Gilvan, mano! Aceita que dói menos

O procurador eleitoral, Ricardo Augusto Negrini, do MPF, opinou pela improcedência do pedido de impugnação interposto pelo candidato derrotado Gilvam Borges, contra a prestação de contas do senador eleito Davi Alcolumbre. O procurador levou em consideração que o próprio órgão de controle interno da Justiça Eleitoral já havia emitido parecer favorável às contas de Davi, que deverão ser julgadas hoje.

A Procuradoria Eleitoral do Ministério Público Federal opinou ainda pela aprovação das contas de Davi, que será diplomado nessa quinta-feira, 18.

Há 20 anos Gilvan não ganha uma eleição no Amapá. Em 2002 perdeu para Capi e Papaléo, mas “arrumou” um processo de compra de votos que levou à cassação de Capi. Em 2010, Gilvan perdeu novamente para o senador Capiberibe e para o senador Randolfe Rodrigues. Em 2014 Gilvan perdeu para Davi Alcolumbre e tenta buscar novo processo que leve à cassação do eleito.

Gilvan, mano! Aceita que dói menos.

  • Não entendo por que quando os julgamentos são contra vocês sempre dizem que foram vitima. Capi foi condenado por compra de voto e foi mentira, a turma do PT foi condenada e foi mentira. Agora o Waldez e turma foram presas e ainda não foram julgadas ai já são ladrões. Juro que sou burro para entender, por favor, não venha falar em forças ocultas, essa não cola mais.

    • Mano isto é briga de tubarão e nós somos bagrinhos.
      Quem aprontou vai ter de pagar.
      Com a Justiça não tem essa de Zé Bonzinho e coisa e tal.
      Fez vai ter que pagar ou então devolver o que levou.

  • Prezada Blogueira, bom estar por aqui novamente. Permita-me discordar do seu posicionamento. A Justiça Eleitoral do Amapá declarou que as contas do Senador Eleito Davi estão corretas e que ele será diplomado. Davi será o próximo Senador desse Estado.
    Não tenho preferências partidárias, acho até Gilvan e Capi são farinhas do mesmo saco, que ambos pertencem a velha politica, e fazem partes das oligarquias que tomam conta desse Estado a cerca de 20 anos.
    O Tribunal Superior Eleitoral condenou o Senador Capi e a sua esposa por compras de votos. Isso não foi inventado, o Procurador Federal Eleitoral Manoel Pastana denunciou com fartas provas e o Senador e a deputada foram cassados. Chegaram a recorrer ao Supremo Tribunal Federal. Recurso negado. O Senador Capi foi cassado e isso não foi invenção, ele foi condenado pela Justiça desse País depois de ter o direito a ampla defesa. E foi cassado pelas fartas provas apresentadas. Nisso já se vão alguns anos, vou te que lhe dizer da mesma forma que vc diz para o Gilvan, aceita que dói menos.

    • Tem uma correção a fazer no seu comentário. Não foi o Procurador Manoel Pastana quem denunciou o senador Capi. Foi o Gilvan. O MPF não fez denúncia e nem achou provas. Acompanhei a história e falo com absoluta confiança

      • Ele achou que conhecia a história (ou estória,sei lá)por isto o “pitaco”.A farsa contra Capi e Janete deu certo e é por conta disto que todos acham que devem ganhar no tapetão.Heee……harmonia….tudo sem noção.

  • DEPOIS DA SAIDA DO SARNEY ESSA FOI A MELHOR COISA Q ACONTECEU NA POLITICA AMAPAENSE, SAI FORA OLHO GORDO, SE METER A CARA CONTRA O CAPI VAI APANHAR DE NOVO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *