Governo do Amapá investe em testagem e rastreamento para conter avanço da covid-19

Com esforço coletivo do Governo do Estado e das prefeituras, o Amapá conseguiu testar, aproximadamente, 50 mil pessoas para covid-19 até essa quarta-feira, 17. Desse total, 18.618 pessoas foram confirmadas com a doença, enquanto 14.283 casos suspeitos foram descartados.

Nos últimos dias, o boletim diário divulgado pelo Estado trouxe números expressivos de casos confirmados. No período de 15 a 17 de junho, foram 2.106 confirmações. A Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) esclarece que esses números são reflexos da alta quantidade de testes realizados.

O superintendente da SVS, Dorinaldo Malafaia, destaca que a ampla testagem permite o tratamento precoce, além disso, o rastreamento de casos é um dos critérios do plano de retomada das atividades econômicas, estabelecido no Decreto Estadual 1878.

“Estamos cumprindo uma das condicionantes do plano de retomada das atividades econômicas, que é estabelecido pelo decreto do governo e também um dos critérios da Organização Mundial de Saúde [OMS] para flexibilização das atividades sociais. O aumento de testagem também significa diagnosticar e iniciar o tratamento precocemente dos pacientes” afirmou Malafaia.

O plano de retomada prevê as medidas necessárias para o controle da pandemia; a retomada das atividades econômicas; e o retorno do convívio social de forma gradativa e segmentada. Além disso, estabelece condicionantes, como a identificação de casos confirmados; rastreamento dos contatos e adoção do critério de vínculo clínico-epidemiológico da doença.

Para o rastreamento de casos, o Estado tem utilizado três formas de diagnóstico: biomolecular, teste rápido e critério clínico-epidemiológico.

Diagnóstico Biomolecular

O Governo do Estado abriu várias frentes de exame laboratorial, através da SVS que realiza testes RT-PCR (diagnóstico biomolecular) no Laboratório Central (Lacen), além da contratação de um laboratório particular e envio das amostras para o Instituo Evandro Chagas (IEC), em Belém-PA e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro.

LEIA TAMBÉM: Governo do Amapá envia à Fiocruz 5 mil amostras para análise de covid-19

Testes rápidos

O Governo do Estado e todas as prefeituras adquiriram e iniciaram a testagem da sua população através dos testes rápidos. Dessa forma, a SVS tem testado os profissionais da linha de frente e visitado alguns casos confirmados através do programa “Casa a Casa” que já atendeu mais de 7 mil pessoas.

Critério Clínico epidemiológico

Outro método de confirmação de casos é o critério clínico-epidemiológico, que consiste em considerar a análise e confirmar o caso, através de profissionais da saúde, pelo histórico de contato próximo ou domiciliar, nos últimos 7 dias antes do aparecimento dos sintomas, com caso confirmado laboratorialmente para COVID-19 e para o qual não foi possível realizar a investigação laboratorial específica.

Portal Governo do Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *