Infidelidades

Presidente do Diretório Municipal do PT, Joel Banha, chamou reunião da executiva municipal nessa segunda-feira, para debater a decisão do procurador da Fazenda, Evandro Gama, que é filiado ao PT, de não apoiar Cristina Almeida(PSB) e que, divulgou carta aberta informando seu apoio ao candidato  Clécio Luis(PSOL) para a prefeitura de Macapá. Joel queria tratar da infidelidade partidária de Evandro, mas foi aconselhado a deixar “pra lá”, já que, tem candidatos do seu próprio grupo político que estão fazendo campanha casada com a do prefeito Roberto Góes(PDT).

  • HA! em politica a balança pesa p/o lado que oferecer mais vantagens e se o tal ai tá visualizando mais a volta da harmonia,melhor estar junto.Não existe politico fiel e nem sério,existe interesses própios acima de tudo,fato.Preservar o interesse e a mamata destes e dos que estão com eles é a melhor receita p/o bolo não solar.

  • Excelente posicionamento político de Evandro Gama. Suas palavras foram as mais sábias que eu já ouvi aqui no Amapá. Apresentou dados claros e convincentes de que a história do nosso Estado sempre foi marcada por corrupção e que essa bipolaridade política entre PSB e PDT, nos últimos anos, não trouxeram benefícios expressivos ao povo, deixando a população a mercê dessa política nefasta e corrupta. Desejo que o povo diga não a perpetuação dos que já estão no poder! Desejo que o povo vote consciente. Desejo que o povo vote para mudar. Senso comum não leva o indivíduo a evolução.

  • Evandro Gama, me parece uma pessoa séria que defende suas convicções. e esta certo não faz jogo duplo.
    Como dizia o saudoso escritor e jornalista:Nelson Rodrigues – “Unanimidade é sempre burra”porque tem preguiça até de pensar…Evandro pensou e escolheu, ao meu ver uma otima escolha.

Deixe um comentário para Luan Ricardo M. R. Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *