Impessoalidade. Princípio da Administração Pública

Waldez Góes se queima com os militares nos seus primeiros dias fora do governo.

A Assembléia Legislativa aprovou ontem, projetos enviados pelo ex-governador, relacionados à Polícia Militar e ao Corpo de Bombeiros, como o Estatuto dos Militares.

Mas…o aumento salarial que estava negociado com o Governo, e a equiparação com militares federais, não foram enviados no projeto.

O mesmo governo enviou à AL aumento para os delegados de polícia, que todo mundo tá careca de saber, foi a categoria funcional que mais recebeu aumento no governo de Waldez Góes, e todo mundo sabe por quê.

O aumento dos delegados não foi votado pelos deputados. Que aprovaram aumento aos funcionários da Polícia Técnica, uma antiga batalha daqueles servidores com o governo.

Em tempo, informo que não estou legislando em causa própria em relação ao aumento dos militares. Meu marido é militar do quadro federal.

  • Tem razão dos delegados de polícia receberem tratamento especial, diferente das outras categorias no Governo WG, a Marília Góes pertence a essa classe.

  • Bela recompensa pelos serviços prestados em especial à esses ex-governador.Só uma pequena sugesta aos militares ludibriados,que tal dar o “troco” nas próximas eleições.

  • Os delegados de policia queriam mais vantagens e aumentos?? Vão catar piolho com luva de box seus sugadores, enquanto isso os pobres dos agentes de policia vão ficar chupando dedo?? Mas isso é bem feito quando a classe não é unida, durante o desgoverno Waldez, muitos agentes se acomodaram com carguinhos, mimos, puxa-saquismo e não engrossavam a luta da categoria, agora estão chorando o leite derramado…

    • Vc tá dizendo a mais pura VERDADE.É isto,agora é só ir chorar na cama que é um lugar quente…..rsrsrs

  • Então é por isso que a Policia Civil está essa bagunça toda. Fui até a delegacia da criança no domingo e não tinha um delegado no plantão. Fui no Ciosp do Pacoval que tb n tinha delegado.
    OBS: Aquele ciosp passou mesmo por reforma? de quê?

  • E os demais funcionáios tomaram no “copo”… nehum centavo…e ainda terá zé mané com adesivos desse picareta!!!

  • Só p/sac…..,o EX-GOV. e a EX-PRI virão disputando vaga no senado e p/dep. Federal ou Estadual,sei lá.Só sei que vão precisar dos votos de vcs militares.VOTEM NELES e levem “ferro” por mais algumas décadas.Passar “apertos” na vida p/causa de carguinhos é bom,né não?rs

  • Princípios de Administração: Impessoalidade,Moralidade,Publicidade,Ética.Tudo isso o Bando não fez.Agora parece que o PP,não vai fazer também.

  • Me parece que a primeirae única dama tinha uma Policia Privada a sua disposição.Alguins policiais ligados a ela,são os mesmo que foram para as pontes comprar votos para o Roberto Cassado 6 Vezes,uma outra turma andava cercando os adversários em carros alugas pelo governo e pagos com dinheiro dos nossos impostos.BEM FEITO.

  • ENQUANTO ISSO …

    AÇÃO ORDINÁRIA DE COBRANÇA C/C DANOS MATERIAIS E MORAIS
    Autora: MARIA TEREZA RENO GONÇALVES
    Réu: ESTADO DO AMAPÁ
    Ação Ordinária de Indenização por danos morais
    Data:29/03/2010
    Magistrado: PAULO CESAR DO VALE MADEIRA
    Considerando que o Estado do Amapá, até mesmo em Ações cobrando valores irrisórios, sempre contesta e vai até às últimas conseqüências para não pagar, como são emblemáticas as demandas envolvendo professores, tenho por inusitada a presente omissão, pois envolve um valor de quase três milhões de reais. Desse modo, entendo que há interesse público evidenciado pela natureza da lide, por se tratar de vultosa quantia a ser suportada, caso a Autora vença, pela Fazenda Pública, razão pela qual determino o encaminhamento ao Ministério Público, nos termos do Art.82, III, do CPC. Sem prejuízo, comunique-se ao Senhor Governador do Estado sobre a omissão do Procurador-Corregedor, Francisco das Chagas Ferreira Feijó, que foi citado pessoalmente (fls.262) e não apresentou contestação, o que é, no mínimo, estranho, dada a vultosa quantia cobrada (três milhões de reais), sobretudo levando em conta a prática do Estado de sempre contestar, não havendo, portanto, razão para dar tratamento privilegiado em razão da situação social ou política do demandante.
    Por fim, verifico que as custas, por decisão do ilustre Juiz Substituto, foram recolhidas em valor mínimo (R$ 141,50), por acolher o Magistrado o argumento de que a Autora “é uma servidora pública cobrando salários atrasados”. Apesar de ser verdadeira essa afirmação, temos que, de forma pública e notória, portando sem necessidade de provas, sabemos que a Autora é bem sucedida proprietária de uma Clínica Médica de alto conceito no Estado, não estando, assim, em princípio, impossibilitada de suportar as custas do processo. Desse modo, revogo o despacho às fls.260 e determino o recolhimento da diferença das custas, sob pena de cancelamento da distribuição. Intime-se.

    • Como alguém dizia: “Agora querem raspar o fundo do tacho”. O Juiz tem é que mandar prender esse procurador, que com certeza está agindo de má fé. Deus nos salve da sanha de tanto corrupto no poder…

  • Os métodos da corrupção estão cada vez mais aperfeiçoados no amapá, principalmente para beneficiar pessoas ligadas a harmonia corrupta que faliou o estado do amapá.Tem que abrir procedimentos administrativos e mandar servidor público pra rua.

  • Sempre leio o blog ,e informo q oGoverno não enviou projeto nenhum de aumento para Delegados ,o projeto seria apenas de inclusão da categoria na carreira jurídica junto com os procuradores do Estado ,porém não chegou a ser enviado a Assembléia.Se quiser confirmar é só ir até a PROG ,pois este blog é respeitado e não fica bem informar o que não ocorreu .Deveria ter a preocupação de verificar as informações.

    • Obrigada Maria. Mas vc está enganada, O Governo enviou o projeto, sim e os deputados tiraram de pauta. E veja. Eu nao sou contra os salários e nem aumento para os delegados. Sou a favor. Sou contra é somente uma categoria ser beneficiada. Penso que todos: delegados, professores, PMs, Bombeiros, médicos, enfermeiros, engenheiros, economistas e todos os técnicos que sao contratados através de concurso público, tem sua importancia, na sua área de atuaçao. Nao podemos tratar a administraçao pública como de fosse a nossa casa e beneficiar só as categorias dos nossos parentes. Isso é crime inclusive, sabias?

      • quem esta enganada é vc pois os Delegados fizeram vigília no paácio por não concordar com a redação do projeto que só beneficiava os procuradores ,e de lá o projeto não saiu.precisa informar-se melhor.

        • Vc que precisa. Pergunte ao delegado Paulo Cezar ou ao procurador Nelson. ou a qualquer deputado, se o projeto não foi.

  • E~u não preciso perguntar nem ao Delegado Paulo Cézar nem ao Procurador Geral, pois eu estava lá junto do Paulo que além de ser meu chefe é amigo pessoal ,se vc quiser até agendo um horário para que vc fale com ele ,e ai sim informe a verdade.

    • Ok. Façamos o seguinte: Vc pode enviar as informaçoes corretas que publico aqui. Ou O PC ou a Adepol, também podem enviar. Mas o Paulo Cezar sabe que a Prog enviou. Nao quero parecer estar contra as conquistas dos delegados, por que nao estou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.