Importante atuação do MP-AP contra a lavagem de dinheiro

 

Por articulação do Procurador-Geral de Justiça do Amapá, Roberto Álvares, o Ministério da Justiça e o Conselho Nacional de Procuradores-Gerais dos Ministérios Públicos dos Estados e da União (CNPG) assinaram um Termo de Cooperação Técnica (TCT) para integrar os MPs brasileiros à Rede Nacional de Laboratórios de Tecnologia Contra Lavagem de Dinheiro (Rede LAB-LD).

“Estamos reafirmando nossa luta incansável no combate à corrupção e lavagem de dinheiro em nosso Estado, e agora em outras unidades da Federação. Articulamos essa parceria do CNPG com o Ministério da Justiça para buscarmos os resultados almejados de redução dos crimes contra a sociedade e por um país melhor”, diz Roberto Álvares.

labPGJ Roberto Àlvares, com Leonardo Terra, coordenador Nacional do Lab-D e o promotor Flávio Cavalcante, coordenador local.

 

Rede LAB

O Ministério Público do Amapá foi um dos primeiros no Brasil a implantar um laboratório contra à lavagem de dinheiro – Lab-D, em uma parceria com o Ministério da Justiça.

O Laboratório do MP-AP foi inaugurado em 7 de fevereiro de 2014, passando a integrar a Rede Nacional de Laboratórios de Tecnologia Contra a Lavagem de Dinheiro. Os laboratórios utilizam tecnologia de ponta e auxiliam em investigações de operações financeiras suspeitas, além de criar buscas refinadas em grandes volumes de dados e cruzar informações de diferentes bases.

PGJ Roberto Àlvares, com Leonardo Terra, coordenador Nacional do Lab-D e o promotor Flávio Cavalcante, coordenador local.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *