Inicia hoje o III Congresso do Ministério Público

Nomes conceituados na área jurídica e do comportamento humano confirmaram presença no III Congresso do Ministério Público do Amapá (MP-AP), que acontece de 12 à 14 de novembro. Este ano o tema “Construindo um Ministério Público Mais Forte” vai debater com membros, servidores, profissionais e acadêmicos, assuntos atuais e polêmicos, voltados para a atuação dos Ministérios Públicos no país e o reflexo na sociedade. No primeiro dia, após abertura solene e pronunciamentos, o procurador de Justiça do MP de São Paulo, Edilson Mongenot Bonfim, explora o tema “A Voz das Ruas e a Atuação do MP Criminal”.

No segundo dia de evento, 13, serão debatidos dois temas de interesse geral. O promotor de Justiça, Gianpaolo Paggio Smanio, autor de oito livros na área jurídica, ministra a palestra “O Sistema Brasileiro Anticorrupção”. Na sequência, o promotor de Justiça, Everton Luiz Zanella, profere a palestra “Sistema Prisional, Facções Criminosas e a Atuação do Ministério Público”. Ele atua no Grupo de Atuação Especial de Combate ao crime Organizado do MP/SP (GAECO), que faz no mapeamento do PCC, e discute o tempo de condenação no Brasil.

Ainda no dia 13 será apresentado o painel do Conselho Nacional dos Ministérios Públicos (CNMP), com o tema “ O Papel do CNMP e os Desafios do Ministério Público Brasileiro”. Os conselheiros da instituição, Esdras Dantas de Souza e Alexandre Berzosa Saliba, junto com a procuradora-geral de Justiça do Amapá, Ivana Cei, são os responsáveis pelo debate.

No último dia, o Congresso promove três palestras, que chamam atenção pelo contexto atual e são de interesse de profissionais e acadêmicos. O promotor de Justiça de São Paulo, Luiz Henrique Cardoso Dal Poz, debate o tema “Caso Roger Abdelmassih: Aspectos práticos da Investigação, Instrução e Prisão”. O promotor fez parte do processo que condenou o médico acusado de diversos crimes. E o analista financeiro e perito judicial, Leônidas Correia das Neves, traz para o debate o tema de seu livro, “O Poder do Crime no Brasil”, escrito com base na administração petista na presidência da República.

O III Congresso encerra com a participação da médica psiquiatra, Ana Beatriz Barbosa Silva, autora do livro “Mentes Perigosas, o Psicopata Mora ao Lado”, que aborda a psicopatia e analisa casos de grande repercussão, como Eloá e Nardoni. A especialista é referência no tratamento de transtornos mentais e realiza palestras, presta consultoria em todo o país sobre comportamento humano, é presença constante em programas de grande audiência sobre o assunto e consultora para a criação de personagens com problemas psiquiátricos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *