Gabinete de Crise faz balanço das primeiras 48 horas após incêndio no bairro Perpétuo Socorro

Foto: Marcia do Carmo
Foto: Marcia do Carmo

O governador Camilo Capiberibe, o prefeito Clécio Luís e o senador Randolfe Rodrigues participaram na noite desta sexta-feira, 25, da terceira reunião do Gabinete de Gerenciamento de Crise, que ocorreu na sede do Corpo de Bombeiros, onde foi feita uma avaliação das medidas tomadas nas primeiras 48 horas após o incêndio, que ocorreu na baixada da Avenida Ana Nery, no bairro Perpétuo Socorro.

Balanço

De acordo com informações da Defesa Civil, todas as famílias vitimadas pelo sinistro estão alojadas em escolas e centros comunitários, recebendo alimentação, acompanhamento médico, psicológico, além de assistência social.

Cadastro

Equipes da Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização (SIMS) e da Secretaria Municipal de Assistência Social do Trabalho (Semast), Defesa Civil e Prodap, estão concluindo o cadastro de todas as famílias que viviam no local do incêndio, que, em conjunto, fazem os devidos filtros, utilizando como critério o cadastro da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), Renda para Viver Melhor, Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), Estratégia Saúde da Família (ESF), entre outros métodos, para evitar que pessoas mal intencionadas tirem proveito da situação.

Aluguel Social

Tanto o governador quanto o prefeito concordaram que o aluguel do imóvel é o melhor caminho para que as famílias voltem às suas rotinas. Por isso, elas estão sendo orientadas a procurar imóveis para alugar. Em apoio às famílias, será montado suporte no Super Fácil do Centro para indicar imóveis que se disponibilizem à locação.

Um lugar para morar

Na quinta-feira, 24, ficou decidido que, após a conclusão do Conjunto Habitacional Macapaba e do Residencial Mestre Oscar Santos, as famílias serão contempladas com um novo lar, além do pagamento de ajuda de custo, no valor de R$ 3 mil, para que possam comprar móveis e utensílios domésticos de modo a recomeçar as suas vidas.

O local do incêndio

Também foi anunciado que, a partir de segunda-feira, 28, será colocado um tapume em volta da área afetada pelo incêndio para evitar invasões. Polícia Militar e Guarda Municipal farão a fiscalização da área.

O futuro

Governo e Prefeitura decidiram que no local do incêndio será construído um espaço de lazer, revitalizando o ambiente para que volte a ter sua importância como área de ressaca.

Articulação nacional

Os senadores João Alberto Capiberibe e Randolfe Rodrigues, além da bancada federal, ficaram de se articular em Brasília para que o recurso destinado ao auxílio das vítimas seja liberado ainda nesta semana pelo Ministério da Integração Nacional, que, nesta sexta-feira, reconheceu a Situação de Emergência decretada pelo Estado e pelo Município.

O Gabinete de Crise

O Gabinete de Gerenciamento de Crise foi criado pelo Governo do Amapá e pela Prefeitura de Macapá, e é coordenado pela Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (SIMS) e Secretaria Municipal de Assuntos Extraordinários (Semae), com o apoio da Defesa Civil do Estado e do Município e demais órgãos dos dois Poderes envolvidos na ação.

Ascom GEA/PMM

  • Que bom! fico feliz com o trabalho do GEA e PMM nosso governador Camilo estar de parabéns juntamente com nosso prefeito clecio e nossos 02 senadores capi e randolfe. claro os deputados federais que estar na luta.

  • Quando li na matéria que as famílias SERÃO cadastradas para serem contempladas com uma moradia no Macapaba e no Conjunto Oscar Santos, nasceu em mim um questionamento: Em tese estas famílias já não deveriam estar cadastradas neste projetos sociais, uma vez que moravam em área de risco? Afinal de contas, não é em razão destas famílias a justificativa de se construir este conjuntos? Então, quem são as pessoas cadastradas e por que este moradores ainda não eram cadastrados?

  • Os milhões gastos em propagandas bem que poderiam ter sido investidos em equipamentos para os bombeiros, quem sabe os prejuízos seriam menor .

  • Parabenizo o Governador e o Prefeito pelas providências que tomaram a favor das vítimas dessa tragédia, mas ficar a frente do desenvolvimento do trabalho planejado já é um pouco demais, o Estado e a Cidade precisam de tantas providências maiores para que não aconteça esses fatos desagradáveis com nosso povo, isso cheira a politicagem barata, vamos trabalhar gente!

  • Apenas a titulo de sugestão, mais acho difícil o atual Governador ouvir até porque ele não ouve ninguém,: Governador Camilo Capiberibe se eu não me engano o patrão do senhor é o O POVO ok..então governador ouvi em programas de rádios, Tvs e li alguns blogs esses dias que tem quase 20 milhões de reais pra Revolution do empresário paraense Walter Junior e mais uma parte para uma empresa de Publicidade de Recife, então Sr: Governador com todo o respeito ao senhor até porque eu respeito a democracia e o senhor foi eleito pelo povo. Sera Governador que não esta na hora do senhor descer do pedestal e remanejar esta dinheirama toda gasta em publicidade para esses amapaenses que perderam suas casas? porque sinceramente até agora foi o “POVO” que dou todas as coisas para os sinistrados.enfim…ouça o povo governador o senhor já esta degastado perante a opinião publica.
    Marrione Almeida Cutrim – pequena empresária de confecções-Shopping Araras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *