Governador eleito, Camilo Capiberibe, anuncia mais membros do primeiro escalão pelo twitter

E eu, direto da cervejaria Devassa, em Ipanema, peguei o anúncio. Coisas do território livre da internet.

@Camilo40,  ontem a noite

O PT será representado no governo da mudança também pelo deputado estadual, Joel Banha, que vai comandar a Seinf, Secretaria de Infra-Estrutura.

Para comandar a PM convidei o Coronel Rezende. O Coronel Corrêa p/ a chefia do gabinete militar e para o comando dos Bombeiros: Cel Miranda.

Ontem conversei c/ Maurício Oliveira de Souza, engenheiro sanitarista e analista de Meio Ambiente concursado da SEMA. Ele vai dirigir o IMAP

Acabei de conversar c/ Paulo Figueira indicado pelo PV, Partido Verde, p/ comandar a SEMA no governo da mudança. Fiz o convite e ele aceitou.

  • O MSc. Maurício Souza é um excelente técnico para o IMAP. No entanto, a indicação de Paulo Figueira é uma piad!

    As lembranças nem sempre são boas… Vejamos!!!

    Olha a palhaçada!!!

    As Políticas Públicas para a Gestão Ambiental do Amapá:
    Desafios para o próximo Governo

    *Paulo Sérgio Sampaio Figueira

    As florestas tropicais formam o ambiente terrestre mais rico em espécies da terra (50% de todas as espécies de seres vivos existentes). A Amazônia representa 71,7% dos 9,2 milhões de Km² que restam das florestas tropicais do mundo, existem cerca de 40.000 espécies de plantas, 1.800 espécies de borboletas, 3.000 espécies de abelhas, 9.000 espécies de peixes, 427 espécies de anfíbios, 371 de répteis, 1.300 de aves e 425 espécies de mamíferos. O grande desafio atual para as políticas públicas para a gestão ambiental é planejar o uso do território da Amazônia, garantindo a plena integração do desenvolvimento social e econômico e a conservação da biodiversidade.

    O Amapá é o estado mais bem protegido na faixa tropical, com 10.476.117 de hectares, ou 72% do seu território, em 12 unidades de conservação e cinco terras indígenas (formado pelo Corredor da Biodiversidade). As próximas políticas públicas para a gestão ambiental deverão construir uma economia forte baseada no Turismo Ecológico e no uso racional dos Recursos Naturais, para tanto deverão elaborar plano/programas/projetos/atividades que amenizem os problemas ambientais existentes no Estado, tais como: Assentamentos; Silvicultura; Exploração Madeireira; Pesca Predatória; Caça Indiscriminada; Pecuária (Bubalinocultura); Mineração / Garimpo; Desmatamento Ciliar; Deposição de Resíduos Sólidos e Efluentes; Ordenamento e Ocupação Urbana; e o Êxodo Rural (75% concentrados em Macapá e Santana).

    As políticas ambientais deverão ter como foco, os seguintes itens: i) implantação de instrumentos de planejamento e ordenamento; concessões florestais para produtos madeireiros e não-madeireiros (Lei n.º 11.284/2006); elaboração da lei de licenciamento de outorga florestal; elaboração da lei de pagamento por serviço ambiental; elaboração da lei de mudanças climáticas, elaboração da lei de sistemas de licenciamento de propriedades rurais, aprovação do plano de outorga florestal; e estabelecer mecanismos para que os produtos extraídos da florestas sejam certificados.
    Tudo baseado em ações de:
    I) Manejo de Produtos Madeireiros (Manejo Sustentável das Florestas Estadual e Federal (FLONA´S); implantação de infra-estrutura básica para manutenção da população nos Projetos de Assentamentos Agroextrativistas (PAE´S), e Assentamento Rurais e Reservas Florestais (RESEX´S));

    II) Pesquisas (elaboração do zoneamento técnico-econômico do setor florestal; incentivar a participação do estado no mercado internacional de crédito de carbono; e através de acordos de cooperação técnica promover o estudo da biodiversidade);

    III) Fomentar a floresta (implantar os Sistemas Agroflorestais (SAF); proceder ao devido acompanhamento, através de inspeções e avaliações dos Programas de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD); e incentivar a agricultura familiar e a reposição florestal nas pequenas e médias propriedades.
    É importante salientar que sem as ferramentas da ciência e tecnologia, como a conclusão do Zoneamento Ecológico Econômico em todas as demais regiões do estado, os estudos agroecológico, gerenciamento costeiro, fortalecimento dos respectivos órgãos que desenvolvem as atividades, a participação dos municípios e do governo federal no processo, é quase impossível realizar a gestão ambiental.

    As políticas públicas para a área ambiental do Estado do Amapá deverão levar em consideração os seguintes itens:

    I) Reestruturação e Reorganização da Área Ambiental do Estado (Unificação e Fortalecimento dos Órgãos Ambientais e a criação de novas Coordenadorias ou Diretorias, entre elas a da Qualidade Ambiental, Monitoramento do Ar, Mudanças Climáticas, Outorga de Água, entre outras; Criação e Atualização do Sistema de Informações Ambientais, para dar mais transparência e acesso à População e ao Ministério Público; Criação dos Manuais de Licenciamento, Fiscalização, Outorga de Água e Florestal, bem como a reformulação/padronização dos procedimentos para dar mais agilidade aos processos; Revisão e Atualização do Código de Proteção Ambiental do Estado do Amapá e criação de novas legislações relevantes; e Fortalecimento da SEMA, IMAP, IEF, SETEC, IEPA, Batalhão Ambiental e do COEMA, com a criação da Fundação Estadual do Meio Ambiente);

    II – Criação do Programa de Capacitação Permanente na SEMA, IMAP, IEF, IEPA, SETEC em que os profissionais, servidores, estudantes e o público de um modo geral poderão fazer cursos e treinamentos, em uma grade programada para o ano todo, em conjunto e parceria com outras instituições do Estado e fora do Estado, bem como o PNC do MMA, e Inclusão da Valorização dos Servidores do Quadro da SEMA, IMAP, IEF, SETEC, e IEPA;

    III- Programa de Gestão Ambiental Municipal do Estado do Amapá para descentralização do mecanismo de comando e controle dos impactos locais, nos 16 municípios do Estado sendo necessário a inclusão de recursos no orçamento estadual para incentivos ao município que se habilitar ao programa de descentralização e cumprir todas as etapas previstas na resolução COEMA 011/2009,

    IV – Criação do Programa de Qualidade Ambiental Urbana, para incentivos aos distritos dos municípios que implantarem projetos de saneamento ambiental, controle e proteção ambiental e de monitoramento da qualidade ambiental, sendo necessário a Revisão da Redistribuição dos percentuais do FERMA e inclusão de Recursos para projetos das Prefeituras Municipais na área ambiental e financiamento de projetos ambientais das Faculdades e Universidades estaduais;

    V – Fortalecimento, Estruturação e Ampliação do Batalhão Ambiental em todos os municípios do Estado;

    VI – Implantação do Ecoturismo e Reestruturação/Construção de Pontos Turísticos de Cunho Ecológico, entre eles: Museu Sacaca, Parque Zoobotânico, Base da APA da Fazendinha, Base da APA do Curiaú, Base da RDS Iratapuru e Base do PARNA Tumucumaque em conjunto com o Governo Federal; Estádio Zerão, entre outros, bem como Desenvolver e implementar o Projeto de Desenvolvimento do Entorno do PARNA Tumucumaque;

    VII – Elaboração Participativa do Plano Ambiental das Ressacas e Várzeas, englobando: delimitação, educação ambiental e urbanismo (nas áreas ocupadas), para essas áreas tão importantes para a salubridade e o equilíbrio ambiental da Capital do Estado e demais Municípios do Estado;

    VIII – Criação do Observatório Ambiental, formado por especialistas da SEMA, IEPA, IEF, IMAP, UEAP e dos demais órgãos ambientais do Estado, com a participação das outras Universidades e Faculdades (inclusão do meio acadêmico), com a finalidade de monitorar e avaliar as políticas ambientais do Estado;

    IX– Lei versando sobre procedimento simplificado para atividade de manejo florestal praticado por pequenos extrativistas para as áreas de várzeas, como forma de promover a adoção de Plano de Manejo Florestal Sustentável Comunitário; e

    X– elaboração do Relatório da Qualidade Ambiental do Estado. É importante não esquecer que aliado a todo esse processo, é necessário desenvolver mecanismo de capital humano junto aos órgãos com o escopo de valorar o corpo técnico que os últimos arranjos políticos de governo desestimularam a participação pro-ativa nos diversos programas desenvolvidos pelo Estado.

    _______

    *Paulo Sérgio Sampaio Figueira. Msc. Direito Ambiental e Políticas Públicas. Técnico da SEMA/AP.

    Acreditem… O cara assinou como se fosse seu!

  • Zema disse:
    15 de novembro de 2010 às 18:32

    Você não foi secretario de meio ambiente durante o governo Waldez?
    Não deu para aplicar toda essa parafernália?
    Não queira fazer como um outro secretario de governo, que passou oito anos no cargo e de repente estava ensinando ao novo governo como agir em relação à expo-feira.

    Do site da Alcinea Cavalcante!

  • caco disse:
    16 de novembro de 2010 às 23:44

    Medo do quê querida?. A SEMA como em outras instituições do Estado tem pessoas trabalhadoras que ao contário do ex-secretario interino Sr. Paulo Vão trabalha e não usam o cargo para pedir favores.

    Do site da Alcinea.

  • Zema disse:
    15 de novembro de 2010 às 18:32

    Você não foi secretario de meio ambiente durante o governo Waldez?
    Não deu para aplicar toda essa parafernália?
    Não queira fazer como um outro secretario de governo, que passou oito anos no cargo e de repente estava ensinando ao novo governo como agir em relação à expo-feira.

  • NEWTON MARCELO disse:
    16 de novembro de 2010 às 10:40

    Parabéns ao técnico Paulo pelo copia e cola realizado nos trabalhos pela internet e as oficinas realizadas com os funcionários da SEMA no tempo do PPg7 e a oficina no CETA ECO HOTEL quando o MERE era secretário.
    Sr. Msc. Paulo Figueira, salvador da pátria ambiental do Estado do Amapá, me responda: quando você foi secretário do governo WALDEZ quando foi realizada a implementação desta proposta abaixo:

    II – Criação do Programa de Capacitação Permanente na SEMA, IMAP, IEF, IEPA, SETEC em que os profissionais, servidores, estudantes e o público de um modo geral poderão fazer cursos e treinamentos, em uma grade programada para o ano todo, em conjunto e parceria com outras instituições do Estado e fora do Estado, bem como o PNC do MMA, e Inclusão da Valorização dos Servidores do Quadro da SEMA, IMAP, IEF, SETEC, e IEPA;
    E se é assim tão conhecedor dos desafios para a questão ambiental do Estado do Amapá, me diga qual a sua proposta para o meio ambiente? (e desta vez, não faça o ctrl+c e ctrl+v, por favor)

    Abraços do Técnico que trabalhou na sua gestão e sabe na pele seu modelo NEWTON MARCELO disse:
    16 de novembro de 2010 às 10:40

    Parabéns ao técnico Paulo pelo copia e cola realizado nos trabalhos pela internet e as oficinas realizadas com os funcionários da SEMA no tempo do PPg7 e a oficina no CETA ECO HOTEL quando o MERE era secretário.
    Sr. Msc. Paulo Figueira, salvador da pátria ambiental do Estado do Amapá, me responda: quando você foi secretário do governo WALDEZ quando foi realizada a implementação desta proposta abaixo:

    II – Criação do Programa de Capacitação Permanente na SEMA, IMAP, IEF, IEPA, SETEC em que os profissionais, servidores, estudantes e o público de um modo geral poderão fazer cursos e treinamentos, em uma grade programada para o ano todo, em conjunto e parceria com outras instituições do Estado e fora do Estado, bem como o PNC do MMA, e Inclusão da Valorização dos Servidores do Quadro da SEMA, IMAP, IEF, SETEC, e IEPA;
    E se é assim tão conhecedor dos desafios para a questão ambiental do Estado do Amapá, me diga qual a sua proposta para o meio ambiente? (e desta vez, não faça o ctrl+c e ctrl+v, por favor)

    Abraços do Técnico que trabalhou na sua gestão e sabe na pele seu modeloNEWTON MARCELO disse:
    16 de novembro de 2010 às 10:40

    Parabéns ao técnico Paulo pelo copia e cola realizado nos trabalhos pela internet e as oficinas realizadas com os funcionários da SEMA no tempo do PPg7 e a oficina no CETA ECO HOTEL quando o MERE era secretário.
    Sr. Msc. Paulo Figueira, salvador da pátria ambiental do Estado do Amapá, me responda: quando você foi secretário do governo WALDEZ quando foi realizada a implementação desta proposta abaixo:

    II – Criação do Programa de Capacitação Permanente na SEMA, IMAP, IEF, IEPA, SETEC em que os profissionais, servidores, estudantes e o público de um modo geral poderão fazer cursos e treinamentos, em uma grade programada para o ano todo, em conjunto e parceria com outras instituições do Estado e fora do Estado, bem como o PNC do MMA, e Inclusão da Valorização dos Servidores do Quadro da SEMA, IMAP, IEF, SETEC, e IEPA;
    E se é assim tão conhecedor dos desafios para a questão ambiental do Estado do Amapá, me diga qual a sua proposta para o meio ambiente? (e desta vez, não faça o ctrl+c e ctrl+v, por favor)
    Abraços do Técnico que trabalhou na sua gestão e sabe na pele seu modelo de trabalho…

  • Dr. Breno MS Silva disse:
    16 de novembro de 2010 às 19:14

    Não acredito… De longe, eu lembro! Não acredito! O Sr. MSc. Paulo Figueira ter coragem de vir dar lição sobre Meio Ambiente, pois sua gestão foi bem a quem do esperado! Se não houve investimento, o Sr. Secretario foi omisso, pois aceitou os desmandos do Governo Waldez. E agora, se dá um direito de escrever artigo tentando o quê. Por que VSa. não fez quando tinha a caneta na mão!? Acorda! O Sr. pensa que os ambientalistas são bestas?! !
    Do site da Alcinea Cavalcante.

  • caco disse:
    16 de novembro de 2010 às 23:36

    Narinha tu é cega ou tá fazendo de conta que não viu os desmando do Dr.Paulo na SEMA. É Dr como ele gosta de ser chamado e usa para humilhar as pessoas. As coisas mudam mesmo, hoje faz posse de bom samaritano.

  • José disse:
    16 de novembro de 2010 às 14:07

    Narinha,
    Pelo jeito você tá afim de defender o ex-secretário Paulo “bombom”, ou por parentesco ou por benesses ou os dois, porém, vamos aos fatos.
    1º) A crítica realizada pelo Marcelo foi em detrimento da falta de ética do Sr. Paulo quanto a questão de utilização de estudos realizados por outras pessoas sem citar as fontes, isso me parece muito grave, pois ele mesmo se diz Mestre em “Direito” Ambiental.
    2º) É de amplo conhecimento que a gestão do Sr. Paulo foi sem dúvida nenhuma, uma das piores já registradas nos últimos tempos, para tanto, faça uma enquete na SEMA que terás o resultado;
    3º) Me parece um oportunismo sem tamanho o Sr. Paulo querer vir pousar de sabe tudo sobre meio ambiente nesse momento de transição de governo, fica a pergunta: para quantos ele vendeu esse “projeto ambiental”, será que só o novo governador ainda não tinha recebido?
    Além do mais, acho que as pessoas tem que parar de se apegar aos cargos comissionados e entenderem que suas posições políticas tem que ter coerência com suas práticas cotidianas. Paulo, é chegada a hora de baixar a bola e se comportar como ex-péssimo-secretário.

  • NEWTON MARCELO disse:
    16 de novembro de 2010 às 13:34

    vc trabalha na SEMA? QUAL O SEU NOME? não tenho nem rancor, ódio e nenhum problema em falar com o Sr. Msc Paulo figueira.
    eu quero agradecer quando ele me mandou pra SEAD, mesmo hoje 16.11.2010 não sei o motivo pois sempre trabalhei de forma etica e dentro da moral que um servidor tem que ter.Agora ja que vc conhece bem a SEMA e melhor que eu pelo visto, me manda a lista dos funcionário que ele ajudou.
    Amanhã irei te responder as outras questões,
    Com relação ao estudo procura no lattes os meus dados.
    Ps: Sr Msc Paulo Figueira marca um jantar perto do NATAL com todos os funcionário que vc ajudou aqui na SEMA, e convida a NARINHA eu pago a CONTA, VC JA ESTA A MUITO TEMPO PERDOADO. beijos e abraços NARINHA recomendo a leitura do SALMO 121 E DO SALMO ” 40 ” Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.

  • aporema disse:
    16 de novembro de 2010 às 14:10

    O Paulo quer é vaga no novo escrete. Porque ele não fez quanto estava como secretário ?
    Responder

    Maria disse:
    16 de novembro de 2010 às 17:59

    Que coisa feia…..
    Responder

  • Luciana disse:
    16 de novembro de 2010 às 23:52

    Linda proposta dou os parabéns para quem escreveu, mas que pena não foi citado o autor do artigo, gostaria de saber.
    Conhecendo o Sr Paulo sei que não é de sua autoria, não tem vocabulário para tanto.

    Zanjo Goulart disse:
    17 de novembro de 2010 às 6:19

    Você é danada menina, eu também achei o texto muito bem elaborado. E achei que não combina com o perfil do suposto autor.

  • Paulo Figueira disse:
    19 de novembro de 2010 às 12:07

    Gostaria de agradecer pelas pessoas que de forma transparente e com ética tem contribuído na discussão do artigo. Quando disponibilizei a matéria a intenção era que outros técnicos interagissem de forma proativa, identificando-se principalmente. O artigo completo contém mais de vinte (20) laudas e fora apresentada em uma conclusão de uma disciplina do Curso de Mestrado em Direito Ambiental e Políticas Públicas em que cada item fora desenvolvido.
    Estamos em um período importante do Estado, em que um novo governo tomará posse em 2011, e interessante que toda a sociedade possa participar e contribuir.
    O artigo é produto de várias reuniões que foram realizadas entre técnicos do governo do Estado, dos municípios e da sociedade no período em que ocupei o cargo de gestor da SEMA. Representa o anseio de todos que tem interesse em desenvolver um Estado que valoriza os recursos naturais e que busca agregação de valores com a inclusão da sociedade no processo de gestão ambiental.
    É importante que o novo governo valorize os servidores das instituições criando mecanismos para que os mesmos possam sentir-se parte do processo.
    Estaremos produzindo artigo como sempre fizemos desde 2009 e disponibilizando no JORNAL DOS MUNICÍPIOS.

    Paulo Figueira

  • Paulo Figueira disse:
    19 de novembro de 2010 às 12:07

    Gostaria de agradecer pelas pessoas que de forma transparente e com ética tem contribuído na discussão do artigo. Quando disponibilizei a matéria a intenção era que outros técnicos interagissem de forma proativa, identificando-se principalmente. O artigo completo contém mais de vinte (20) laudas e fora apresentada em uma conclusão de uma disciplina do Curso de Mestrado em Direito Ambiental e Políticas Públicas em que cada item fora desenvolvido.
    Estamos em um período importante do Estado, em que um novo governo tomará posse em 2011, e interessante que toda a sociedade possa participar e contribuir.
    O artigo é produto de várias reuniões que foram realizadas entre técnicos do governo do Estado, dos municípios e da sociedade no período em que ocupei o cargo de gestor da SEMA. Representa o anseio de todos que tem interesse em desenvolver um Estado que valoriza os recursos naturais e que busca agregação de valores com a inclusão da sociedade no processo de gestão ambiental.
    É importante que o novo governo valorize os servidores das instituições criando mecanismos para que os mesmos possam sentir-se parte do processo.
    Estaremos produzindo artigo como sempre fizemos desde 2009 e disponibilizando no JORNAL DOS MUNICÍPIOS.

    Paulo Figueira

    • O cara ainda tem a cara de pau de afirmar a cópia não autorizada que fez e sem citar ninguém… Só citou depois de muitas críticas nos Blogs e nos meios ambientais. Isso é a mudança que o Camilo Góes quer para o Estado do Amapá!!! Essa mudança é uma piada!

    • Os nove já anunciados oficialmente são:
      Secretaria de Infra-Estrutura: Joel Banha
      Secretaria de Meio Ambiente: Paulo Figueira
      Secretaria de Saúde: Evandro Gama
      Secretaria de Educação: Miriam Corrêa
      Comando da Polícia Militar: Coronel Rezende
      Comando do Corpo de Bombeiros: Coronel Miranda
      Chefe da Casa Militar: Coronel Corrêa
      Caesa: Ruy Smith
      IMAP: Maurício Oliveira de Souza

  • Um novo tempo surgindo para o Estado do Amapá e, com isso, esperamos que o governo de Camilo Capiberibe se volte única e exclusivamente em pról de o desenvolvimento do Amapá. Camilo Capiberibe tem a obrigação e o dever de deletar a imagem negativa de gestores públicos que comandaram e arranharam a nossa UF. Todos esperamos e a expectativa é muito grande de que a equipe de governo a ser indicada seja realmente comprometida e não queira ficar rica do dia pra noite à passe de mágica. Governador Camilo, solicito encarecidamente que Vossa Excelência possa montar, também, uma equipe de vigilância administrativa honesta, no sentido de ajudá-lo. Não penso com isso que seja simplesmente questão de aulicismo dessa equipe para o governo, em que pese os órgãos de controle do Estado. Se, porventura, vossas indicações iniciais não correspondam as expectivas e o olho gordo se voltem às facilidades para o dinheiro público, deve Vossa Excelência extirpar urgentemente um possível corrupto. Enfim, governador Camilo Capiberibe, queira governador o Estado do Amapá olhando de cima para baixo e não de baixo para cima. Monte uma boa equipe e vigilância, nela. O nosso Estado está dilacerado e esviscerado. VAMOS À LUTA!

    Tadeu Pelaes.

    • Ei Tadeu, este primeiro secretariado do Camilo é o TEST DRIVE. Dentro de seis meses vão ocorrer mudanças, ficando poucos secretários. Espera para conferir. O Camilo vai sentir quem é TÉCNICO bom de gestão e aquele que é apenas POLÍTICO. Acredito que a preferência é para o TÉCNICO.

  • Os nomes são conhecidos de todos… Muito das mesmas coisas… O Ruy Smith, Joel Banha, Coronel Miranda (Comandante do Pedro Paulo) e Paulo Figueira (Secretario o Waldez Góes).

    Rui Smith e Joel Banha são são politícos… Espero que a CAESA e SEINF andem mesmo, pois o PT quebrou a CEA!

    Paulo Figueira era Secretario do Waldez Góes… Porra… O Camilo meteu o pau no Lucas por causa e mudança. Agora, ele vai nomear um Secretario do Waldez… Será que não existe na melhor???

    Coronel Miranda… Nomeado do Pedro Paulo… Se bem que todos falavam que o Camilo tava com o PP. Esse Coronel deve ser indicação do Pedro Paulo??? Será que não existe ningtuém para substituí-los no PSB ou no PV ou no PP?

    Os outros são novos… Esperemos que Deus os iluminem, pois os de cima já são conhecidos.
    Secretaria de Saúde: Evandro Gama
    Secretaria de Educação: Miriam Corrêa
    Comando da Polícia Militar: Coronel Rezende
    Chefe da Casa Militar: Coronel Corrêa
    IMAP: Maurício Oliveira de Souza

    • Acho que tá na hora de pararmos de culpar A e B das coisas ruins que acontecem, ta deu essa q o PT quem quebrou a CEA, parem com isso, quem f… o estado foi o PT tbm, nas operaçoes q tiveram foi O valdez, o Pedro Paulo do PT que foram presos, lógico que nao, a falencia da CEA vem de anos, da época da administração dos capirotos, e o Camilo vai tentar consertar um erro que seus pais deixaram, ta na hora de pensarmos positivos pq ninguem é santo mem mesmo quem faz comentários acusando as pessoas, quero ver, quem nao tem poder fala o q quer, mas deem poder a essas pessoas se elas nao serao igual ou pior dessas q estao ai.

  • Cel Resende muito bom, Cel Miranda Fanfarrão, Cel Calandrini passou todo o comando comendo na mão dos Majores da Casa Militar, Cel Oliveira marionete do PP enrolado com as falcatruas da SEED, espero que a PM avance.

  • Fico decepcionado ao ver o Camilo convidar e nomear secretários da época do WG. Todos que trabalham na sema sabem os desmandos que o sr. Paulo Figueira fez em sua gestão.
    Me pergunto: que mudança é essa?
    Tomara que ele tire a CEA das mãos do PT e, que fique de olho na gestão da SEINF.
    O Amapá pede socorro. O povo precisa recompor suas esperanças.
    Que Deus te ilumine Camilo.

  • Acho que esse tal de Carlos é muito fanfarrão, com certeza é um dos candidato que estava pensando em ser o Secretário da SEMA e mete o pau no Paulo, isso é muito feio pensei que essa porra louquice fosse coisa do passado, se você for analisar os secretários que passaram pela SEMA com certeza o Paulo foi o secretário que teve uma visão de gestão ambiental pautada na política ambiental a nível nacional(descentralização) e participativo, onde todos os gerentes, chefes e coordenadores participavam de todas as tomadas de decisões, todos sabiam o que estava acontecendo na gestão administrativa, financeira e outros, acho que Camilo e PV tomou uma decisão acertada, agora o Paulo com mais experiência vai avaliar todos os acertos e alguns “exageros” que aqueles que não gostavam de trabalhar falavam ou falam, e vai fazer uma gestão acertada, fico aqui de fora torcendo por você e que todos os servidpres da SEMA contribuam com responsabilidade para a melhoria da qualidade ambiental e consequentemente com a qualidade de vida da nossa gente, vá em frente paulo……………..

    • Provavelmente vc não acompanhou a administração do Dr. Paulo Figueira, o qual humilhava e perseguia seus administrados, instalando um clima de trabalho insuportável, bem como não respeitava os tramites administrativos que a administração pública exige.

  • >Breve comentário: Em relação às indicações de Miriam Corrêa pra SEED; do CEL REZENDE pra comandar PM e a indicação do Prof MAURÍCIO SOUZA pro IMAP, foram às únicas indicações acertadas até agora de CAMILO. Agora Governador da mudança as indicações do CEL MIRANDA é um fanfarrão, porém pelos comentários da boca maldita é o único coronel do PSB naquela Instituição; CEL CORREA pelos comentários de alguns amigos da PM foi muito perseguido na PM, porém não é o único companheiro do PSB naquela Corporação que foi perseguido, onde hoje muitos fingem serem seus amigos e o pior ele acredita!!! Inclusive convidando seus adversários para compor o governo, “ou ele é ingênuo ou possui muita grandeza”, além disso, tem que mudar seu jeito de ser e agir, pois seus comportamentos não são atitudes de um Oficial, mais menos mal, vai ficar próximo do governador e terá que se moldar de qualquer forma, foi decisão acertada. Agora a indicação de Paulo Figueira foi lamentável e um tiro no pé, não somente porque ele foi gestor do meio ambiente no governo “Xadrez e Preso Paulo”, mais é uma pessoa extremamente arrogante que realmente gosta de pisar em seus adversários e humilhar funcionários. Certamente Camilo vai rever isso junto ao Partido Verde.
    >Não se assustem se de repente o Prof Maurício subir para administrar à Política de Meio Ambiente no Estado, capacidade técnica, qualificação, administrativa e gerencial ele possuí. REVEJA GOVERNADOR DA MUDANÇA!!!
    >É DOUTOR PAULO FIGUEIRA NÃO TA SENDO FÁCIL, O QUE AQUI SE FAZ AQUI SE PAGA.

    • Fui cargo do confiança na gestão do Paulo Figueira no governo do Waldez, ele humilha servidor, não tem bom trato com o dinheiro público, é indiciplinado e não respeita ordens do palácio! Tenho certeza que quando o PV indicou o Camilo aceitou sem conhecer. Outro cuidade é com a indicação do PCdoB, falei com dirigentes do partido, vem bomba por ai, aguardem!

  • Fui colega de turma do Mestrado com Paulo Figueira, pelos comentários por aqui o problema dele é mesmo político. Pq até que técnicamente é um pesquisador esforçado. Espero q não seja algo negativo no gover Camilo. Tem um montão de gente qualificada no mestrado da UNIFAP q tem competência p assumir esse cargo.
    E qto o comentário do PC do B, faço parte da comissão política de lá e estamos fazendo uma ampla discussão p tirar o melhor nome: técnico e politicamente preparado.

  • [LEIAM NO http://www.estilodevidacaibem.blogspot.com. Também no twitter http://twitter.com/iranig ]

    O AMAPÁ JÁ NÃO É O MESMO!?

    O Amapá de hoje com certeza já não é o mesmo. Todas as denuncias, prisões preventivas e coercitivas que fazem parte da Operação Mãos Limpas desencadeadas pela Policia Federal pode dar vantagens sem limites para se imprimir um governo de transparência na gestão de Camilo. A Operação Mãos Limpas nos dá a oportunidade para expurgar aqueles que fizeram malversação com o dinheiro público.
    Com a marca da transparência um modelo de desenvolvimento pode ser gestado, baseado na justiça social e na transformação da biodiversidade natural e cultural em bens e serviços, capazes de gerar riqueza e emprego para a população local. Destaca-se, essa retórica foi iniciada ainda no governo de João Capiberibe, e isso precisa ser valorizado nas falas de quem vai tocar esse Estado a partir de janeiro/2011. Sabemos que muitos preferem se reservar e não tocar mais nos saberes e fazeres do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Amapá (PDSA).
    Percebo que há um certo silêncio em determinados segmentos, especialmente o político e o acadêmico que descompromissadamente procurou substituir expressões/conceitos do tipo “desenvolvimento sustentável”, “vantagens comparativas” por outros inadaquados por recearem as criticas daqueles que defendem um outro estilo de vida, contrário ao que apregoa a civilização humana consciente.
    Não podemos ignorar o fato de que, até os dias de hoje estão sendo estudados e revelados os erros e acertos do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Amapá (PDSA)-escrito pelas mãos não só de amapaenses (e que aqui me incluo), mas também por aquelas que são referências na discussão global a respeito do desenvolvimento sustentável. As inúmeras monografias da graduação, dissertações de mestrado e nas teses de doutorado em diversas academias do Brasil tem se dedicado até os dias de hoje em estudar os erros e acertos dessa politica.
    Aqui, faço um parêntese, torna-se pertinente ao novo governo reunir essa produção teórica e concentrar na UEAP, pois as revelações que constam nesses trabalhos podem servir como documentos norteadores do programa de desenvolvimento que Camilo Capiberibe deseja implantar (ou implementar?).
    Assim como o sociólogo francês, Morin (2000), gosto de afirmar que as instituições são formadas por pessoas. E por esse motivo as escolhas para a composição do governo da transparência devem ser pautadas nas histórias de vida e no curriculum das pessoas que tenham o compromisso de corroborar com a mudança que Camilo se comprometeu em realizar a partir de 2011. Portanto, creio que na conjuntura que estamos vivenciando no Amapá as indicações para o novo governo não devem vir prevalecidas pela indicação de deputados fichas sujas. A exemplo, as sérias acusações que estão sendo sustentadas pela policia federal ao deputado do PV Zezé Nunes e seus pares. Por que apenas Zezé/PV teve o privilégio de indicar um nome para a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA)? Por que o outro lado do PV não foi ouvido? Zezé/PV deve, primeiro, se explicar pela malversação de recurso publico ganho em diárias e outros gastos com orçamento astronômico e injusto da Assembléia Legislativa.
    O nome que o PV de Zezé indicou (mas que ainda não foi nomeado) já está sendo rejeitado pelos servidores daquela casa com a afirmação de sua comprometida gestão com o governo corrupto de Waldez Góes/ Pedro Paulo.
    Considero todos os deputados reeleitos e apontados pela policia federal insanos & perniciosos por terem cometido atrocidades com o dinheiro público. Contudo, não são dignos de se ancorarem junto a um governo que vem se comprometendo com a justiça social, ao paradigma da sustentabilidade e a transparência com os gastos públicos. Não esqueçamos que essa eleição foi sofrida e confiamos que Camilo vai refletir essas nomeações, afinal a Secretaria de Meio Ambiente merece nomes limpos, comprometidos com a ética da cidadania ambiental.
    Irani Gemaque (Mestre em Desenvolvimento Sustentável (UnB) e doutora em Desenvolvimento Sustentável em Trópico Úmido (NAEA/UFPA)

    • Sonhe, doutora, sonhe. Sua tese de um governo sem as figuras que a senhora contesta é bonita, mas é acadêmica e, como tal, não se aplica à realidade política de nenhum estado brasileiro, muito menos no Amapá. Mas não se desespere por enquanto que ainda tem mais. Ainda falta arrumar um lugarzinho para o pessoal do PP, do Edinho, do Jorge Amanajás, do Jorge Salomão, do Brasil e de tantos outros que apoiaram o Camilo e que merecem um lugarzinho ao sol também. Foram muitas promessas e compromissos assumidos para ganhar o governo. A idéia de política sem essas alianças não vinga. Ninguém se elege sozinho. O problema é que depois tem que dar um jeito de administrar a conta que às vezes é alta. Não se engane que não vai mudar muita coisa não. Governo nenhum consegue tomar conta de tudo. A Dilma não conseguiu e quase cai antes do tempo com sua sucessora na Casa Civil e não vai ser diferente aqui, mesmo que eu considere a boa intenção do governante. Tudo é muito bonito na teoria mas a prática é terrível. Mas não se preocupe que a senhora não é a única sonhadora nesse mundo. Eu também já sonhei um dia. A diferença é que eu já acordei e meio a contragosto vou vivendo o pesadelo da realidade.

      • AMIGO, O QUE ME LEVA A VISLUMBRAR ESSA UTOPIA É O FATO CONCRETO DA OPERAÇÃO MÃOS LIMPAS, POR MEIO DE SUAS INVESTIGAÇÕES, DAR TODA A OPORTUNIDADE AO GOVERNO DA TRANSPARÊNCIA COMPOR COM SEGMENTOS DA SOCIEDADE INTEGROS E DISPOSTOS A FAZER DIFERENTE. ACREDITO AINDA QUE CAMILO, SE ASSIM QUISER, PODE VOLTAR ATRÁS PORQUE O COMPROMISSO COM O AMAPÁ É GRANDE. NÃO DÁ MAIS PARA COMETER ERROS TÃO PRIMÁRIOS! SE PERDESTES AS ESPERANÇAS, IMAGINO QUE NÃO TE COMOVES NEM UM POUCO COM AS CRIANÇAS QUE SE ENCONTRAM SEM MERENDA, NAS RUAS ABANDONADAS E COM OS HOSPITAIS EM DESTROÇOS. PROVAVELMENTE, TAMBÉM DEVES ESTAR FELIZ COM OS 3% DE SANEAMENTO BASICO E COM OS BURACOS QUE JÁ ESTAO SE MULTIPLICANDO PELAS RUAS DE MACAPÁ.
        POR FAVOR, DA PROXIMA VEZ SEJA CIDADÃO ASSINE SEU NOME.

        • A senhora deveria tê-lo alertado a não fazer acordos políticos para se eleger. Aproveite a oportunidade e dê essa idéia a ele. Peça para que ele descumpra os compromissos que assumiu com esses políticos indesejáveis. Deve ser fácil e, além do mais, estará ouvindo o conselho de quem entende do assunto. Ai poderei até acreditar que ele estará no caminho certo. Não sei se conseguirá governar mas isso é outro problema. A propósito, não vejo motivos para sua indignação, já que não fiz nenhum comentário agressivo, apenas discordei do seu ponto de vista, já que não sou obrigado a aceitar os seus argumentos e o blog permite essa contraposição de idéias. Não se preocupe com a minha mania de sempre ser realista e não dê importância aos meus pesadelos “reais”. Por fim, estou esperando que não falte merenda nas escolas, que minha rua tenha esgoto e água tratada e que todas as crianças da maternidade se salvem. Também espero que cada professor ganhe um computador e que a banda larga deixe de ser estreita.

  • Vendo as indicações tem-se idéia dos apoios que o camilo recebeu. Os apoios ocultos começam a ser mostrados.Não dá mais para esconder.

  • Esse “decepcionado” deve estar mesmo com medo de perder o cargo na SEMA, quer continuar mamando na teta, rapaz não te preocupa o Tribunal de Contas vai em todos os órgãos fazer auditoria ai sim vai ver quem acertou ou quem errou, não é verdade? o Camilo dificilmente volta atrás de uma decisão que já foi anunciada por ele, ficaria muito feio, ele não pode mostrar fraqueza diante de alguns comentários que tenho certeza pela conversa que tenho com pessoas que realmente trabalham na SEMA dizem que Paulo deu muita oportunidade para as pessoas se capacitarem,participarem de intercâmbios técnicos e outros, mas infelizmente tem aqueles que não querem trabalhar, ai é dificil administrar. Desejo boa sorte ao Camilo para que faça uma boa gestão enquanto governador e vai ter oportunidade de avaliar cada um secetário se ve que a coisa não anda exonera, por isso existe um diário oficial.

    • Vale esclarecer que esse decepcionado aqui, Mara, nunca assumiu nenhum cargo de confiança na SEMA. E, vc pode até pensar: então é por isso. Mas desde já afirmo que não. É apenas porque vivemos na SEMA um período nebuloso que não gostaríamos que voltasse. Mas ao contrário, vc deve ser uma das apadrinhadas para assumir algum carguinho. Ah, sou concursado..
      E vc ainda acredita no tribunal de contas?
      Uma instituição que era para fiscalizar e está afundada na corrupção. Sem dizer que passa mais de cinco anos sem fiscalizar as contas dos órgãos e, quando faz apenas lambe papel e se perde tempo conferindo diárias e controle de combustível esquecendo do resto; que não faz concurso público para seus quadros a mais de 10 anos; que não toma nenhuma providencia a cerca das improbidades que seu presidente fez, enfim…

  • Mario Vagas, na gestão do governo Waldez, todos os seus secretarios gostavam de humilhar os funcionarios publicos, principalmente a primeira dama, ela era uma pessoa arrogante e gritava com seus subdinados, inclusive, se comenta nos batidores que uma amiguinha dela, vai assumir alguma delegacia, a qual não saia da residencia oficial do governo, quem é policial sabe muito bem de quem eu to falando, sendo que a mesma pessoa comandava o DPI.

  • Parabéns Camilo, deus te iluminie sempre e se depender do meu voto, vc vai governar para a vida toda. Camilo o povo não aguenta mas tanto sovrimentos, ao longo de oito anos do governo Waldez Góes, Camilo vamos enterrar os Góes,isto tem que acabar nunca na história do amapá,ocorrera rombos bilionarios. Ex:Pessoas que arrombaram os cofres público,e levaram todo o dinheiro do povo, elamentavel e triste mas existe uma pessoa chamada deus,e este vai conserteza mostrar o caminho para o nosso governador, o qual vai ser um éterno governante e após isso sua filha, governara o estado do amapá,no periodo futuro longo.

  • Aos adimiradores do Blogs, peço perdão pelo meu erro na palavra (sofrimento)o qual houve um equivoco de minha parte. Mas tudo bem vamos em frente que o futuro já começo. Amapaense se preparem a policia Federal, vai realizar outra operação, em breve vai ai um aviso, homens que gostam de mulheres de menor de idade.Não dar para aceitar Macapá/AP, está cheio de homens casados que gostam de se aproveitar de pessoas com menor poder financeiro. Estamos de olho neles.

  • Alcineia Cavalcante, sou seu adimirador gosto do blog, ele é fudamental. Minhas meras palavras confusas, as vezes pode até não ter peso, mas é atraves de palavras que vive uma sociedade de cidadões de uma nação, estado ou municipio (Brasil)de liberdade de cores e de esperança.Ao governo do Amapá haja rapido que o estado vai morrer.

  • É COM MUITA SATISFAÇÃO DE UM RESULTADO POSITIVO QUE O SENHOR GOVERNADO CAMILO CAPIBERIBE VEM OLHANDO PARA O LADO PRINCIPAL , QUE É A JUVENTUDE DO AMAPÁ.POIS SABEMOS QUE A SOCIEDADE EM GERAL ESTÁ PREUCULPADA COM A JUVENTUDE NÃO SÓ DO AMAPÁ MAIS EM TODO BRASIL POIS SÃO, MILHARES DE JOVENS QUE ESTÃO SE PERDENDO NO MUNDO DAS DROGAS E DA VIOLÊNCIA!.
    E HOJE VI UMA NOTICÍA INPORTANTE NO CANAL 13, QUE O SENHOR GOVERNADO VEM OLHANDO COM UM CARINHO ESPECIAL PARA OS JOVENS E AS SECRETÁRIAS DA JUVENTUDE ESTÃO SE MOBILIZANDO COM UMA PROGRAMAÇÃO PARA A MESMA.EM DECLARAÇÃO A RESPONSAVEL PELA SEJUVEM DISSE Q VÃO FAZER UMA PROGRAMAÇÃO NAS ESCOLAS PARA OS JOVENS EM COMEMORAÇÃO DA JUVENTUDE!!.PARABÉNS GOVERNADOR POR OLHAR POR NOS!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *