS TIRAR O PV DA SEMA PQ ELES ESTÃO CONSTRANGENDO FUNCIONÁRIOS EFETIVOS A MANDO DO DEPUTADO ZEZÉ, EU SEI DISSO PQ EU FUI NA REUNIÃO DO PV. E AINDA TEM MAIS O PESSOAL DO PV FICAM FAZENDO REUNIÕES PARTIDÁRIAS DENTRO DA SEMA

  • eu que sou funcionário efetivo da sema também pago essa contribuição partidária obrigatoriamente, e estou estremamente chateado com o Governador que não sei se esta sabendo, esta cheio de parentes e pessoas de confiança do partido verde intimidando os funcionários efetivos do estado.eu já entrei com uma ação no ministerio publico e peço encarecidamente pro governador tirar o pessoal do partido verde da sema.parentes do deputado zezé nunes como a sua esposa valda, a filha do grilo dilcilene videira sobrinha do zezé e muitos mais trabalham na sema NEPOTISMO GERAL

    • Dilcilene é competente para tal gargo, é administradora e mestre. Nesse caso não conta como nepotismo!

    • Ninguém é obrigado a ficar no cargo. Peça para sair. Vivemos num país livre. Tenho certeza que vc acha que merece o cargo que está por competÊncia. Pode ser que vc seja competente, mas vc so está ocupando esse cargo porque politicamente alguem confiou isso a vc.

  • Eu que sou funcinária concursado do estado aqui na SEMA assumi uma coordenadoria, e pra minha surpresa o Deputado Zezé Nunes me intimou a pagar 10% do valor do cargo que eles me passaram, eu recebo como concursada 3 mil reai e mais um cargo de CDS-3 no valor de R$2.900,00,desses eu pago uma porcentagem de 10% falta de sacanagem do PV, se quizerem confirmar pergunte a todos os coordenadores da SEMA que talves não vão confirmar.São Eles: ALMEIDA JUNIOR – CPNA, GILVANO-CGUC,CLAUDIA FUNI-CGTI e Dilcilene-CEIA, e ainda cobram dos CDS-2,CDS-2 e de todos os CDI, cargo aqui na SEMA quem são os donos são o povo do PV a mando do DEPUTADO ZEZÉ NUNES E DO VEREADOR GRILO

    • CRUZES! tá errado a cobrança,mas + errado é quem aceita pagar,entreguem os cargos,simples assim e denunciem as cobranças indevidas.Tem gente reclamando,mas tá aceitando por causa do cargo,ah! fala sério.

      • Entreguem todos e rápido amigos, que tem centenas, incluindo a Carla que está muito interessada em pegar.kkkkk!!

  • Quanta hipocrisia. Todos sabíamos que o Paulo Figueira ia fazer M…, mas agora acho injusto girar a metralhadora só pra ele tentando desviar o foco dos maiores problemas do Governo. Aliás, essa mesma denúncia deveria ser colocada em caixa alta contra o PSB, que mantém a mesma prática (todo mundo sabe), mas que ninguém fala. Estão fritando o pobre do Paulo Figueira ( que realmente até o governador sabia que não ia dar certo), mas estão esquecendo áreas cruciais do Governo, que estão inviabilizando o desenvolvimento do estado. Tudo isso com a conivência da mídia (em geral), com as excessões óbivias dos Borges, do DA LUA e da Gazeta. FALA SÉRIO!

  • E caro leitor, como você acha que e mantida as campanhas milionarias que cada partido politico gasta nas eleições. Sem duvida, cada pessoas que excerce cargo de confiança deveria saber que quando “uma mão lava a outra, as outras duas que sobram repartem o lucro”.

  • Meus prezados e verdadeiros trabalhadores humilhados e violentados por “chefes” ineptos,isso, verdadeiramente chama-se ASSÉDIO MORAL. Se você tem um chefete que provoca a degradação do ambiente de trabalho, o SINDSEP-AP dispõe de advogados para orientá-los, visando esse absurdo. Vamos à luta!

    ,

  • Eu também sou funcionário, não sou filiado a nenhum partido, eu queria entender como a agora chefe de Gabinete Otizete, que fala de nepotismo mas tem o marido e filha com cargo no governo atual, foi colocada pelo governador Camilo, vive dizendo aqui na SEMA que ninguém a tira porque é indicado pelo partido e pelo próprio Governador, eu acho que o governador não sabe dos desmandos que ele tem fazendo ao lado do secretário Paulo Fiqueira, fazem documentos fora do horário de serviço, cria diárias para seus agregados, Kennedy, William, Gisele, Marcio, todo mês são mais de 10 diárias, sem viagem, e sobre a contribuição partidária, eu já tive cargo há 9 anos e paguei assim como todos devem pagar para manter os partidos, quem não quer pagar não precisa assumir cargo. Espero que o Governador exonere essa senhora que diz que ninguém tira ela de lá, juntamente com a quadrilha do Paulo Fiqueira, que estão travando e atrapalhando todas as ações da secretaria, sou funcionário há 18 anos, quero trabalhar e exijo respeito por parte da dona Otizete, que se acha a última fruta do pomar.

  • O que acontece hj na Secretaria Estadual de Meus Apadrinhados-SEMA nada mais é do que a continuidade de um modelo de gestão harmônico e muito lucrativo, fundamentado na evasão de divisas com a finalidade de fortalecer partidos e lideranças politicas extramentes úteis no projeto de manutenção do poder executivo, esta relação promíscua entre Executivo e Legislaivo costuma garantir 8 anos de governo e a sucessão de outro governador, provavelmente oriundo de nossa “Nobre Casa de Leis”(3 dos 5 candidatos a governo eram deputados estaduais). O Partido do PAGA ou VAZA-PV é apenas mais um, dentre muitos, a cobrar o aluguel de cargos no executivo, afinal, nem só de canto vive o GRILO!!!

    • A SEMA é um órgão público cujo gestor não é o deputado zezé. Não há portanto, que se falar em nepotismo, pois nepotismo é a nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante. Quem é a autoridade nomeante no caso??? É o deputado zezé? Claro que não, logo não é nepotismo. vamo ler!!!!!

      • Assim como vc eles (os gestores) tem consciência do importante conceito de nepotismo, não por acaso criaram o nepotismo cruzado, onde gestores de poderes diferentes recebem cargos e benesses nos poderes alheios, fato onde se enquadra o caso PV/SEMA ou estou errado e é apenas o GEA e AL trabalhando juntos por um Amapá melhor? Vera temos q ler, mas não apenas o q nos interessa!

  • Como o próprio nome diz é “contribuição”. Veja, quem é religioso contribui para sua fé, seja lá qual for. Dá quanto quer e quando quer. Ninguém pode processá-lo por não contribuir. Ninguém é obrigado a filiar-se ou permanecer filiado a partido nenhum. Se um cidadão saiu do ostracismo e da obscuridade e foi convidado a exercer um cargo de confiança, a escolha de aceitar ou não é da pessoa. Contribuir para um partido é legítimo, assim como é legítimo contribuir para seu sindicato, associação, igreja, etc. Isso não é crime, pois é contribuição. Se você não quer contribuir diga, não quero contribuir, peça para ser exonerado. Ninguém vai te condenar por isso.

    • Vera, mas não ético cobrar contrubuição partidária de alguém que não é filiado ao partido. O cargo é público, não é do partido. Os filiados podem pagar contribuição partidária independente de estarem exercendo cargos ou não.

      • É isso aí, Alcilene! O cargo é público, e não para servir de curral de partidos politicos, que fazem politicagem nos órgãos, e não politica, pensando que os servidores são um bando de palhaços. Mais respeito com os servidores públicos! Chega de parasitas nos órgãos públicos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *